FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Foi prorrogado o período de visitação das quatro exposições temporárias em cartaz no Museu Histórico de Santa Catarina, sediado no Palácio Cruz e Sousa, no centro de Florianópolis. 

Confira o novo cronograma:

Exposição "Jorge Lacerda, uma visão para o futuro"

até 15 de março de 2020

Exposição "Ponte Hercílio Luz"

até 24 de maio de 2020

Exposição Cadeiras do Palácio

até 12 de abril de 2020

Exposição Do Gabinete ao Gabinete

até  28 de abril de 2020

 

Serviço
Local: Museu Histórico de Santa Catarina / 
Palácio Cruz e Sousa
Endereço: 
Praça XV de Novembro, 227, Centro de Florianópolis
Horário de atendimento: segunda a sexta-feira das 10h às 18h, sábados e domingos das 10h às 16h
Classificação indicativa: livre.

Ingressos:

Inteira: R$ 5. Meia-entrada: R$ 2, mediante comprovação, para estudantes; menores de 18 anos; doadores de sangue registrados em hemocentros de Santa Catarina; professores exercendo docência nos níveis infantil, fundamental e médio. Entrada gratuita, mediante comprovação, para professores acompanhando a turma; crianças com idade inferior a 5 anos; pessoas com deficiência; maiores de 60 anos; guias de turismo. Aos domingos, a entrada é gratuita para todos.

Os jardins do Palácio Cruz e Sousa, sede do Museu Histórico de Santa Catarina, receberão em breve uma muda da Rosa de Anita, uma flor híbrida criada na Itália em homenagem à catarinense Anita Garibaldi. O plantio será realizado na próxima segunda-feira, 17 de fevereiro, às 17h, e contará com a presença de Annita Garibaldi, bisneta de Anita e Giuseppe Garibaldi.

A ação integra o calendário comemorativo dos 200 anos de nascimento de Anita Garibaldi, que se estenderá até 2021.  Para este fim, no ano de 2019 foi criada em Santa Catarina a "Comissão Estadual Comemorativa ao Bicentenário de Anita Garibaldi", por meio da Portaria FCC nº 39/2019, com o objetivo de promover e difundir a história da heroína catarinense. Tal comissão é composta por diversos órgãos estaduais, prefeituras e entidades públicas e privadas. A coordenação é realizada pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC). Vale destacar que, em 2019, Santa Catarina recebeu a visita de uma comitiva de representantes italianos do projeto Una Rosa per Anita.

Agora o estado recebe a visita da bisneta da heroína: Annita Garibaldi estará em Santa Catarina a partir do dia 13 de fevereiro, quando participará também do plantio de rosas nos municípios de Anita Garibaldi, Lages, Curitibanos e Garopaba.

O Museu Histórico de Santa Catarina, sediado no Palácio Cruz e Sousa, recebe na próxima quarta-feira, 29, um ato solene pela passagem do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. O evento é promovido pela Associação Israelita Catarinense e Consulado Geral de Israel.

Em sua 42ª sessão plenária, em 2005, a Assembleia Geral da ONU aprovou Resolução instituindo o dia 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. A resolução rejeita qualquer questionamento de que o Holocausto tenha sido um evento histórico, e enfatiza o dever dos Estados-membros de educar futuras gerações sobre os horrores do genocídio e condenar manifestações de intolerância ou violência baseadas em origem étnica ou crença.

A data de 27 de janeiro foi escolhida em função de ter sido neste dia, do ano de 1945, que tropas soviéticas libertaram Auschwitz - uma das datas das quais a humanidade não deve nunca se esquecer. Em 2020 completam-se 75 anos deste fato e, por isso, diversas homenagens ao redor do mundo lembrarão a libertação do maior campo de extermínio nazista. Em suas câmaras de gás e crematórios foram mortas pelo menos um milhão de pessoas.

A Associação Israelita Catarinense (fundada em julho de 1990, e declarada de utilidade pública municipal por meio do projeto 4305 de 04 de março de 1994, e também a nível estadual, pela Lei nº 9.373 de 14 de dezembro de 1993, ratificada pela Lei nº 16.733, de 15 de outubro de 2015) junta-se às entidades que estarão homenageando esta data, com o apoio do Consulado Geral de Israel em São Paulo.

 

Para atender o grande número de visitantes diários no Museu Histórico de Santa Catarina / Palácio Cruz e Sousa, serão realizadas visitas guiadas com grupos de 25 pessoas em quatro horários: 10h30, 13h30, 15h e 16h30. 

Assim que passam pela bilheteria, os visitantes são informados sobre a formação dos grupos. As vagas são preenchidas por ordem de chegada. 

A iniciativa é um projeto piloto para melhorar a experiência do público. Vale destacar que no dia 02 de janeiro, quinta-feira, o Museu Histórico recebeu a visita de duas mil pessoas.

Estão em cartaz as exposições Cadeiras do Palácio, Ponte Hercílio Luz, Do Gabinete ao Gabinete e Jorge Lacerda, uma visão para o futuro.

O Projeto Yoga no Palácio entrou em recesso e as aulas retornam em 2020, a partir do mês de março.

O projeto Yoga no Palácio é uma parceria da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do espaço, e do Curso de Extensão Projeto Práticas Corporais do Centro de Desportos da Universidade Federal de Santa Catarina (CDS/UFSC). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3665-6363.