FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e a futura Escola Olodum Sul firmaram um acordo de cooperação técnica para a realização de atividades artísticas e culturais. Na ocasião, também, a Casan anunciou o repasse de recursos para projetos da entidade via Lei Rouanet, para realização de espetáculo. O evento que sacramentou as parcerias contou com a presença da primeira-dama, Késia Martins da Silva.

A Escola Olodum Sul será a primeira instituição que leva o nome do Olodum fora da Bahia. Atenderá crianças, jovens e adultos que vivem em comunidades de vulnerabilidade social. A ideia é oferecer - no espaço que fica na região continental de Florianópolis - atividades educativas, culturais, ambientais e, principalmente, de cidadania. A previsão é que o espaço seja inaugurado no mês de julho.

Por meio do acordo de cooperação com a FCC, a intenção é desenvolver ações de cunho artístico e cultural no contraturno escolar, especialmente com adolescentes, promovendo a inclusão de comunidades que historicamente se encontram em situação de exclusão e vulnerabilidade social. "Esse é um exemplo de esforço conjunto que pode transformar vidas", resumiu o presidente da FCC, Edinho Lemos.

A presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, por sua vez, também manifestou a intenção de estabelecer convênio para a realização de atividades de educação ambiental e de capacitação nas áreas em que a estatal atua.