FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Está aberto o período de solicitação de pautas para eventos a serem realizados no Teatro Ademir Rosa em 2022, bem como do Teatro Pedro Ivo. Serão analisados somente os pedidos enviados a partir de 8 de outubro de 2021 e desconsiderados aqueles remetidos em datas anteriores.

:: Acesse o formulário 

Para 2021, será dada prioridade para reagendamentos do ano de 2020 que já estavam com contrato assinado. Encaixes de novas solicitações, no entanto, poderão acontecer conforme disponibilidade da agenda do Teatro.

É importante lembrar que todos os eventos seguirão as regras e protocolos determinados pela Secretaria da Saúde, pela Vigilância Sanitária do Estado de Santa Catarina e pelo município de Florianópolis. Além disso, o preenchimento do formulário formaliza a intenção do solicitante, mas não garante a reserva. A reserva só estará garantida depois da aprovação da Comissão de Pauta; do pagamento da taxa de uso do Teatro; e da assinatura do Termo de Sessão de Uso pelas partes.

:: Portaria SES nº 1063, de 24 de setembro de 2021 - Estabelece regramentos sanitários a serem adotados para
funcionamento dos estabelecimentos que prestam serviço ao público, no contexto da pandemia de Covid-19 em SC

:: Decreto nº 1.486, de 23 de setembro de 2021 - Altera artigos do Decreto que declara estado de calamidade pública em todo o território catarinense e estabelece outras providências

Seis espetáculos cancelados devido ao estado de calamidade pública provocado pela pandemia de Covid-19 já têm nova data para ocorrer no palco do Teatro Ademir Rosa, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC). Os eventos reagendados dependerão da liberação dos órgãos de saúde e Vigilância para acontecerem.

Confira quais são e quando devem ser realizados:

:: Show The Wailers: 03/11/2021
Sobre: The Wailers são verdadeiras lendas vivas. Vê-los, estar no mesmo ambiente que eles é presenciar uma parte da história e do patrimônio da música. Por um tempo limitado, The Wailers estará apresentando clássicos e grandes sucessos do incrível catálogo de Bob Marley.

:: Espetáculo Além da Vida: 04/12/2021
Sobre: De Hilton Gomes de Souza - Paulo Figueiredo - Augusto Cesar Vanucci
Em 1980, Chico Xavier e Divaldo Franco sentiram a necessidade de colocar no palco do teatro um espetáculo que abordasse a vida após a morte, com seriedade e competência. Tinham em comum um amigo que trabalhava no meio artístico, mas não era apenas um profissional comum, pois tratava-se de um dos maiores diretores da maior rede de televisão brasileira: Augusto César Vannucci. Vannucci foi diretor de novelas e programas da TV Globo. Como era conhecido no meio, tomou frente nessa empreitada. Felipe Carone e Lúcio Mauro foram convocados e estrearam no Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea , no Rio de Janeiro, no dia 19 de janeiro de 1980. Com modernizações cênicas, o espetáculo foi remontado no ano de 2010 em comemoração ao aniversário de Chico Xavier. Em 2020 completou 40 anos de história e 10 anos de sua última montagem. Além da Vida aborda temas como reencarnação e atraiu um público de mais de 3 milhões de pessoas. As situações apresentadas tratam de temas como aborto, drogas, suicídio, preconceito, entre outros.

:: Show A banda mais bonita da cidade: 10/02/2022
Sobre: A Banda Mais Bonita da Cidade nasceu em 2009 da vontade de reinterpretar canções dos amigos compositores de Curitiba (PR). Após ter sua carreira propagada pela viralização do vídeo Oração, o grupo gravou o disco A Banda Mais Bonita da Cidade (2011), o EP em formato de Vinil Compacto 7″ Canções Que Vão Morrer No Ar (2012), o disco O Mais Feliz da Vida (2013), o DVD Ao Vivo no Cine Jóia (2016) e seu terceiro álbum De Cima do Mundo Eu Vi o Tempo (2017).
Esse terceiro disco de estúdio conta com canções de artistas amigos já velhos conhecidos do público (como Alexandre França e Thiago Ramalho, ex-guitarrista do grupo) e também com releituras da banda Los Porongas, Versos Que Compomos Na Estrada, Ian Ramil e Maurício Pereira. Para a produção desse disco, os músicos fizeram uma imersão de 15 dias em uma fazenda no interior do Paraná, num processo intenso como banda. Para chegar à sonoridade que buscavam, os músicos contaram com a participação de Felipe Ayres (em todas as faixas) e também Felipe Pacheco Ventura e Lorenzo Flach.

:: Espetáculo Internacional de Tango: 23 e 24/03/2022
Sobre: A Orquestra Las Senhoras del Tango, com 11 mulheres uruguaias, realizam o espetáculo que terá, ainda, a participação de três casais de bailarinos com carreira internacional que irão mostrar o mais puro tango.

:: Show Jão: 14/05/2022
Sobre: Nascido em Américo Brasiliense, no interior do estado de São Paulo, o cantor é considerado uma das grandes revelações da música brasileira e um dos nomes de maior sucesso do gênero pop no momento.

:: Show Almir Sater: 28/08/2022
Sobre: Almir Sater sobe ao palco acompanhado por sua viola de 10 cordas, mais conhecida como viola caipira, e mostra ao público alguns clássicos de sua carreira como Tocando em Frente, Chalana, Trem do Pantanal e os projetos mais atuais AR (Grammy Latino 2016) e +AR (2018) em parcerias com Renato Teixeira, D De Destino, Bicho Feio, Assim Os Dias Passarão, Venha Me Ver, entre outras. O músico possui um carisma inexplicável e sua personalidade simples faz com que seja ovacionado pela plateia, seja interagindo com o público, contando ‘causos’, ou cantando grandes canções. Isso tudo sem deixar de lado a técnica ímpar e o magistral toque de viola, indispensáveis nas suas apresentações. A interação com o público flui tão natural que a impressão é de ter estado na sala de visitas do artista, completamente à vontade num tom mais intimista.
Almir Sater nasceu em Campo Grande (MS) e se destaca em sua trajetória, como um dos responsáveis pela valorização da viola de 10 cordas, mais conhecida como viola caipira, base de criação da música caipira. Suas composições refletem o popular e o erudito de maneira ímpar, como jamais se ouviu na MPB.

Portaria

O Governo Federal promulgou a Lei 14.046/20, que em seu art. 1º define como a sua finalidade, dispor “sobre o adiamento e o cancelamento de serviços, de reservas e de eventos dos setores de turismo e de cultura, em razão do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da pandemia da Covid-19”.

Nesse sentido, fixa a referida lei:

Art. 2º Na hipótese de adiamento ou de cancelamento de serviços, de reservas e de eventos, incluídos shows e espetáculos, em razão do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da pandemia da Covid-19, o prestador de serviços ou a sociedade empresária não serão obrigados a reembolsar os valores pagos pelo consumidor, desde que assegurem:

I - a remarcação dos serviços, das reservas e dos eventos adiados; ou

II - a disponibilização de crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços, reservas e eventos disponíveis nas respectivas empresas. (...)

Art. 3º O disposto no art. 2º desta Lei aplica-se a:

I - prestadores de serviços turísticos e sociedades empresárias a que se refere o art. 21 da Lei nº 11.771, de 17 de setembro de 2008; e

II - cinemas, teatros e plataformas digitais de vendas de ingressos pela internet.

O Grupo de Trabalho do primeiro evento-teste para o retorno das atividades do setor de eventos encerrou, na última sexta-feira (13), o monitoramento do público que esteve presente na apresentação da Camerata Florianópolis, realizada no dia 29 de julho, no Teatro Ademir Rosa (TAR), em Florianópolis.

A equipe de pesquisadores e de técnicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina informa que dentre as pessoas que realizaram o teste de RT-PCR após o evento, todas, até o momento, apresentaram resultados negativos para Covid-19. Algumas pessoas não compareceram para a realização do teste após o evento e também não retornaram o contato da equipe de pesquisadores. Apesar de alguns espectadores apresentarem sintomas da doença após o evento, nenhum, até o momento, testou positivo para o coronavírus.

Vale destacar que todos os presentes no CIC estavam completamente imunizados, realizaram exames pré-evento e apresentaram resultados negativos a Covid-19. A equipe de pesquisadores da Univali e também da Unisul e Senac, juntamente com a Vigilância Epidemiológica, segue com investigações e cruzamento de dados para emitir o relatório final do primeiro evento-teste.

O Governo do Estado agradece a participação de todos os voluntários que estiveram presentes e se colocaram à disposição para o primeiro evento-teste, que serve de balizador para os demais eventos no Estado.

(Com informações da Santur)

Estão abertas as inscrições para utilização do Teatro Ademir Rosa, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, como palco para lives e gravações sem a presença de público e em caráter experimental. Interessados devem formalizar a solicitação preenchendo o formulário disponível neste link.

O preenchimento do formulário formaliza a intenção mas não garante a reserva da data. Os selecionados serão informados pelo e-mail e telefone de contato cadastrados na inscrição.

As lives ou gravações podem ser feitas para apresentação de música, teatro, dança, stand up comedy, entre outros. Elas devem ocorrer sem a presença de público, obedecendo o Protocolo de Segurança Sanitária adotado pela FCC (disponível para leitura aqui). 

O Teatro não possui equipamentos para a gravação e transmissão, nem equipe especializada para esta função, ficando isso a cargo das produções. A disponibilidade de sinal de internet também deverá ser informada com antecedência para a liberação.

O primeiro evento-teste com público já tem data marcada para ocorrer em Santa Catarina. Será no próximo dia 29 de julho, para a Grande Florianópolis. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Moisés, na tarde de terça-feira, 20, quando foram oficialmente abertas as inscrições para acompanhar a apresentação. Depois de 16 meses fechado, quem subirá ao palco do Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), será a Camerata Florianópolis. A iniciativa é pioneira no Brasil e vai servir para balizar a retomada das atividades do segmento com o máximo de segurança e protocolos necessários.

"O nosso objetivo com esse evento técnico e científico é nortear a nossa conduta para o setor, daqui pra frente, para termos segurança e garantia de que todos os demais eventos possam ser liberados e realizados com segurança", ressalta o governador.

Carlos Moisés destaca o trabalho pioneiro de Santa Catarina para a retomada dos eventos e reforça a importância da prática dos protocolos sanitários de prevenção ao coronavírus. O evento-teste é de graça, será para público com a vacinação completa e atenderá outras regras como o uso de máscaras e testagem para a Covid-19. As inscrições podem ser feitas neste link.

Um Grupo de Trabalho (GT) formado pela Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Secretaria de Estado da Saúde (SES) , Vigilância Sanitária de Florianópolis e representantes do segmento de eventos atua desde o início do ano para formatar os eventos-testes no estado. Eles serão acompanhados por uma equipe de pesquisadores da Univali e da Unisul com apoio do Senac e Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do Teatro.

"Nós queremos entender como vai funcionar, como as pessoas vão se comportar durante esses eventos e o que vai acontecer depois, por meio da rastreabilidade dos participantes. A partir daí, vamos trabalhar com parâmetros concretos de segurança para restabelecer as atividades deste setor que vem sofrendo desde o início da pandemia", ressalta a coordenadora do GT, Eveline Orth.

O presidente interino da Santur, Renê Meneses, disse que esse é o primeiro de uma série de outros eventos que serão monitorados. "A segurança é o mais importante. Nosso esforço é para que o setor possa voltar com os devidos protocolos para a saúde da população", afirma.

Arte e emoção no palco

A apresentação do evento-teste será uma interpretação de Mendelssohn e Beethoven, pela Camerata Florianópolis. O maestro Jeferson Della Rocca não esconde a emoção em poder voltar ao palco. Ele frisa que a arte e o contato com o público são combustível para a vida. Os 16 meses longe de um dos seus lugares preferidos deixam o retorno ainda mais especial, mesmo que com protocolos bem diferentes dos que era acostumado a encontrar no contato com a plateia.

"Nós tivemos que parar de uma hora para outra e agora já posso sentir o coração bater um pouquinho mais acelerado. É um sinal de esperança e eu tenho certeza que vai dar tudo certo", expressa.

Com a regência do maestro Della Rocca, o Concerto da Camerata Florianópolis terá a participação dos solistas Alberto Heller (piano) e Iva Giracca (violino). No programa o Concerto para Piano e Orquestra N. 5 “Imperador”, de Ludwig van Beethoven (1770-1827) e o Concerto para Violino e Orquestra de Cordas em Ré menor, de Felix Mendelssohn (1809–1847).

Tira-dúvidas sobre o evento:


O evento é gratuito?
Sim, o evento é gratuito. Podem participar somente moradores da Grande Florianópolis.

Na inscrição tem um termo de aceite, é obrigatório o preenchimento?
Sim, o preenchimento do termo de aceite é obrigatório, pois o evento além de um concerto musical será uma pesquisa cientifica para avaliar a segurança sanitária dos eventos.

Estou parcialmente imunizado (tomei apenas uma dose da vacina), posso ir?
Não. O evento é apenas para imunizados completos.

Já tomei a segunda dose, posso ir?
Caso a vacina que você tomou já tenha completado o prazo de imunização, você poderá ir ao evento.

É obrigatório o uso de máscara?
Sim, obrigatório o uso de máscara PFF2 sem válvula.

É obrigatório fazer o teste de Covid-19?
Sim, os testes serão fornecidos pelo evento e deverão ser realizados no dia agendado pela produção.

Onde faço e quando posso fazer o teste?
Após a sua inscrição no evento você vai receber uma mensagem informando data e horário da realização do seu teste.

Como será o monitoramento pós-evento?
Após o evento uma equipe de pesquisadores irá monitorar os participantes por Telefone e WhatsApp ou SMS por 15 dias.

Todos os protocolos serão seguidos no evento?
Sim. O evento possui protocolo específico, com base nas determinações sanitárias da Vigilância Sanitária SC.

O evento possui lugar marcado?
Após a inscrição e do seu teste negativo para Covid-19 a produção confirmará seu ingresso e alocará um lugar no teatro, conforme mapa, com afastamentos pré-definidos. Assim você terá um lugar marcado mas que será definido pela produção e informado até 24 horas antes do espetáculo.

Vou com minha família, podemos sentar todos juntos?
Na inscrição você poderá informar os dados do seu familiar para que seu assento possa ser alocado ao lado. Mas não poderá utilizar o mesmo CPF, as inscrições são individuais.

Posso consumir bebida/comida dentro do teatro?
Não. O uso de máscara será obrigatório durante o tempo todo dentro das dependências do teatro do CIC.

(Com informações da Secretaria de Estado de Comunicação - Secom https://www.sc.gov.br/noticias/temas/cultura/governador-anuncia-abertura-de-inscricoes-para-primeiro-evento-teste-em-santa-catarina)