FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

A cantora e compositora Céu estará de volta ao palco do Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), com um novo show. Desta vez, ela chega para lançar o novo álbum “Apká!”, dia 25 de janeiro, às 21h. Sucessor do premiado “Tropix” (2016), “Apká!” foi produzido por Pupillo e Hervé Salters, mesmos produtores do disco anterior. Com onze faixas inéditas, o álbum traz composições da artista e canções inéditas de Caetano Veloso e Dinho Almeida (Boogarins), além de participações de Tropkillaz, Seu Jorge e Marc Ribot, guitarrista de Tom Waits e Elvis Costello. O show marca também abertura da temporada 2020 do Floripa Jazz que nesse ano festeja os 10 anos do projeto.

O show “Apká!” tem direção musical de Pupillo, cenografia de Marcos Pedroso, iluminação de Marcos Franja e figurino de Tica Bertani e Mauricio Ianês. No palco, Céu é acompanhada por Lucas Martins (baixo), David Bovée (guitarra), Thomas Harres (bateria) e Zé Ruivo (teclados). No repertório estão músicas que marcaram a carreira da artista e as canções do novo álbum, lançado em setembro pelo selo slap da Som Livre.

Com quinze anos de carreira, Céu é considerada uma das artistas mais importantes de sua geração. Premiada com dois Grammys Latinos, quatro prêmios Multishow e sempre bem recebida nos Estados Unidos e Europa, ela transita por diferentes universos e referências que vão do samba ao reggae, do jazz ao soul. Com cinco álbuns lançados, a música de Céu se espalhou pelo mundo em turnês que passaram pelos mais renomados festivais do Brasil e do mundo como Montreal Jazz Festival (CA), North Sea Jazz (EUA), Coachella (EUA), Roskilde (DK), Rock in Rio (BRA) e Lollapalooza (BRA).

Marina Saito e Felipe Coelho no aquecimento

O Duo Marina Saito e Felipe Coelho se encarregará de preparar o clima no Teatro Ademir Rosa para receber Céu. A dupla sobe ao palco às 20h30. A parceria entre Marina e Felipe teve início pela semelhança de linguagens artísticas entre os dois, que perceberam ter o gosto em comum pelos clássicos do jazz e da Bossa. Marina traz intensa experiência atuando por muitos anos na cena musical de São Paulo, e Felipe a experiência de nove anos nos EUA estudando, seguida pela produção de sete obras autoral de volta ao Brasil. Porém, o gosto pelo jazz foi apenas um terreno em comum entre os artistas para um subsequente mergulho na criatividade e na improvisação que levou à maturação de sua identidade juntos, tornando o duo um encontro de livre exploração musical de estética ousada.

Serviço:

Show “Apká!

Quando: Dia 25 de janeiro de 2020

Horário: 21h (abertura 20h30 com Duo Marina Saito e Felipe Coelho)

Local: Teatro Ademir Rosa, Centro Integrado de Cultura (CIC)
Avenida Gov Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis – SC

O espetáculo Tim Maia in Concert será apresentado no Teatro Ademir Rosa (TAR) neste sábado, dia 11 de janeiro, às 20h. 

O show será interpretado pela banda Baile do Tim, apresentando a história musical de um dos maiores ídolos que a música deste país já produziu, com o groove e o swing do eterno síndico da black music. Conforme a produção do show, não é um cover e não é um tributo: "É Tim Maia Experience. É o Baile do Tim. Uma galera alucinada por groove music, que se uniu para dar vida ao Baile do Tim. Um conjuntão que transmite em cada batida, o balanço do eterno Tim Maia".

Classificação indicativa: livre

Valor dos ingressos: R$ 60,00 inteira; R$ 30,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue e professores); R$ 30,00 promocional (antecipado, somente pelo site).

Nesta sexta-feira, 10 de janeiro, o Teatro Ademir Rosa recebe o espetáculo Bob Marley In Concert. A apresentação está marcada para as 20h.

Neste ano o músico Bob Marley completaria 75 anos. Entre as muitas formas de celebrar a data e relembrar a importância do grande ídolo jamaicano, nasceu a ideia deste espetáculo. A banda responsável é a Marley Concert, um grupo tradicional de reggae, com baixo, bateria, guitarra, teclado e percussão, junto a elementos de uma orquestra, com violinos, violoncelo, viola, trompete, trombone e saxofone. A banda vai se apresentar com dez músicos no palco, interpretando a obra do rei do reggae.

Serviço:

Bob Marley In Concert
Data: Sexta, 10/01 às 20 horas.
Local: Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), Florianópolis
Classificação indicativa: livre.


.

Após um período de recesso para as festas de fim de ano, o Teatro Ademir Rosa voltará a receber espetáculos em seu palco a partir do dia 10 de janeiro de 2020. Antes disso, a bilheteria atenderá ao público já a partir do dia 7 de janeiro de 2020, com horário de terça-feira a domingo, das 13h às 19h.

Peça do repertório clássico que se tornou extremamente popular e que define com profundidade a alma espanhola, Carmen é uma ópera escrita por Georges Bizet em 1873/74 com base na novela homônima do escritor francês Prosper Mérimeé. A Camerata Florianópolis e a Associação Cultural Arte.Dança apresentam no Teatro Ademir Rosa neste sábado e domingo (14 e 15), às 20h30, a Suíte do Ballet Carmen, versão que terá a participação de bailarinos convidados e do corpo de baile da associação. A regência será do maestro Jefferson Della Rocca.

Personagem icônica no universo da ópera, Carmen é uma mulher corajosa e sedutora, que preza a liberdade e é punida por seus atos porque vive num mundo atrasado e machista. A história contada na obra de Bizet se passa em Sevilha, na região da Andaluzia, numa praça onde a cigana Carmen e o soldado desertor Don José protagonizam uma trama de amor e ciúmes que envolve também o toureiro Escamilo.

“Nesta versão, ‘Carmen’ não é interpretada por apenas uma bailarina, mas por sete delas, o que mostra a diversidade de características e adjetivos que esta personagem carrega”, diz a professora e bailarina Letícia Gallotti, responsável pela adaptação e coreografia do espetáculo. São, ao todo, 24 bailarinos, entre eles Adilso Machado, que interpreta Don José, e Danny de Souza, que incorpora o toureiro.

A estreia da ópera de Georges Bizet, em 1875, foi recebida com indiferença e hostilidade pelo público e pela crítica de Paris. Habituadas a óperas leves e ligeiras, as plateias ficaram chocadas com a crueldade e o realismo das cenas. Só mais tarde, após ser aclamada em Viena e em outras capitais europeias, com o louvor de compositores consagrados, é que o público passou a apreciar a extraordinária veia melódica e o notável domínio da orquestração de Bizet, fatores que tornaram “Carmen” uma das óperas mais populares de todos os tempos.

O autor, que morreu jovem, aos 36 anos, não teve tempo de ver o reconhecimento de sua maior obra. As duas suítes que ele escreveu se encadeiam a partir dos temas da ópera, com árias e as peças de conjunto preenchidas por vários instrumentos em substituição às vozes.

Associação Cultural Arte.Dança

A Associação Cultural Arte.Dança foi fundada em 2006 com o objetivo de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo corpo docente da tradicional Escola de Dança Albertina Ganzo, após seu fechamento. O compromisso do grupo é com o ensino do ballet clássico e com o aperfeiçoamento da arte da dança. Seu quadro de docentes e direção conta com profissionais que trabalham há mais de uma década juntos, como Letícia Gallotti, Malu Rabelo, Cristina Schmitt, Juliana Gallotti e Lela Martorano.

Ao longo desses 13 anos a associação apresentou espetáculos alternando o ballet clássico de repertório e os de criação própria. Entre eles, Alice (2008), Coppelia (2009), O Quebra-Nozes (2011), milnovecentosetreze (2013) – montagem que trouxe ao palco um trecho da coreografia original da Sagração da Primavera –, o ballet de repertório Dom Quixote (2015), com a participação de dois solistas vindos da Alemanha, e La Fille Mal Gardée (2017), outro ballet de repertório com direção do maître cubano Luis Ruben Gonzalez.

Camerata Florianópolis

Fundada pelo maestro Jeferson Della Rocca, a Camerata Florianópolis já tem 25 anos de atividade ininterrupta, quase mil shows e concertos realizados, 12 CDs e seis DVDs gravados, diversas turnês pelo Estado, pelo Brasil e por países da Europa. A orquestra é conhecida por seu ecletismo e já realizou muitos programas que misturam os gêneros erudito e popular. Entre seus espetáculos mais conhecidos estão o Rock’n Camerata, o Especial Beatles, o Tributo ao Queen e shows com bandas locais como Dazaranha e Expresso Rural. Em 2015, a orquestra participou do Rock in Rio, em memorável show com o guitarrista norte-americano Steve Vai.

A orquestra gravou, entre outros, os CDs Tributo à Música Popular Brasileira, Música para Cinema, Camerata & Elekphantz & Gui Boratto, Clássicos com Energia, Marley in Camerata e o Especial The Beatles. E dividiu o palco com músicos como Zeca Baleiro, Lenine e Paulinho Moska, além do pianista, compositor e arranjador catarinense Luiz Gustavo Zago.

Serviço:

O quê: Arte.Dança & Camerata Florianópolis apresentam a Suíte do Ballet Carmem
Onde: Teatro Ademir Rosa - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Quando: 14 e 15 de dezembro de 2019, às 20h30
Classificação indicativa: Livre
Ingressos:
Filas A a S - R$ 120,00 inteira; R$ 60,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 100,00 promocional (Blueticket); R$ 96,00 convênio (Clube NSC);
Filas T a Zb - R$ 80,00 inteira; R$ 40,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 64,00 convênio (Clube NSC).
**Venda nas bilheterias dos teatros, no site Blueticket e na Associação Cultural ArteDança. Ingressos numerados.