FCC  Facebook Twitter Youtube instagram fcc

Marca GOV 110px

O Espaço Oficinas, no Centro Integrado de Cultura (CIC), recebe no dia 22 de dezembro, às 18h30, a abertura da exposição e o lançamento dos livros "Olhares Singulares" sobre as Cenas Urbanas. A visitação é gratuita e seguirá até o dia 1º de março de 2024, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h. Na noite de abertura, haverá show especial com repertório de Bob Dylan interpretado pelos músicos Luiz Mesquita, Silvano André Malagoli, Marcelo Frias, Emanuel Pereira, João Rômulo de Azevedo Philippi, Sérgio Prosdócimo e Patrícia Amante.

A edição "Olhares Singulares” sobre as Cenas Urbanas é o resultado do trabalho realizado pelos alunos da Oficina de Gravura do CIC, ministrado pelo Professor Bebeto, proporcionando a integração entre diferentes formas de expressão, utilizando a gravura como meio de representação das diversas realidades presentes nas cidades. Com a reunião desses olhares, a exposição pretende criar um diálogo entre os artistas e o público, estimulando reflexões sobre a urbanidade, as transformações sociais e os desafios enfrentados pelas comunidades.

Além disso, a mostra valoriza a técnica da gravura como meio de expressão artística, ressaltando sua importância na criação de imagens que revelam a complexidade e diversidade das cenas urbanas. Cada obra carrega consigo a marca individual de seu criador, expressando suas ideias, sentimentos, reflexões sobre a vida nas cidades.

Todos os livros foram montados artesanalmente nas Oficinas de Arte do CIC. As capas são de papel artesanal feito nas oficinas.

No dia 19 de dezembro ocorre no Cinema Gilberto Gerlach do Centro Integrado de Cultura (CIC) a 8ª Mostra de Animações LapisLab. O evento é um compilado dos resultados obtidos pelos alunos no decorrer do ano de 2023 e uma oportunidade de promover através da exibição na grande tela do cinema, um incentivo aos pequenos artistas e também proporcionar às famílias, um momento de prestigiar estes trabalhos e suas evoluções . 

Além da mostra de animações no cinema, ficarão expostos no Espaço Oficinas, de 19 a 21/12, os desenhos, telas, zines e HQs criados durante o ano. A Mostra LapisLab oferece neste ano duas oficinas gratuitas ao público em geral , no dia 19/12 às 10h e às 14h. Toda Mostra LapisLab é gratuita e apenas a Mostra de Animações é restrita a alunos e familiares. A reserva de vagas deve ser feita pelo telefone (48) 999164868.

FOTONgrafias é a nova exposição do fotógrafo Danísio Silva que abre no dia 10 de novembro, às 19h30, no Espaço Oficinas do Centro Integrado de Cultura  (CIC). A entrada é gratuita e a mostra ficará aberta à visitação até o dia 3 de dezembro, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

Quem conhece o trabalho de Danísio já sabe que vai se deparar com algo inusitado e surpreendente. Quem ainda não conhece vai ter a oportunidade de se deslumbrar com essa nova leitura imagética proposta pelo fotógrafo. De acordo com Danísio, a exposição traz fotografias que constituem parte de uma pesquisa que vem desenvolvendo, em que apresenta imagens completamente novas, onde propõe outras formas de olharmos e percebermos a fotografia. Ele não pretende uma mudança nos conceitos, mas uma reflexão sobre os mesmos, para debater questões que envolvem novas formas de expansão da consciência, levando a novas formas de percepção do real.

Para o fotógrafo a imagem é uma projeção da mente, da ideia (o idealismo de Platão), ou a representação de um objeto real (o realismo de Aristóteles), mas como a percebemos e a interpretamos dependerá daquilo que trazemos em nosso “banco de memória mental”. Segundo Danísio, por termos esse “banco”, nosso cérebro, de certa forma, “acostumou-se” a um nível de percepção “conformista”. Assim, no cotidiano, as imagens chegam à nossa mente e são por ela percebidas de forma “quase mecânica”. Frente a uma imagem nova, sem significado predeterminado, o cérebro sente o estranhamento, e precisa “movimentar-se” sair de sua zona de conforto para compreender aquilo que é novo – e tal processo permite uma “ampliação da capacidade cerebral de perceber”. É com base neste entendimento que Danísio vem realizando uma pesquisa com o propósito de discutir novas formas de se perceber a imagem.

A Pós-modernidade, com seu conceito de “sociedade líquida” permite novas maneiras de discutirmos e vermos o mundo. Conceitos que eram perenes e eternos na Modernidade, dia a dia são questionados, e muitos se renovam na Pós-Modernidade. Consequentemente, há um “novo jeito de ver o mundo”. Os próprios conceitos de imagem – de Platão e Aristóteles – vêm aos poucos se modificando, e hoje novas percepções estão em discussão. A imagem pode ser vista sob outras maneiras interpretativas, e essa é a proposta de FOTONGrafia.

Com essa nova fotografia Danísio pretende causar o “desconforto pela novidade”, provocar uma mudança na capacidade perceptiva do espectador. Na FOTONGrafia, a câmera fotográfica capta imagens que a nossa percepção não alcança, por termos uma mente mais condicionada pela forma e pelo significado.

Danísio Silva

Durante 27 anos Danísio atuou na Fundação Catarinense de Cultura e no Museu da Imagem e Som de Santa Catarina. Participou de inúmeras exposições coletivas e realizou no Brasil as individuais “Constante efêmero”, “A poética do movimento”, “50 anos de vida e arte”, “O efêmero da condição humana” e “Crear‐criar”. Em Portugal, apresentou a exposição “A evolução do vazio”.

Em Eskesheir, na Turquia, deu palestra sobre sua obra “Esculturas de fumaça” na Universidade de Anadolu. Já ministrou diversas oficinas e cursos como “Fotografando o invisível”, na Semana Ousada de Artes da UFSC e Udesc, “Fotografando o silêncio” no Espaço Oficina, em Florianópolis, entre outros, que resultaram em exposições coletivas.  Foi membro do grupo de fotografia "7 nós" e fez diversos trabalhos para revistas e jornais de todo país, como “Época”, “Veja”, “Cláudia”, “Vitrine”, “Cartaz”, “Ô Catarina!”, “Folha de S.Paulo” e “Valor Econômico”.

Por dez anos, foi fotógrafo da Camerata Florianópolis e da Pró‐Música de Florianópolis. Suas fotos ilustram publicações como Vitrine da História, Feito à mão, Martinho de Haro e fascículos da série Escritores Catarinenses da FCC, entre outros. Em parceria com o jornalista e escritor Paulo Clóvis Schmitz, publicou os livros “Mercado Público e suas histórias”, “Florianópolis vista de cima”, “Florianópolis vista do mar”, “Mercado Público e suas histórias” (2ª edição, revista e ampliada), “Belezas ocultas de Florianópolis”, “Florianópolis vista de dentro”, “Florianópolis 180 graus”, “Poética da diversidade”, “Florianópolis em preto e branco”, “Trilhas e histórias na Ilha de Santa Catarina”, “Rancho de pescador na Ilha de Santa Catarina” e “Conexões”. É sócio proprietário do Espaço Oficina – Galeria Estúdio, em Florianópolis.

Serviço:
O quê: Exposição FOTONgrafias - De Danísio Silva
Abertura: 10 de novembro de 2023, às 19h30
Visitação: até 3 de dezembro de 2023. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.
Local: Espaço Oficinas do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Entrada gratuita

 

No dia 17 de outubro, às 19h, o Espaço Oficinas do Centro Integrado de Cultura (CIC) recebe o lançamento do livro "Palavras Mágicas", de Bebel Orofino com ilustrações de Jandira Lorenz. Na ocasião, será aberta a exposição "Livros Mágicos - Uma Viagem Mística" baseada na obra, com a participação de 13 artistas. A entrada é gratuita e a mostra seguirá aberta até o dia 5 de novembro de 2023, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

Com curadoria de Patrícia Amante, participam da exposição as artistas Elaine Maritsa, Eneida Soares de Macedo, Gilma Mello, Helena Werner, Laís Krücken, Maria Esmênia, Patrícia Amante, Rosane Gonçalves, Sônia Albuquerque, Sonia Brida, Suelen Avelleda, Virgínia Alves e Zulma Borges. A exposição conta com livros de artista produzidos a partir da recriação de palavras e ilustrações que o livro oferece. As obras são inéditas, delicadas e intensas, com as mais variadas matérias-primas, símbolos e valores sobre o tema. São costuras, objetos, pinturas, fotografias gravadas e impressas que, por meio da linha material, tangível, passam a se conectar através da narrativa como matéria recriada, compartilhando uma experiência sensível.

O livro “Palavras Mágicas” é dedicado à cultura local. Através da releitura de lendas passadas de geração em geração, a autora preserva as tradições de todo o litoral de Santa Catarina e, com algumas mudanças, revela um ar de novidade para os contos.

A noite de abertura terá, ainda, a participação da atriz Andrea Rihl, da cantora e pianista Denise de Castro e a performance "Isteporas Bruxólicas" do Studio Ale Gutierrez.  A atividade faz parte da programação do Outubro Místico.

Serviços:

O quê: Lançamento do livro "Palavras Mágicas", de Bebel Orofino com ilustrações de Jandira Lorenz
Quando: 17/10/2023, às 19h

O quê: Exposição "Livros Mágicos - Uma Viagem Mística"
Abertura: 17/10/2023, às 19h
Visitação: de 18/10 a 05/11/2023. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

Local: Espaço Oficinas – No Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Entrada gratuita

Abre no dia 27 de setembro, às 19h, e segue com visitação até 22 de outubro de 2023 a exposição "Moradia Digna", com trabalhos da artista visual Maria Esmênia, nas Salas Lindolf Bell I e II do Centro Integrado de Cultura (CIC). A entrada é gratuita e ficará aberta de terça-feira a domingo, das 10h às 21h.

"Moradia Digna" é um projeto artístico que faz crítica à exclusão social sofrida por milhões de pessoas ao redor do mundo, no que se ajustou chamar direito à cidade, ou seja, direito à moradia digna, à educação, ao saneamento básico, à saúde, à cultura, ao lazer e ao fazer. A exposição tem curadoria da artista Meg Tomio Roussenq.

A artista Maria Esmênia nasceu em Lages (SC). Estuda e produz arte desde os anos 1990. Participa de exposições individuais e coletivas, ateliês de arte, movimentos artísticos como o Urban Sketchers, workshops, Associações de Artistas Plásticos, e de outros movimentos sociais e culturais. Em 2023, premiada no Edital Elisabete Anderle – edição 2022, levou a Lages, sua terra natal, a exposição individual "Origens, um resgate de Memórias". 

Serviço:

O quê: Exposição "Moradia Digna", da artista Maria Esmênia
Abertura: 27/09/2023, às 19h.
Visitação: até 22/10/2023. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h.
Onde:  Salas Lindolf Bell I e II  - No Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Entrada gratuita