FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

De 11 de setembro a 4 de outubro de 2020, estarão abertas as inscrições para o desafio inclusivo Conte uma História, organizado pela Biblioteca Pública de Santa Catarina. A ação, voltada à comunidade catarinense de todas as faixas etárias, vai escolher nove histórias para fazerem parte de um e-book inclusivo que será publicado e divulgado gratuitamente pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), promotora da iniciativa em parceria com a Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Associação Catarinense para Integração do Cedo (ACIC), Fundação Dorina D., Rede de Leitura Inclusiva e Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).  

Interessados e interessadas em participar devem se inscrever no link http://bit.ly/desafioinclusivo2020, onde também estará disponível o regulamento do desafio e, posteriormente, enviar a história para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., conforme descrito no regulamento. As histórias escolhidas serão divulgadas no dia 5 de novembro de 2020.

O objetivo da Biblioteca Pública de Santa Catarina com este desafio é oferecer à comunidade uma atividade interativa e lúdica durante o período de isolamento social em decorrência da pandemia de Covid-19. Os participantes deverão enviar histórias pessoais, relatos ou crônicas escritas, gravadas ou filmadas de temática livre, todos produzidos na língua portuguesa ou na Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

Dúvidas poderão ser enviadas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone (48) 3028-8061, em no máximo até três dias antes da data final das inscrições.

 

::  ERRATA - Regulamento e Formulário Desafio Inclusivo Conte uma História  

:: ERRATA em Libras

Acessibilidade - Confira os vídeos com informações em Libras:

:: Release de divulgação do Desafio

:: Regulamento do Desafio

:: Formulário de Inscrições

A exemplo do que já ocorreu no mês de agosto, em setembro os encontros virtuais gratuitos de arteterapia, com a professora Marta Cristina Ferazza, também serão voltados ao público infantojuvenil na faixa etária dos 8 aos 12 anos. A iniciativa tem parceria da Biblioteca Pública de Santa Catarina.

Neste mês, os encontros ocorrerão às segundas, quartas e sextas-feiras, em dois horários: às 8h30 e às 13h30. Para participar, interessados e interessadas devem se inscrever pelo Whatsapp, no telefone (48) 99921-3053. É necessário dispor de materiais como papel, lápis, giz de cera, guache, cola e tesoura.

Os encontros têm o objetivo de trabalhar a autoestima usando a criatividade dos participantes em atividades prazerosas e artísticas, ao resignificar o tempo, aproveitando para se conhecer e se fazer mais feliz. Conforme a professora, as atividades vão oportunizar reflexão, valorização, desafios e lazer. "A criatividade e a convivência com colegas e arteterapeuta vão ajudar na elevação da tolerância, do bom humor e da alegria em estar fazendo arte. Haverá espaço para que pais/responsáveis possam se manifestar", explica.

:: Confira o álbum com imagens dos trabalhos produzidos pelos participantes do mês de agosto

 

A Biblioteca Pública de Santa Catarina apoia a realização do Sarau Catarina, nos dias 22 e 23 de setembro, em formato virtual, promovido pelo grupo Mãos que Tecem Histórias.

O evento contará com mais de 40 narradores, de diversos estilos e entidades ligados à arte de contar histórias. O sarau terá, ainda, apresentações de poesia, música, dança, parlendas, trava-língua, mediação de leitura animada e tradicional.

A programação é voltada a todas as faixas etárias e poderá ser acompanhada pelo Facebook e Instagram.

Quando a Biblioteca Pública de Santa Catarina reabrir aos usuários, haverá uma novidade: o elevador antigo foi substituído por um mais moderno.

O novo equipamento tem capacidade para até oito pessoas (600kg). As dimensões das portas e da cabine comportam o transporte de passageiros em cadeira de rodas, de acordo com a legislação vigente. Os botões possuem descrição em Braille.

O elevador também conta com um sistema eletrônico que, em caso de falta de energia, aciona automaticamente o funcionamento da cabine, em baixa velocidade, até o pavimento mais próximo, acima ou abaixo da posição em que a viagem foi interrompida. Ao parar no pavimento, as portas deverão ser abertas automaticamente para a saída dos passageiros em segurança.

Pesquisas

Enquanto segue fechada ao público como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus, a Biblioteca Pública de Santa Catarina oferece um serviço de pesquisa, a distância, para os usuários que precisam de informações que se encontram em jornais e periódicos não digitalizados. Para solicitar a pesquisa nessas publicações, basta enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., descrevendo a informação que precisa acessar.

As respostas com os materiais digitalizados serão enviadas na medida em que as informações forem encontradas, dentro da capacidade de atendimento da BPSC.

Além disso, o público pode acessar a Hemeroteca Digital Catarinense, um serviço totalmente digital oferecido pela Biblioteca, e que conta com centenas de jornais e períodicos a partir do séculos XIX já digitalizados e disponíveis para download em http://hemeroteca.ciasc.sc.gov.br/.

A Biblioteca Pública de Santa Catarina recebeu o Selo de Signatário 2020 do ODS/SC, movimento nacional que atua no estado em prol dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU. Isso significa que a instituição, pelo segundo ano consecutivo, cumpriu com os compromissos em alinhar suas atividades para o cumprimento e alcance das metas dos ODS em Santa Catarina. A Biblioteca por meio de cursos, palestras e oficinas oferecidos à comunidade em sua programação contribuiu com iniciativas que atuam com os ODS 1 (erradicação da pobreza), ODS3 (saúde e bem-estar), ODS 4 (educação de qualidade), ODS 5 (igualdade de gênero), entre outros.

O Movimento Nacional ODS Santa Catarina é um movimento social constituído por voluntários, de caráter apartidário, plural e ecumênico, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense. Visa cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova York.