FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

O Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) recebeu na tarde desta quinta-feira (27) a doação de quatro obras que passarão a integrar o acervo da instituição. Os trabalhos de Regina Silveira, Jorge Menna Barreto, Ernesto Neto, Sandra Cinto e Albano Afonso que farão parte da coleção permanente do Museu foram entregues à administradora do espaço, Susana Bianchini, por Josué Mattos, representando o Centro Cultural Veras, e são resultado de uma campanha feita para finalizar a construção do novo espaço cultural localizado em Florianópolis.

Desde 2018, o Veras obteve o apoio de artistas brasileiros com a finalidade de levantar fundos para a compra de materiais de construção da edificação que já atingiu mais de 50% de sua execução. Recentemente, foram escolhidos museus de arte no Brasil, entre eles o MASC, para os quais serão doadas as obras que encontrarem apoios.

As obras doadas ao Museu têm o apoio de Malvina Sammarone. "Trata-se de sínteses da produção de cada artista, o que me deixa muito feliz de propor ao acervo do MASC como obras que ampliarão reflexões pertinentes, ao que me parece, para o conjunto", explica Mattos.

Conheça as obras doadas:

Eterno

 

Título: Eterno
Artistas: Albano Afonso e Sandra Cinto
Ano: 2018
Técnica e suporte: Impressão sobre voil
Dimensões: 50 x 50 cm

Amor

 

Título: Amor
Artista: Ernesto Neto
Ano: 2017
Técnica e suporte: Impressão sobre papel 100% algodão
Dimensões: 30 x 42 cm

Desleitura

Título: Desleitura
Artista: Jorge Menna Barreto
Ano: 2014-2017
Técnica e suporte: Fibra vinílica entrelaçada
Dimensões: 70 x 90 cm

Luminarialuz

Título: Luminarialuz
Artista: Regina Silveira
Ano: 2017
Técnica e suporte: Luminária com recorte metálico
Dimensões: 17,5 x 13,5 x 13,5 cm

O MASC e seu Núcleo de Ação Educativa (NAE) apresentam a segunda edição da exposição virtual do projeto “MASC + Escolas: Ações Digitais”, uma proposta de interação a partir do material educativo do projeto “MASC - Famílias em CasA”. Desta vez, trazemos as produções de estudantes do oitavo ano do Ensino Fundamental II de duas escolas do município de Capinzal (SC), que podem ser vistas no link abaixo.

Os trabalhos foram realizados a partir das “Proposições Poéticas” – sugestões de atividades de criação artística –, contidas nos Módulos com “Proposições de Mediação NAE-MASC”, referentes ao tema PAISAGENS – “Cidades I Campo”, da exposição Coleção MASC – 70 anos, disponível no site do MASC.

O Projeto MASC + Escolas: Ações Digitais tem como objetivo continuar a parceria entre o Museu e a Escola, na promoção do acesso ao patrimônio artístico e cultural, também, por meio virtual. 

:: Exposição Virtual Proposições Poéticas - PAISAGENS - "Cidade/Campo" - 2ª edição

O Núcleo de Ação Educativa do Museu de Arte de Santa Catarina (NAE-MASC), com o objetivo de continuar a parceria entre o Museu e a Escola na promoção do acesso ao patrimônio artístico e cultural, também por meio virtual, apresenta a primeira exposição virtual do projeto MASC + Escolas: Ações Digitais. A edição de estreia apresenta trabalhos de estudantes do 9º ano de três escolas municipais de Capinzal (SC): Escola Viver e Conhecer, Escola Ivo Silveira e Escola Dr. Vilson Pedro Kleinubing

O projeto contempla exposições virtuais produzidas a partir das “Proposições Poéticas” – sugestões de atividades de criação artística –, contidas nos Módulos com “Proposições de Mediação NAE-MASC”, material educativo da exposição Coleção MASC – 70 anos, disponível no site do Museu.

Além disso, “MASC + Escolas: Ações Digitais” tem como finalidade desenvolver uma série de outras ações e atividades educativas-culturais on-line, com conteúdo especialmente relacionado a obras e artistas representados na coleção do MASC, ou que participaram de exposições, bem como de outros assuntos interligados com a história, a memória do Museu e a produção de artes visuais.

Assim, convidamos professores(as) das escolas da rede pública e privada – atuantes em todos os níveis e nas diferentes modalidades de ensino formal – e educadores(as) de instituições de educação não-formal que tenham interesse em realizar alguma atividade on-line em parceria com o NAE-MASC, no seu planejamento de aulas remotas e/ou encontros virtuais, a entrarem em contato com o NAE pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

:: Exposição Virtual Proposições Poéticas - RETRATOS - "Mulheres / Homens"

De 21 a 27 de setembro, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promove a 14ª edição da Primavera dos Museus. Neste ano, o tema é “Mundo Digital: Museus em Transformação” e o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) está na programação do evento como apoiador de duas mesas redondas virtuais.

A primeira ocorrerá no dia 23 de setembro, das 18h às 19h, com o tema "Educação e participação: o uso das ferramentas digitais na divulgação de acervos museológicos", com a participação da professora Luciana Martins (Tainacan). A ação é promovida pela Seção Brasileira do Comitê para Educação e Ação Cultural do Conselho Internacional de Museus (CECA-BR/ICOM) e a Rede de Educadores em Museus do Brasil (REM-BR) e poderá ser acompanhada pela página da CECA-BR no YouTube.

A outra mesa redonda apoiada pelo MASC ocorrerá no dia 26 de setembro, das 16h às 17h, no mesmo canal de vídeos da CECA-BR, com o tema Mundo Digital: Educadores Museais em Transformação. Participam como convidadas as profissionais Anatacha Lochi (RJ), Chimenia Sczesny (RJ), Elaini Pacheco (PI), Barbara Rocha (GO) e Maria Helena Barbosa (SC), representante do MASC.

A 14ª Primavera dos Museus é uma ação de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram que une instituições museológicas, durante uma semana, em torno de atividades para todos os públicos. Devido ao momento pelo qual passam a sociedade e os museus, com a pandemia causada pela Covid-19, neste ano, em especial, o Ibram orienta todos os museus participantes a desenvolverem apenas atividades em ambiente virtual.

A programação completa do evento está disponível em http://eventos.museus.gov.br/.

Mais eventos virtuais

Além do MASC, que também conta com uma série de posts diários em suas páginas no Facebook e no Instagram, o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS-SC) e o Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC), todos administrados pela Fundação Catarinense de Cultura, também têm desenvolvido ações virtuais enquanto não reabrem para atendimento presencial.

O MHSC está com postagens e exposições virtuais em sua página no Facebook, com ações interativas que buscam a participação do público. Já o MIS-SC apresenta a exposição virtual Arte/Cinema: do abismo de um sonho a outras histórias, do artista Alfredo Nicolaiewsky, além de posts sobre curiosidades dos discos do acervo de vinis, do projeto pedagógico Casa de Ideias, da versão on-line da exposição O que vem antes da nuvem e do programa semanal na rádio Udesc FM de Florianópolis, o Miscuta. Todas estas iniciativas podem ser acompanhadas nas páginas do MIS-SC no Facebook e no Instagram.

O Núcleo de Ação Educativa (NAE) do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) apresenta a proposta de interação “MASC + Escolas: Ações Digitais”, um desdobramento do projeto Famílias em CasA. A ideia é convidar professoras e professores que atuam em todos os níveis de ensino, e nas diferentes modalidades, a acessarem o material educativo disponível no site do MASC e participarem de uma exposição virtual no site do Museu, com trabalhos produzidos pelos estudantes.

A mostra será organizada a partir das atividades sugeridas nas propostas poéticas apresentadas em cada um dos módulos relativos à mediação da exposição “Coleção MASC- 70 anos”. Para escolherem um dos módulos ou mais e desenvolverem as atividades com os alunos(as), os professores podem acessar todos os arquivos no link bit.ly/MASCFamiliasEmCasa. Depois, o resultado dos trabalhos com as imagens das composições, desenhos, pinturas, colagens ou outras técnicas deve ser enviado para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., informando o nome do(a) aluno(a), da escola, do(a) professor(a), a disciplina e a série/ano.

A proposta tem como objetivo continuar a parceria entre o Museu e a Escola na promoção do acesso ao patrimônio artístico e cultural, mesmo neste momento, no qual ambas as instituições se encontram no desenvolvimento de atividades em regime de trabalho remoto, por meio virtual.