FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Enquanto os espaços culturais permanecem fechados ao público em função da pademia da Covid-19, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) está oferecendo diversas atividades virtuais para crianças e adultos. O Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) criou tarefas para famílias, relacionadas a exposições do museu. Uma mostra está sendo organizada com uma proposta de interação: trata-se da iniciativa “MASC + Escolas: Ações Digitais”. O acervo do MASC pode ser acessado de forma virtual.

A Escolinha de Arte disponibiliza, semanalmente, tarefas de teatro, artes visuais e música, com propostas divididas por faixa etária de 5 a 12 anos. O resultado está sendo mostrado em exposições virtuais que podem ser conferidas na página da FCC no Facebook.

O Museu da Imagem e do Som (MIS/SC) criou o espaço pedagógico virtual Casa de Ideias. O projeto apresenta materiais digitais com propostas de atividades com etapas de produção, história, técnicas e teoria nas áreas de fotografia, cinema e música. Além disso, pode ser vista a exposição virtual Arte/Cinema: do abismo de um sonho a outras histórias, do artista Alfredo Nicolaiewsky. A mostra, que tem curadoria da professora Nara Cristina Santos, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), será disponibilizada nas páginas do MIS no Facebook e no Instagram, por meio de posts em formato de vídeo com narração simultânea.

Também, por meio de uma parceria com a Unisul, estão sendo transmitidas sessões de cinema on-line aos fins de semana.

Para relembrar curiosidades sobre construções antigas de Santa Catarina estão sendo publicados vídeos semanais da série Histórias do Patrimônio. Por meio do projeto Ô de Casa será possível conhecer os bens tombados no estado.

A Biblioteca Pública de Santa Catarina oferece o serviço de pesquisas de acervo por e-mailAlém disso, para a busca de dados, foi elaborado um tutorial para acessar a Hemeroteca Digital Catarinense que orienta pesquisas na plataforma. A Biblioteca também é parceira nos Encontros com a Cultura Japonesa, que acontecem virtualmente às segundas-feiras e oferece, ainda, atividades da Oficina Literária Boca-de-Leão, com propostas de escrita criativa, clube de leitura e vivência em biblioterapia.

O Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor) publicou uma videoaula sobre Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e outra sobre higienização de ambientes. A atividade é direcionada a profissionais que lidam diretamente com acervos em instituições públicas ou privadas. Na mesma linha, o Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) elaborou um vídeo para orientar a limpeza de obras de arte em casa.

Umaexposição virtual com peças de Osmarina e Paulo Villalva também está disponível para visualização na página do MHSC.

Foi retomado o MapaCulturalSC, uma plataforma para cadastro de agentes, eventos, espaços e projetos culturais e artísticos. A ferramenta é necessária para concorrer a editais e solicitar benefícios da Lei Aldir Blanc. Vídeos com tutoriais podem ser conferidos no canal da FCC no Youtube. Diversas lives e reuniões virtuais sobre a Lei estão sendo transmitidas no mesmo meio.

A FCC oferece, ainda, a Agend@ Cultur@l, que tem o objetivo de ajudar a divulgação das diversas iniciativas que estão ocorrendo durante o isolamento social, nas mais variadas plataformas e redes sociais.

Além disso, frequentemente estão sendo publicadas postagens, nas redes sociais, sobre curiosidades do acervo do MIS/SC, MHSC e MASC e dicas de leitura com parceiros e servidores da Biblioteca Pública. Para completar, edições semanais do programa Miscuta estão sendo veiculadas na Rádio Udesc FM de Florianópolis e publicadas no site da FCC.

Edital #SCulturaemSuaCasa

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) criou o edital de Credenciamento #SCulturaemSuaCasa, que distribuirá R$ 4 milhões para a realização de apresentações com transmissão on-line, bem como geração e disponibilização de produtos e serviços artísticos ou culturais exclusivamente no formato digital, veiculados através de mídias tradicionais ou Internet, por meio de sites, canais, plataformas ou redes sociais. As inscrições são gratuitas, devem ser realizadas exclusivamente pela plataforma desenvolvida para este fim (sculturaemsuacasa.idcult.com.br) e permanecerão abertas até o esgotamento total de recursos ou enquanto perdurar o estado de calamidade pública declarado pelo Governo do Estado para fins de enfrentamento à Covid-19.