FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) está presente no SC Day, em Brasília. O evento é organizado pelo governo catarinense voltado à apresentação das potencialidades do estado às embaixadas, governo federal, entre outros convidados. O presidente da FCC, Edinho Lemos, apresentará um vídeo que mostra a pluralidade cultural de Santa Catarina, as artes, as tradições e os patrimônios históricos que o tornam um estado único.

Organizado pela Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais (SAI), com o apoio da Embaixada de Portugal no Brasil, que sediará o evento, o SC Day mostrará porque Santa Catarina é referência em competitividade, inovação, sustentabilidade, qualidade de vida e oferece grandes oportunidades de desenvolvimento e negócios.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, e o embaixador de Portugal, Luís Faro Ramos, abrem o SC Day. Depois, o secretário de Assuntos Internacionais, Fernando Raupp, falará sobre A internacionalização do Estado. Além da FCC, na programação também ocorrem apresentações das secretarias da Administração, Fazenda, Infraestrutura e Mobilidade,  Meio Ambiente, Agricultura, Santur, Fapesc e Sapiens Parque. Também se apresentarão o Sebrae e a Fiesc.

O Miscuta desta segunda-feira, 16 de maio, tem a participação do trio Seiferts.

Estão abertas as inscrições da Oficina de Pintura que será ministrada pelo professor Jayro Schmidt no Centro Integrado de Cultura (CIC). As aulas ocorrerão às quartas-feiras, das 14h às 16h. 

As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de maio, clicando aqui. As aulas iniciam no dia 25 de maio e serão oferecidas 12 vagas. 

Os inscritos, que deverão ter conhecimento prévio em pintura, serão encaminhados para uma entrevista com o professor Jayro no dia 24 de maio, das 16h às 18h, na sala 02 das Oficinas de Arte. Para isso, solicita-se que os candidatos tragam materiais artísticos de produção própria, a fim de que o professor possa analisar a experiência. 

Serviço:

Oficina de Pintura com o professor Jayro Schmidt 
Conteúdo: história, teoria, técnicas e laboratório de pintura
Dia: todas as quartas-feiras
Horário: das 14h às 16h
Local: sala 04 das Oficinas de Arte do CIC
Vagas: 12
Link: https://forms.gle/FdwC7GCddY1t4hPi7

 

 

O Museu Histórico de Santa Catarina sedia a palestra "Conversando sobre Fritz Müller: Cotidiano e Paisagem em Desterro - 1856 a 1867", com a arquiteta Eliane Veras da Veiga. O encontro ocorrerá no dia 27 de maio, às 14h, com entrada gratuita. Após o evento, às 16h, haverá visita mediada à exposição "200 anos de Fritz Müller - Príncipe dos Observadores".

O evento é limitado a 40 participantes e solicita-se usar máscaras.

Eliane Veras da Veiga é arquiteta e urbanista, mestra em História, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora universitária, lecionou por 30 anos em cursos de Arquitetura e Urbanismo na UFSC, Univali e Unisul. Participou das equipes técnicas do IPUF (1983/1996) e da Fundação Cultural de Florianópolis - Franklin Cascaes (1996/2014), trabalhando com Patrimônio Cultural, História Oral e Memória Urbana. Além dos livros infantis "O Voo da Pandorga Mágica" (2ª ed.) e "Pandorga Mágica, uma história bem maluca..." (2021), publicou também "Fortificações Catarinenses: introdução ao seu estudo" (1990, 2a ed.); "Transporte Coletivo em Florianópolis – origens e destinos de uma cidade à beira-mar" (2004); "Florianópolis: Memória Urbana" (2010, 3a ed.); e "A Casa de Chácara da Bocaiuva: Histórias da Praia de Fora" (2019), entre outros livros.

Serviço:

O quê: Conversando sobre Fritz Müller: Cotidiano e Paisagem em Desterro - 1856 a 1867
Quando: 27/05/2022, às 14h
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina - Localizado no Palácio Cruz e Sousa
Praça XV de novembro - Centro - Florianópolis
Vagas: 40
Entrada gratuita

Estão abertas as inscrições para o 23º Prêmio Fritz Müller e podem ser feitas pelo site http://premios.ima.sc.gov.br/ até o dia 31 de maio. A premiação tem o objetivo de reconhecer empresas e organizações que desenvolvem projetos e iniciativas que vão além da legislação ambiental e que resultam em benefícios para o desenvolvimento sustentável. Podem participar empresas públicas e privadas, instituições, órgãos governamentais, cooperativas, ONGs, institutos e organizações que atuam em Santa Catarina.

Para efetivar a inscrição é necessário preencher o modelo de documento de projeto, anexar documento em extensão PDF de, no máximo, 20 páginas; uma breve descrição da empresa ou organização, bem como os resultados do trabalho ambiental inscrito, fotos e documentos comprobatórios. 

Para contribuir, neste ano, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) publicou a Portaria 12/2022 que institui a Comissão Comemorativa do Bicentenário de Fritz Müller, cuja atribuição é promover eventos para valorização dos 200 anos de nascimento do botânico.

O nome do Prêmio é uma homenagem ao famoso naturalista alemão Johann Friedrich Theodor Müller, que viveu em Santa Catarina por 45 anos. Considerado um revolucionário, estudioso do meio ambiente e precursor da ecologia, Fritz Müller foi aclamado como príncipe dos observadores da natureza. Neste ano, o prêmio tem um simbolismo ainda mais especial pois é o ano de celebração do bicentenário do homenageado.

O Prêmio possuí 12 categorias diferentes voltadas a projetos e ações desenvolvidos nas áreas de: Agricultura Sustentável; Conservação de Insumos de Produção (Água); Conservação de Insumos de Produção (Energia); Conservação de Recursos Naturais e da Vida Silvestre; Controle da Poluição; Educação Ambiental; Gestão Ambiental; Projetos Socioambientais; Reciclagem; Recuperação de Áreas Degradadas; Resíduos Sólidos e Turismo Ecológico e Sustentável.

A 23ª edição do Prêmio Fritz Müller é realizada pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), com o apoio da FIESC. A divulgação dos vencedores será feita pelo site do IMA e pela imprensa. A solenidade de entrega da premiação está marcada para o dia 29 de novembro de 2022, a partir das 19h, na sede da FIESC.