FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

A sala de Cinema Gilberto Gerlach, no Centro Integrado de Cultura (CIC), recebe no dia 27 de junho, às 19h, o evento de relançamento do filme "Lages a Força do Povo", de 1982, da cineasta Tetê Moraes. A sessão tem engrada gratuita com distribuição de ingressos uma hora antes da sessão. A exibição tem o apoio do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC).

Sobre o filme

O final da década de 1970 e início da década de 1980 foi um período de grandes transformações no Brasil. Ainda sob regime militar o país experimentava a “flexibilização” do regime com algumas personalidades voltando do exílio e um certo abrandamento da censura com o início da abertura política.

Lages, a cidade polo do Planalto Serrano de Santa Catarina estava em ebulição por conta de um governo popular tocado por um jovem prefeito, o arquiteto Dirceu Carneiro. Dirceu fora apenas o segundo mandatário local em mais de 100 anos que não pertencia ou era apadrinhado da oligarquia Ramos, que dominou a política local desde o fim do século XIX e boa parte do século XX.

Nesse período o município gestou diversas políticas de participação popular que se tornaram referência no Brasil, como o mutirão para construção de casas populares com cessão de título de propriedade no nome das mulheres, a primeira experiência brasileira do orçamento participativo, o programa de pavimentação popular, as políticas de medicina nos bairros e o acesso universal aos serviços de saúde, hortas comunitárias, entre outras.

Essas ações de governo chamaram a atenção da imprensa nacional, trazendo a região o jornalista e ativista político Márcio Moreira Alves que escreveu o livro “Lages a Força do Povo”, relatando a experiência catarinense. Márcio também convidou a cineasta Tetê Moraes para conhecer a região. A partir da visita surge a ideia da gravação de um documentário que mostrasse a transformação do lugar, assim surge o filme Lages a Força do Povo, gravado em 1982, financiado pela Embrafilme.

O suporte original da obra é o filme de acetato de 16mm, com o passar dos anos e o desuso desse tipo de mídia, não foi possível que ele continuasse sendo exibido. No entanto, a salvaguarda do material em positivo estava sob responsabilidade do Centro Técnico Audiovisual do Rio de Janeiro, que no final de 2021 comunicou a cineasta Tetê Moraes que não poderia garantir a integridade física do material.

Tetê Moraes em conjunto com Daniela Carneiro, filha de Dirceu Carneiro, a historiadora Suzane Faita e o produtor cultural Sérgio Sartori, organizaram um financiamento coletivo para a digitalização da obra. O resultado financeiro superou a meta inicial e garantiu também os recursos para o relançamento do filme com a presença da cineasta Tetê Moraes, do ex-prefeito Dirceu Carneiro e da ex-vereadora Terezinha Fornari Carneiro em rodas de conversa após as exibições.

A programação de relançamento terá três sessões, uma em Lages no dia 25/06 às 19 horas no Teatro do Sesc, com a presença de Tetê Moraes, Dirceu e Terezinha Carneiro, e outras duas em Florianópolis, além da sessão no Cinema do CIC, haverá outra no dia 28/06, às 19h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Todas as apresentações terão entrada franca, a indicação etária da obra é livre.

Serviço:

O quê: Relançamento do filme Lages a Força do Povo
Quando: 27/06/2022, às 19h
Onde: Sala de cinema Gilberto Gerlach - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Entrada franca
Classificação indicativa: livre

(Com informações da Assessoria de Imprensa do evento)