FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Nesta sexta-feira, 01, o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC) reabriu suas portas ao público, com a exposição "O que Vem antes da nuVem". Estão expostas cerca de 50 peças que revelam como era feito o armazenamento e como eram os meios de reprodução antes do surgimento das chamadas "nuvens".

A partir do acervo de equipamentos e da coleção didática do MIS/SC, a exposição faz um passeio no tempo mostrando suportes, mídias e aparelhos que fizeram história no registro de vídeos, fotografias e músicas até o momento atual, com as ferramentas de digitalização dos arquivos. A mostra já esteve em cartaz antes da pandemia e agora retorna, dando uma nova oportunidade de conhecer de perto as peças expostas. 

A visitação pode ser feita de terça a domingo das 10h às 21h. Não é necessário fazer agendamento prévio, porém, alguns protocolos de segurança são obrigatórios, como o distanciament e o uso correto de máscaras, cobrindo nariz e boca.

O Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS-SC) oferece gratuitamente uma nova edição do curso de Fotografia em Acervos Culturais. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até 29 de setembro de 2021 por meio do formulário disponível neste link: https://forms.gle/XHAAqU26SAycw1QP9

Os encontros serão virtuais e ocorrerão às sextas-feiras (dias 1º, 8, 15, 22 e 29 de outubro e 5, 12 e 19 de novembro), das 8h30 às 11h. A carga horária é de 20 horas/aula e será fornecido certificado aos participantes.

O público-alvo do curso são servidores de instituições culturais que trabalhem com acervos, profissionais e estudantes de ciências da informação. Com cunho teórico/prático, o conteúdo abordará breve histórico dos acervos, noções teóricas e técnicas básicas de fotografia, iluminação, reproduções, documentação e organização de acervos de imagem, digitalização, uso de scanner, catalogação e difusão. Os participantes aprenderão ainda a usar metadados, softwares gratuitos e livres para organização, tratamento e difusão, com ênfase na plataforma Tainacan.

O curso será ministrado pelo professor Sérgio Sakakibara e terá 40 vagas disponibilizadas, com seleção dos candidatos com base nos critérios de ordem de inscrição e atuação profissional, escolaridade/área de formação. Os selecionados serão avisados por e-mail para agendamento de uma entrevista individual ou por instituição.

Em comemoração pelo Dia Mundial da Fotografia, em 19 de agosto ocorrerá a palestra Fotografia - Pequena História das Imagens Técnicas, proferida pelo professor Sérgio Sakakibara de forma gratuita e online, das 9h às 10h. A iniciativa do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS-SC) tem inscrições abertas e limitadas a 100 participantes que podem ser feitas pelo formulário disponível neste link: https://forms.gle/UzxXkw46GHf6QPty9. Os participantes inscritos receberão o link da palestra 15 minutos antes do início, por e-mail.

O Dia Mundial da Fotografia é comemorado na data em que foi feita a apresentação pública do daguerreótipo na Academia de Ciências da França, em Paris, no ano de 1839.

O Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS-SC) oferece gratuitamente o curso de Fotografia em Acervos Culturais. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até 31 de julho por meio do formulário disponível neste link.

Os encontros serão virtuais e ocorrerão às segundas e sextas-feiras de agosto (dias 6, 9, 13, 16, 20, 23, 27 e 30), das 8h30 às 11h. A carga horária é de 20 horas/aula e será fornecido certificado aos participantes.

O público-alvo do curso são servidores de instituições culturais que trabalhem com acervos, profissionais e estudantes de ciências da informação. Com cunho teórico/prático, o conteúdo abordará breve histórico dos acervos, noções teóricas e técnicas básicas de fotografia, reproduções, documentação e organização de acervos de imagem, digitalização, catalogação e difusão. Os participantes aprenderão ainda a usar metadados, softwares gratuitos e livres para organização, tratamento e difusão, com ênfase na plataforma Tainacan.

O curso será ministrado pelo professor Sérgio Sakakibara e terá 40 vagas disponibilizadas, com seleção dos candidatos com base nos critérios de ordem de inscrição e atuação profissional, escolaridade/área de formação. Os selecionados serão avisados por e-mail para agendamento de uma entrevista individual ou por instituição.

No dia 19 de junho, em comemoração ao Dia do Cinema Brasileiro, o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS-SC), administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), apresenta a quarta edição da exposição Making Of, agora na versão on-line. As publicações ocorrerão sempre às segundas, quartas e sextas-feiras nas páginas do Museu nas redes sociais (Instagram e Facebook).

Durante 16 semanas, as postagens trarão cartazes, trailers, sinopses, still frames, fotografias, materiais de arquivo e pesquisa com curiosidades sobre os bastidores de cada produção, objetos de cena, cenários, locações, figurinos, trilhas sonoras, personagens e equipes de filmes catarinenses. Ao longo da exposição, também serão disponibilizados links para o público poder assistir aos trailers e filmes que compõem a mostra virtual.

Os audiovisuais fazem parte do acervo do MIS-SC e foram produzidos com recursos do Edital Prêmio Catarinense de Cinema. Logo, o objetivo da exposição é divulgar o acervo do Museu, o cinema produzido no estado, o processo de realização de cada filme e, por meio deles, também um pouco da história e da cultura de Santa Catarina.

Fazem parte da exposição os filmes: Apenas o que você precisa saber sobre mim (Ficção, 2018, Produção: Novelo Filmes, Direção: Maria Augusta V. Nunes); Nas Curvas da Estrada (2019, Produção: VM Filmes, Direção: Viviane Mayumi Costa Iamamoto); Crisálida (Obra seriada de ficção, 2018, Realização: Arapy Produções, Raça Livre Produções e TVi Televisão e Cinema. Direção: Serginho Melo); Domingos Bugreiro (Ficção, 2017, Produção e Direção: Sander Hahn); Rio da Madre (Ficção, 2016, Produção: Chico Caprário, Direção: Fábio Brüggemann); A Maravilha do Século (Documentário, 2019, Produção: Plural Filmes, Direção: Márcia Paraíso); As Rendas de Dinho (Documentário, 2019, Produção: Flávia Person, Direção: Adriane Canan); e Ângelo, o coveiro (Ficção, 2009, Produção: Vinil Filmes, Direção: Renato Turnes).

Junto à última postagem sobre cada filme, publicaremos, ainda, uma edição do nosso projeto “Casa de Ideias: espaço pedagógico virtual do MIS-SC”, com sugestões de exercícios práticos relacionados a cada produção.