FCC  Facebook Twitter Youtube instagram fcc

Marca GOV 110px

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC) disponibiliza em seu site um novo espaço para divulgação de eventos promovidos em Santa Catarina com recursos provenientes dos editais da área cultural realizados pelo Governo do Estado. Também estão aqui eventos viabilizados pelo Programa de Incentivo à Cultura (PIC). Para participar do Calendário de Eventos, basta enviar e-mail com as informações básicas e o cronograma do projeto para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

* ATENÇÃO: Os eventos estão sujeitos a alterações sem aviso prévio e a critério dos artistas/produtores envolvidos. A Fundação Catarinense de Cultura não se responsabiliza por informações incorretas enviadas pelos participantes.

 

23º Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

Inscrições para seleção de filmes para a 23º Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis: De 9 de abril a 25 de maio de 2024.

A Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, um dos maiores festivais de cinema para crianças do Brasil, abre inscrições para seleção de filmes que irão compor a 23ª edição, que será realizada de 12 a 20 de outubro de 2024. Realizadores poderão submeter curtas e longas-metragens nacionais e internacionais entre 9 de abril e 25 de maio. Serão avaliados pela curadoria filmes de animação, documentário e ficção, destinados ao público infantil ou infanto-juvenil e inéditos em Santa Catarina. Regulamento e inscrições estão disponíveis no site https://www.mostradecinemainfantil.com.br/inscricoes/.   

Tour Expresso Rural e Camerata Florianópolis

A “Tour Expresso Rural e Camerata Florianópolis”, iniciada em novembro do ano passado, retorna à estrada neste mês de abril e a primeira cidade a receber o show será Chapecó. O encontro no Oeste está marcado para o dia 22, às 20h, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes. Os ingressos com preço popular (R$10 inteira e R$5 meia) estão à venda pelo site https://www.diskingressos.com.br/event/6831. 

A produção geral de turnê é da empresária Eveline Orth, da empresa Orth Produções, que idealizou o projeto, e a produção executiva é de Maria Elita Pereira. O concerto foi viabilizado através do Programa de Incentivo à Cultura (PIC).  Em 2023, a turnê passou pelas cidades de Joinville (Norte), Lages (Serra) e Florianópolis (Litoral). Além de lotar as sessões, o público saiu emocionado com as homenagens feitas ao eterno Daniel Lucena, por sua sobrinha, a cantora Manoela Lucena. Ainda neste mês de abril, no dia 28, Expresso e Camerata se apresentarão na região Sul, em Criciúma.

CTRL ALT Jam

A CTRL ALT Jam é uma game jam idealizada pela CTRL ALT, uma comunidade brasileira dedicada ao desenvolvimento de jogos no Brasil com mais de 3200 devs de todos os cantos do Brasil. A 3º edição do evento está programada para ocorrer entre os dias 3 de maio e 6 de junho de 2024 e promete ser uma experiência única para quem deseja entrar no mundo dos games. A competição acontecerá em formato online a partir do dia 3 de maio e o encerramento e premiação será presencial no dia 06/06 na Univali Florianópolis.

Esta edição da Game Jam se tornou possível devido a parceria do pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Governo Federal e da Lei Paulo Gustavo.

Contando com a participação de 16 mentores e quatro jurados, todos eles renomados nomes no cenário dos jogos brasileiros, além de uma série de palestras e workshops, a CTRL ALT Jam 3 oferecerá uma variedade de oportunidades para os participantes aprenderem, colaborarem e se destacarem. A CTRL ALT JAM é o melhor lugar para que desenvolvedores transformem suas ideias em realidade. Com mais de 500 participantes, 86 jogos e 3310 avaliações na última edição em 2023, a CTRL ALT JAM se destaca como uma das maiores game jams do cenário atual.

Cada edição é única e com regras distintas, oferecendo a chance de explorar novas abordagens e desafios criativos. Além disso, os participantes terão a oportunidade de contar com o apoio de mentores experientes, tanto durante o desenvolvimento de seus projetos quanto na elaboração do pitch. Essa orientação é essencial para aqueles que desejam levar seus jogos ao mercado com sucesso após a jam.

O prêmio para o jogo vencedor será a publicação na STEAM, um dos marketplaces de jogos mais populares do mundo.

As inscrições são gratuitas e qualquer pessoa pode participar: https://linktr.ee/ctrl.alt

Grillo e os Mosquitos Convida!
As bandas gaúchas As Aventuras e Flor ET são os destaques do Festival Grillo e os Mosquitos Convida!, junto à cantora catarinense Laura Padaratz. Idealizado pela banda manezinha Grillo e os Mosquitos e aprovado pelo Edital Paulo Gustavo D+ SC 2023, o festival teve início no último fim de semana e traz intérpretes de libras em todas as apresentações.

Data: 12/04/2024 (sexta-feira), às 21h
Local: Bugio Centro (R. Victor Meirelles, 112 - Centro - Florianópolis - SC)
Classificação: 18 anos
Entrada gratuita

Exposição "O tempo voa e quem não voa com ele se atrasa"

Exposição do artista Cenora em Joaçaba, que inclui circuito em outras três cidades de Santa Catarina, conversas e materiais educativos. Caixas de frutas, bilhetes de mega-sena, toalhas de mesa, o cotidiano do interior e sua universalidade compõem as obras e os espaços da exposição de Lucas Speranza, o Cenora, realizada pela Ombu produção, com curadoria de Gabi Bresola.

O projeto inclui conversas com convidados nos lançamentos, uma publicação digital, um audiobook do artista acessível para
pessoas cegas ou com baixa visão e material educativo que pode ser impresso em escolas. A exposição é uma proposta cultural realizada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura [FCC], por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023.

O título “O tempo voa e quem não voa com ele se atrasa” veio de uma frase no parachoque de um caminhão que abastece a frutaria e remete à outra temática do artista, a relação com o tempo, o tempo das cidades do interior e das capitais, a vulnerabilidade das pinturas e seus suportes. A exposição reúne mais de 18 obras, entre telas, composições pictóricas e uma obra tátil, Cobra Coral, com cenas de pessoas passando na rua, suas subjetividades e afazeres, a natureza e as memórias afetivas na forma do boi e dos passarinhos, as linhas das cercas delimitando o espaço rural, o facão na cintura, o tema do Contestado. Os materiais usados incluem a clássica toalha de mesa quadriculada e os efêmeros bilhetes de loteria, numa busca por sofisticar e dar novo significado a coisas simples. O trabalho tem ainda relação com o comércio, a própria frutaria, a loja de tecidos, a lotérica e seus bilhetes para tentar a sorte e a formação em química, que se traduz em experimentações com materiais e suportes diversos, e o auxilia a organizar suas ideias na linguagem do campo pictórico.

Programação:

Joaçaba - Casa de Cultura de Rogério Sganzerla (R. Sete de Setembro, 222, Centro de Joaçaba)
De 17 abril a 17 maio de 2024.
Abertura: 17 de abril, 19h.
Visitação: de segunda a sexta, das 13h às 19h.

Criciúma - Galeria Edi Balod - Unesc
De 3 junho a 29 junho de 2024.
Abertura: 3 de junho, 19h30.
Visitação: segunda a sexta, das 13h30 às 18h30.

No segundo semestre em Itajaí e em Lages.

Classificação livre. Entrada gratuita.

Conversa "A pequena mostra: o retorno"
Data: 22/04/2024, às 19h
Evento acessível em libras
Sobre: Conversa pública online, com duração de 40 min., gratuita, onde serão abordados os processos de criação e os desdobramentos poéticos do espetáculo "A pequena mostra: o retorno", levando em consideração o trabalho da mulher nos processos artísticos. A conversa será realizada por Letícia Souza, aberta ao público de todo território catarinense, por meio da plataforma Youtube no endereço: https://www.youtube.com/leticiapleft.

Show musical "Rosas Azuis"
Data: 22/04/2024, às 18h
Local: Fundação Cultural de Guabiruba (Rua Brusque, 1000 - Centro)
A compositora e cantora Ally Knihs inicia uma circulação por quatro cidades do Vale do Itajaí com seu show de músicas autorais intitulado Rosas Azuis. A primeira cidade a receber a atração é Guabiruba, no dia 22 de abril, dentro da programação da V Semana Literária da Fundação Cultural do município.

Nesta montagem, a artista brusquense se apresenta acompanhada dos músicos Igor Cultz (violão) e Diego Kohler (bateria) e traz um repertório formado por 12 canções que fazem parte de sua trajetória, escritas entre 2008 e 2022. O show tem proposta intimista e acústica com 50 minutos de duração. Entre as músicas a compositora descreve seu processo criativo, forma de compor, referências e curiosidades sobre as canções, tornando o show também um momento de compartilhamento de experiência artística. A apresentação terá intérprete de Libras e a entrada é gratuita.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Espetáculo "Sob a Lua Cigana"

Nos meses de abril e maio o Consonante Duo apresenta o espetáculo “Sob a Lua Cigana”, montagem é formada por diversos contos tradicionais dos povos ciganos de diferentes partes do mundo, com poemas e música. No elenco estão a narradora Lieza Neves e o percussionista Márcio Bicaco, que formam o Consonante Duo. O roteiro traz simbolicamente referências aos quatro elementos da natureza e às quatro fases da lua, além de movimentos das danças ciganas.

Ao todo serão oito apresentações realizadas em escolas públicas, com intérprete de Libras.

A primeira cidade a receber o projeto é Guabiruba, no Vale do Itajaí. Duas apresentações ocorrerão na EEF Prof. Carlos Maffezzolli no dia 25 de abril, às 9h15 e às 13h30, para alunos do ensino fundamental II. No mês de maio as demais sessões chegarão nas cidades de Canelinha, São Joaquim e Urubici.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Circulação "Arrebentação" - Amanda Cadore

Acompanhada por Jeff Nefferkturu, Grego Jardim e UBrother, Amanda Cadore apresenta o show gratuito "Arrebentação" em quatro cidades do litoral sul catarinense. Amanda Cadore é cantora, compositora, publicitária, artista independente e
produtora cultural. Seu principal lançamento é o EP "Arrebentação". Proposta Cultural realizada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura [FCC], por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2021.

Circulando pelo litoral catarinense, a artista usa seus timbres para flertar com a Nova MPB e se aventurar no cenário da música do sul do Brasil com texturas da natureza local, poesia e charme. A circulação do show autoral intitulado "Arrebentação" se completa com músicas de seu próprio repertório que vai do disco "inverno só se for azul", ao EP Arrebentação, que também contém o single "Fênix", parceria com as artistas catarinenses Dandara Manoela e Joana Castanheira. "Arrebentação", a música, também ganhou um videoclipe em parceria com a Camerata de Florianópolis em 2023, com direito a
participação no espetáculo Nossa Música SC.

Programação:
26/04 - 20h: Outro Selo - Laguna
27/04 - 20: Museu Usina - Imbituba
04/05 - 15h: Oficina de Percussão / 19h: Show - Instituto Casa Nobre - Guarda do Embaú - Palhoça
05/05 - 19h30: Raiz Centro Cultural - Garopaba (Participação de Tiago Bra)

Mais informações: https://www.instagram.com/amandacadore/

Espetáculo "A Nova Ordem Bruxólica: Circulação Açoriana"

O caso desse povo aqui, não tem dúvida, é caso de embruxamento! Disseram que na surdina da noite as bruxas lançaram um feitiço, se embebedaram do viço, sanguessugas que são. Atacaram a cidade com um terrível bruxedo, espalharam o medo, cantaram a maldição. Há quem diga, porém, que viu o bruxo dinheiro dominando os homens com sua triste feição. As mulheres disseram que tinham provas concretas de que essa história de bruxa má é apenas pretexto para condená-las. Cenas, fatos, notas, causos em que a bruxa, da antiguidade e da atualidade, se mostra mulher que luta contra aquilo que a oprime e a afasta de uma sociedade mais justa. Acompanhe algumas histórias, numa ilha, numa tarrafa, numa tribuna, numa fogueira, e um convite: a nova ordem bruxólica. Classificação Indicativa: 14 anos

Quando: 12/04, às 20h
Onde: Galpão Cultural (Rua Turvo, 315, Urussanguinha, Araranguá)

Quando: 13/04, às 20h
Onde: Raiz Centro Cultural (R. Viúva Maria Antonia Dos Santos, 1110 - Garopaba)

O Grandioso Bailinho de Los Desterros

O Grandioso Bailinho de Los Desterros mistura ritmos latinos e brasileiros. Serão quatro apresentações gratuitas em Florianópolis nos meses de abril e maio, com acessibilidade em Libras. A banda, formada por Emília Carmona (voz), Leonardo Cattoi Schmidt (guitarra), Chico Abreu (baixo e sintetizadores), Diogo Costa (bateria e percussão), Emilio Suarez (percussão) e Jeff Nefferkturu (guitarra e teclado) chega em um momento peculiar, com o lançamento do EP com uma formação que não existe mais. “O Grandioso Bailinho da URSAL vol. 1”, que sai em maio, conta com cinco canções, incluindo os dois singles autorais que já foram divulgados: o ijexá “Plaza Real” e o candombe “Maria Belén”, que tiveram as participações de André FM no vibrafone e Hugo Fattoruso no piano, respectivamente. O material ainda traz outras três releituras que já são conhecidas do público que frequenta o Bailinho. Nesse momento de encerramento de ciclo e começo de uma nova era, os Los Desterros recebem um novo integrante para o grupo, Jeff Nefferkturu, multi-instrumentista de Cabo Verde, que apresentou outras possibilidades sonoras para o caldeirão de ritmos que traz a cumbia, o carimbó, lambadas, guitarradas, salsa, entre tantos outros ritmos.

Como contrapartida social do projeto, a banda Los Desterros oferecerá uma oficina de duas horas sobre ritmos percussivos latinos, presencial e gratuita, no Ceart/Udesc, com acessibilidade em Libras, destinada a jovens de comunidades de baixa renda em Florianópolis. O Grandioso Bailinho de Los Desterros foi selecionado pelo EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N ० 37/2023 Lei Paulo Gustavo - LPG - D+ SC/2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo - LPG - D+ SC/2023 , por meio da Fundação Catarinense de Cultura - FCC.

Cronograma de shows:

13 de abril, às 17h: Ceart (Centro de Artes, Design e Moda), na Udesc - Florianópolis
3 de maio, às 22h: Show de lançamento “O Grandioso Bailinho da URSAL vol.1”, no Bugio Centro - Florianópolis
31 de maio: Célula Showcase (Rodovia João Paulo, 75 - Florianópolis)

Espetáculo "Gira do Batuque Sagrado"

O Grupo Teatral Reminiscências, de Joaçaba, debate sobre a intolerância religiosa com a circulação do Projeto “Gira do Batuque Sagrado” por cinco regiões do Estado, aproximando a comunidade desta temática. O espetáculo leva aos palcos o trabalho de atuação solo de João Tomaz Santos, partindo de sua vivência no terreiro. Adepto do Batuque e da Umbanda, o artista traz para o espetáculo a fé, a dança, os cantos, os ritos e, sobretudo, as memórias como forma de expressão da religiosidade constantemente ameaçada.

O projeto propõe, para os que conhecem e simpatizam com esta religião, um vínculo afetivo do público com a cena, e uma aproximação com aqueles que ainda não conhecem os elementos e fundamentos das religiões africanas. Para o ator, devido a temática do espetáculo, principalmente quanto a função e objetivo da proposta cultural, essa circulação carrega uma grande importância social na busca pelo combate a intolerância afro-religiosa.

“Sagrado” conta com a direção de Pepe Sedrez, da Cia Carona de Teatro, de Blumenau, tem a duração de 50 minutos e traz para o público uma obra artística que transita entre a performance, o teatro político-ritual-documental, a dança e principalmente prima pelo encontro como uma forma transformação. A classificação indicativa é de 16 anos.

Proposta Cultural realizada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura [FCC], por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023.

Cronograma de apresentações:

11/04 - 19h: Biblioteca Pública de Canelinha
13/04 - 20h: Céu das Artes - Jaraguá do Sul
14/04 - 19h30: Itajaí Criativa - Itajaí
18/04 - 19h30: Salão Pinheiro Chato - Quilombo Invernada dos Negros - Campos Novos
19/04 - 20h: Sede do Grupo de Teatro Revirado - Criciúma

“Glória de Vivaldi” do Coro de Câmara Verso em Voz e Quarteto de Cordas

Aproximar a música instrumental e o canto coral da comunidade a partir de composições musicais que marcaram a história, tem sido um dos objetivos do Projeto “Glória de Vivaldi” do Coro de Câmara Verso em Voz e Quarteto de Cordas. Com caráter multiplicador, a turnê pelos municípios do oeste traz duas atividades: a primeira é uma oficina de técnica vocal, seguida pelo Concerto.

A oficina, que antecede o concerto, traz a técnica vocal para coralistas e interessados, como norte das atividades . São trabalhadas instruções abrangentes, abordando técnicas essenciais como respiração, colocação vocal, afinação, articulação e ressonância da voz cantada. A ideia é proporcionar uma oportunidade de enriquecimento musical aos participantes. Os interessados podem inscrever-se pelo link https://forms.gle/hwaCsu6v2rqiFdSt6 . Basta preencher o formulário e acessar os materiais de apoio enviados pelo Coro.

O Concerto também chega de maneira gratuita às comunidades. A oportunidade de acesso, segundo o regente, democratiza, na prática, os bens culturais do nosso Estado. O projeto cultural é realizado por meio do Programa de Incentivo à Cultura, o PIC, do Governo do Estado de Santa Catarina, aprovado pela Fundação Catarinense de Cultura

Cronograma:

Concertos
14/04 (domingo) - 20h: Catedral Santo Antônio - Chapecó
28/04 (domingo) - 20h: Capela Nossa Senhora de Fátima - Nova Erechim
11/05 (sábado) - 19h30: Catedral São Carlos Borromeu - São Carlos
25/05 (sábado) - 20h: Paróquia Sagrada Família - Saudades

Oficinas
13/04 (sábado) - 15h e 17h: Salas de catequese anexas à Igreja Matriz - Chapecó
28/04 (domingo) - 15h e 17h: Salas de catequese anexas à Igreja Matriz - Nova Erechim
11/05 (sábado) - 15h e 17h: Salas de aula da Fundação Cultural de São Carlos - São Carlos
25/05 (sábado) - 15h e 17h: Salas de catequese anexas à Igreja Matriz - Saudades

Festival Cultural Agita
Data: 13/04 (sábado), a partir das 10h Transferido pela produção para data a definir
Local: Praça Ivo Zolet, em Xanxerê
Muitas atrações gratuitas: maquiagem artística, personagens temáticos e circenses itinerantes, expressões da cultura popular, show musical Banda Sid Folks Trio (folk rock), pop e rock com Álvaro Fernandes e trio elétrico circulando pelas ruas da cidade ao som de Leo e Gian.

O projeto cultural é realizado por meio do Programa de Incentivo à Cultura, o PIC, do Governo do Estado de Santa Catarina, aprovado pela Fundação Catarinense de Cultura

PROGRAMAÇÃO:
10h às 12h - Show Musical Banda Sid Folks Trio (Folk Rock).
10h às 12h e das 13h30 às 15h30min - Maquiagem Artística.
10h às 12h e das 13h30 às 15h30min - Personagens Temáticos e circenses.
13h30 às 15h30 - Pop e Rock com Álvaro Fernandes.
13h30 às 15h30 - Expressões da Cultura Popular.
13h30 às 15h30 Trio Elétrico com Show Musical Sertanejo Universitário com Leo e Gian, pelas ruas de Xanxerê

Semana dos povos indígenas na terra indígena laklãnõ xokleng.

Dia 20 de abril de 2024, na Aldeia Coqueiro, em Vitor Meirelles SC. Evento gratuito.

Programação cultural:
 
8h:   abertura e apresentação das autoridades presentes;
 
9h:  apresentação de dança tradicional indígena;
 
9h30:  amostra da bebida típica feita à base de mel e xaxim "mõg", feito para grandes cerimônias, como casamentos indígenas, comemoração de batismo e outras cerimônias do povo;
 
10h30: casamento indígena;
 
12h: almoço gratuito para todos presentes;
 
14h:  desfile Mirim com trajes típicos do povo laklãnõ xokleng;
 
15h:  tiro ao alvo de arco e flecha e com outras atividades tradicionais:
 
16h: desfile com trajes indígenas da índia mais bela da aldeia; 
 
18h:  início da Noite Cultural.
 
Proposta selecionado pelo edital Paulo Gustavo LGP SC 2023 - executado com recursos do governo federal e Lei Paulo Gustavo de emergência Cultura, por meio da FCC.

Projeto "Compositor Presente: Criando Canções"

Este projeto compreende duas etapas principais: 
- Concertos de Piano Solo:
Na primeira etapa, Gandhi Martinez apresentará dois concertos ao vivo de piano solo, destacando suas composições autorais. Estes concertos fazem parte da contrapartida do projeto. O primeiro concerto será realizado em Navegantes, no auditório do CEU das Artes, em 05 de abril às 19h. O segundo concerto acontecerá no centro cultural Lord Whisky Distillery, em Itajaí, às 20h do dia 12 de abril.
- Oficinas de Composição Musical:
A segunda etapa consistirá em quatro oficinas de composição musical com ênfase na canção popular. Todas as oficinas serão conduzidas por Gandhi Martinez e serão realizadas nos dias 03, 10, 17 e 24 de maio, na sala 202 do bloco D8 da UNIVALI campus Itajaí (Rua Uruguai 458, Centro). Serão ofertadas 20 vagas para cada oficina. Para se inscrever e obter informações adicionais, os interessados devem acessar o link na bio do Instagram de Gandhi Martinez. Ressalta-se que os participantes não precisam se inscrever em todas as oficinas, mas apenas na(s) que desejarem e tiverem certeza de que poderão participar, uma vez que os conteúdos não têm pré-requisitos entre si.
Todos os eventos são gratuitos.

Gandhi Martinez é pianista, compositor e educador musical com sete trabalhos autorais lançados entre CDs e DVDs. É graduado em Música, mestre em Interpretação e Criação Musical e atualmente doutorando em Processos Criativos. Para mais informações sobre o projeto e inscrições nas oficinas, os interessados podem entrar em contato através do Instagram de Gandhi Martinez: https://www.instagram.com/gandhi_martinez/.

Oficinas oferecidas pela Midiateca de Dança
Datas: 11/04 - "Como fazer mover arquivos em dança?" com Sandra Meyer, das 14h às 16h (40 vagas)
12/04 - "MOCAP: A captura de movimentos como dispositivo de documentação em dança" com Mônica Dantas, das 14h às 16h (40 vagas)
15/04 - "Crítica de dança como composição de memória" com Jussara Xavier, das 14h às 16h (40 vagas)
16/04 - "Narrativas sobre histórias da dança" com Vera Torres, das 14h às 16h (40 vagas)
"História da dança catarinense" com Jussara Xavier, Sandra Meyer e Vera Torres, das 16h às 18h (40 vagas)
Onde: Memorial Meyer Filho (Praça XV de Novembro, 180 - Centro, Florianópolis)
Formulário de inscrições (gratuita): https://forms.gle/KGkXNJfWLebvCLoG9
Site: https://midiatecadedanca.com
Instagram: @midiateca_de_danca

Viabilizado pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023, o trabalho de qualificação da plataforma Midiateca da Dança continua, agora com a proposta de instrumentalizar pessoas interessadas em aprender sobre como arquivar, escrever criticamente, desenvolver narrativas e conhecer mais da história da dança catarinense por meio de cinco processos formativos. As oficinas são gratuitas e as vagas limitadas - 40 por tema.

Neste projeto, a parte final de cada oficina programada é destinada à escrita orientada de textos analíticos e críticos para posterior seleção e publicação no site. A ideia é estimular o uso dos arquivos, mover pesquisas e pensamentos, incentivar processos de leitura de contextos e acontecimentos históricos, bem como, de obras de dança e artes, para composição de diferentes escritas.

O projeto Midiateca da Dança tem apoio do Instituto Memorial Meyer Filho e Memorial Meyer Filho, Banco do Brasil, Fundação Catarinense Franklin Cascaes e Prefeitura Municipal de Florianópolis e Projeto Carne Digital (Esefid/UFRGS). Tem realização via edital da Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Oficina "Manifestações da Cultura dos povos originários do Vale do Itajaí"
Data: de 16/04 a 31/05/2024
Local: Museu Histórico e Cultural de Rio do Sul Victor Lucas
Público: Professores e alunos do ensino fundamental e médio, universitários e público em geral.
Oficinas sobre as manifestações da cultura dos povos originários do Valdo do Itajaí. A atividade tem como objetivos perceber o território indígena – Xokleng Laklãnõ como um espaço/lugar de significação; contribuir com as pesquisas regionais sobre os Povos Originários; promover aproximação entre educandos e educandos da redes municipal, estadual e privada de educação de Santa Catarina; divulgar e conhecer o acervo indígena do Museu Histórico e Cultural de Rio
do Sul Victor Lucas, uma história perto de nós e por muitos desconhecida; valorizar e refletir a história e cultura regional, história e cultura de um povo originário do território de Santa Catarina.

Proposta Cultural realizada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura [FCC], por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023.

Palestra "Território, Memória e/m Resistência"
Data: 17/04 a 31/05/2024
Local: Museu Histórico e Cultural de Rio do Sul Victor Lucas
Público: Professores e alunos do ensino médio, universitários e público em geral.
Palestras com o tema: Território, memória e/m resistência – O Outro Lado da Barragem Norte, sobre os indígenas do Vale do Itajaí. No espaço do Museu Histórico e Cultural de Rio do Sul, espaço reservado com “Sala
Indígena” que traz vários elementos que contribuem e refletem a história e cultura dos indígenas. Acervo lítico, lanças, flechas, arcos, artesanato, pontas de projétil, entre outras.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Espetáculo "Boi Encantado"

Boi Encantado uma história cantada é um espetáculo que apresenta a cultura popular com muita alegria. Inspirado no
folclore das ruas de cidades litorâneas de Santa Catarina, é conhecido como “boi de mamão”. A encenação é acompanhada de música ao vivo em que os personagens são convidados a entrar na arena para brincar com o Boi Encantado.

A festa está muito divertida, mas o boi enlouquece e morre. O que será que aconteceu? Quem ajudará a trazê-lo da morte? Nesse enredo de morte e ressurreição, outros bonecos chegam para animar o público e completar a brincadeira.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Duração: 45 minutos
Integrantes: Alana Meneghel, André Simoni, Giselle Paes, Graciela Simoni, Pati Teixeira e Rael Libertu
Direção: Silvana Silva de Souza

Programação:
18/04 - 10h30: EMED Professora Maria de Lourdes Carneiro - Criciúma
21/04 - 15h20: Ecopark Termas - Gravatal

Palestra "Preservação do Patrimônio Histórico Material"
Data: de 29/04 a 31/05/2024
Local: Museu Histórico e Cultural de Rio do Sul Victor Lucas
Público: Professores e alunos do ensino fundamental e médio, universitários e público em geral.

Palestras sobre a preservação do patrimônio histórico material, com o objetivo de contribuir com a identificação da importância dos “tombamentos” municipais e estaduais em Santa Catarina, a importância da história, cultural, arquitetura das edificações e paisagem cultural.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Circuito BiblioBike 

Continuando sua missão de apresentar o mundo mágico da literatura e formar novos leitores por onde passa, a BiblioBike passará em abril por cinco cidades do Norte de Santa Catarina. A região foi escolhida após uma pesquisa ter identificado que a maioria dos municípios não têm biblioteca pública, e os que possuem, não têm acervo com acessibilidade, nem programas de incentivo à leitura, além de a maioria não contar com profissionais da área trabalhando no local. Para colaborar com a redução destes aspectos negativos, o projeto irá passar pelas cidades de Major Vieira, Bela Vista do Toldo, Irineópolis, Monte Castelo e Itaiópolis, entre os dias 22 e 26 de abril. 

Programação 

18/04 - Capacitação on-line para professores e bibliotecários das cidades 22/04 - Itaiópolis/SC 
23/04 - Monte Castelo/SC 
24/04 - Major Vieira/SC 
25/04 - Bela Vista do Toldo/SC 
26/07 - Irineópolis/SC 

FESPA - 1º Festival de Palhaçaria,

Estão abertas as inscrições para a seleção de espetáculos para compor a programação do FESPA - 1º Festival de Palhaçaria, que ocorre de 5 a 9 de junho, em Blumenau. Serão selecionadas cinco atrações catarinenses na área de palhaçaria para compor o evento e os interessados devem enviar material para https://forms.gle/aNGCKfHbHEffJCJ66 até 20 de abril. Os selecionados serão conhecidos pela rede social do projeto no dia 5 de maio. Todos os espetáculos selecionados receberão remuneração (cachê)
 

Espetáculo “Eu não sou só eu em mim – Estado de Natureza: Procedimento 01”

O Grupo Cena 11 está de volta à Santa Catarina, o seu estado natal, com um novo projeto para marcar as três décadas de atuação e que contemplará cinco cidades catarinenses com o espetáculo “Eu não sou só eu em mim – Estado de Natureza: Procedimento 01”. Trata-se do mais recente e ousado trabalho desta que é considerada uma das mais importantes e disruptivas companhias de dança contemporânea do Brasil. As apresentações serão gratuitas e estão programadas para o mês de abril nas cidades de Florianópolis (04/04 - esgotado), Jaraguá do Sul (08/04), Itajaí (10/04), Joinville (13/04) e Blumenau (23/04).

Os ingressos para a estreia em Florianópolis esgotaram logo no primeiro dia de distribuição via plataforma Sympla. A sessão será no dia 4 de abril, às 21h, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). Para as demais cidades, a retirada de ingressos começará uma semana antes de cada evento.

Veja a programação:

Florianópolis: Dia 04 de abril, 20h, no Teatro Ademir Rosa, Centro Integrado de Cultura (CIC), Avenida Gov Irineu Bornhausen, Nº 5600, Bairro Agronômica. (ESGOTADO)

Jaraguá do Sul: Dia 08 de abril, 20h, no Grande Teatro da Sociedade Cultural Artística (SCAR), R. Jorge Czerniewicz, Nº 160. Entrada gratuita com retirada de ingressos por meio da plataforma Sympla.

Itajaí: Dia 10 de abril, 20h, no Teatro Municipal, R. Gregório Chaves, Nº 110, Bairro Fazenda. Entrada gratuita com retirada de ingressos por meio da plataforma Sympla.

Joinville: Dia 13/04, 20h, Teatro da AJOTE: Rua XV de Novembro, N º 1383, Bairro América. Entrada gratuita com retirada de ingressos por meio da plataforma Sympla.

Blumenau: Dia 23/04, 20h, no Teatro Carlos Gomes, Rua XV de Novembro, Nº 1181, Centro. Entrada gratuita com retirada de ingressos por meio da plataforma Sympla.

Classificação: 16 anos

*O espetáculo contém sequência com flashes de luz que podem afetar espectadores fotossensíveis.

*A trilha sonora tem volume acima da média e pode impactar na audição de pessoas com sensibilidade auditiva.

Percussão Catarina: Oficinas de ritmos afro-brasileiros
Onde: EMEB Vitório Marcon. Rua Antônio Luiz Bittencourt, 3196 - Ilhotinha. Capivari de Baixo (SC).
Quando:
- 04 de abril (quinta-feira), das 20h às 22h: Palestra (roda de conversa);
- 05 de abril (sexta-feira), das 7h30 às 11h30: Oficina de ritmos afro-brasileiros;
- 05 de abril (sexta-feira), das 18h30 às 22h30: Oficina de ritmos afro-
brasileiros;
- 11 de abril (quinta-feira), das 20h às 22h: Palestra (roda de conversa) -
atividade aberta ao público;
- 12 de abril (sexta-feira), das 7h30 às 11h30: Oficina de ritmos afro-brasileiros;
- 12 de abril (sexta-feira), das 18h30 às 22h30: Oficina de ritmos afro-
brasileiros - atividade aberta ao público;

O Quilombo Ilhotinha, em Capivari de Baixo, vai receber uma série de palestras e oficinas sobre os ritmos afro-brasileiros. As atividades integram o projeto Percussão Catarina, do músico e educador musical Luciano Candemil. Algumas atividades são exclusivas para alunos da EMEB Vitório Marcon, mas há outras abertas ao público. Projeto realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Governo Federal e da Lei Paulo Gustavo.

Músicas ancestrais nas cordas dos berimbaus
O Iate Clube Ibiraquera recebe o show do coletivo musical Ecos de Santo Amaro no dia 6 de abril, às 22h30. Projeto realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Governo Federal e da Lei Paulo Gustavo, o show "Músicas ancestrais nas cordas dos berimbaus" traz para o palco cantigas das manifestações populares, como capoeira, samba de roda, forró, seja de domínio público ou composições próprias.

Através das letras das canções são trabalhadas questões como a força da cultura popular, o racismo, a homenagem aos mestres e mestras de cultura popular, a fé e esperança do povo brasileiro. Costurando as canções, algumas inserções didáticas são feitas, explicando algumas curiosidades e informações relevantes em relação às cantigas e à execução das músicas em questão.

A entrada é gratuita.
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: livre

Ficha Técnica:
Gian Carlos Rio dos Santos (Latino) – voz e berimbaus
Bárbara Kristensen – voz, violão, viola, escaleta, berimbau
Cleiton Dionei Machado (Barrusco) – voz e percussão
Asaf Assunção – voz, berimbau, percussão e violão
Tamara de melo – voz
Janaína Silva de Oliveira – voz e reco-reco
Caroline Levien - voz, violino e agogô
Nilson CWB – técnico de som e produtor

Luz Cultural

Em um esforço para impulsionar a cultura e promover a inclusão, a iniciativa Luz Cultural leva conhecimento e capacitação para a região de Abelardo Luz, graças aos recursos da Lei Paulo Gustavo. Sob a batuta da produtora cultural Josiane Maciel, com mais de duas décadas de experiência, o projeto visa capacitar agentes culturais, trabalhadores da cultura e artistas no Oeste Catarinense.

A proposta abrange uma série de encontros de capacitação, que abordarão desde os fundamentos da cultura e da economia criativa até a legislação e financiamento de projetos culturais, além de marketing e comunicação. Estes encontros terão lugar em locais estratégicos, como a Escola Indígena Cacique Karenh, a EEM Paulo Freire, a EEB Prof. Anacleto Damiani e a APMAL - Associação dos Policiais Militares de Abelardo Luz, garantindo acessibilidade e alcance amplo na comunidade. Além dos encontros de capacitação, os participantes terão a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos na produção de um grande evento, programado para junho, com a preparação ocorrendo ao longo do mês de maio.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Programação:

09/04: Escola Indígena Cacique Karenh na Terra Indígena Toldo Imbu, a partir das 18h Destinado a toda a comunidade indígena do Município.
12/04: EEM Paulo Freire, localizada no Assentamento José Maria Interior do município de Abelardo Luz.
17/04: EEB Prof. Anacleto Damiani, no centro da cidade Encontros nos três turnos: Manhã, Tarde e Noite.
20/04: APMAL - Associação dos Policiais Militares de Abelardo Luz, a partir das 14h Aberto a toda a comunidade.

Para mais informações sobre o Luz Cultural e como participar, entre em contato através do WhatsApp (49) 991072541 ou do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Espetáculo "Um"

Espetáculo de Palhaçaria: 1 é o número do princípio, mas também pode representar quando várias pessoas se juntam e buscam a unidade. Esse espetáculo é o primeiro, o primogênito de pessoas que escolheram ser um, para fazer um espetáculo, e quem sabe tirar de você uma unidade de riso.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural,por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

PROGRAMAÇÃO:

Data: 11/04/2024, às 20h - Teatro Carmem Fossari - Florianópolis
Classificação indicativa: livre

O Grande Dia II - Festival Multicultural Netuno Circus
Data: 14/04/2024, das 16h às 20h30
Local: Teatro do Sesc Prainha - Travessa Siryaco Atherino, 100 - Centro - Florianópolis
Entrada gratuita. Haverá campanha para arrecadação de alimentos para doação a ONGs parceiras do Sesc
Classificação indicativa: 12 anos (primeiro e segundo atos) / 16 anos (terceiro ato)
Evento concebido para celebrar o Dia Internacional da Arte e homenagear artistas familiares, que desempenharam importante papel na base da cultura brasileira no início do século XX, artistas amigos de palco e artistas ídolos, que já partiram deste plano. Serão 11 manifestações artísticas na mesma noite e palco, com artes circenses (palhaçaria, perna de pau, tecido acrobático e malabares); arte livre; arte medieval; artes plásticas; danças étnicas; música; poesia; e teatro. Evento gratuito, beneficente, presencial e acessível para deficientes físicos e auditivos.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural,por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Programação: 

PRIMEIRO ATO (16h)
Apresentação & entrada triunfal da troupe
Artes Plásticas - pintura ao vivo (Mariana di Lucia)
Tecido Acrobático (Ana Paula Oliveira)
Perna de Pau (Nina Luz)

SEGUNDO ATO (16h55)
Relato Família Circense & vídeo Família Cardona
Flauta Andina (Cristobal Ambrosio)
Arte medieval (Jairo Kaster)
Malabares (Cristobal Ambrosio)
Tecido acrobático (Ana Paula Oliveira)
Danças étnicas (Studio Ale Gutierrez)
Tecido Acrobático (Ana Paula Oliveira)
Poesia & Palhaçaria (Natália Ester)

TERCEIRO ATO (19h15)
Homenagem aos Artistas que Partiram
Arte livre (Bianca Nunes)
Palhaçaria (Chrisis Mayer)
Teatro – Pocket Show (Vita Wegner) 
Arte livre (Bianca Nunes)
Palhaçaria (Chrisis Mayer)
Artes Plásticas - Exibição da pintura realizada ao vivo em cena (Mariana di Lucia)
Encerramento

Produção e apresentação: Paulo Eduardo Antunes Grijó

Espetáculo de teatro “Chapéu de Cocô, Cocô de Chapéu”

Era uma vez uma cidade bem pequena, mas bem pequena mesmo. E ali viviam pouquíssimos habitantes, pouquíssimos mesmo. Eles faziam sempre as mesmas coisas e tinham sempre as mesmas conversas. Até que um certo dia precisaram mudar a rotina para encontrar uma solução para o grande problema que os incomodava há muito tempo, e isso acabou por alterar completamente a vida da pequena cidade e de seus habitantes. Livremente inspirado no livro "Cocô de passarinho", de Eva Furnari.

Realização do Grupos de Artistas Sérios. Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES:

22/04 - 19h: Centro Cultural de Alto Bela Vista
23/04 - 13h30: Auditório da Secretaria de Educação de Presidente Castello Branco
24/04 - 15h30: Ginásio de Esporte de Lindóia do Sul
25/04 - 19h: Auditório do Centro Educacional de Arabutã
29/04 - 19h: Centro de Idosos de Peritiba

Projeto Caminhos do Hip Hop

No dia 11 de maio, a partir das 8h, o Projeto Caminhos do Hip Hop realizará oficinas com a estrutura que compõe a Cultura Hip Hop em Jaraguá do Sul, de forma gratuita. Terá oficina de breaking com o B.Boy Xandê, oficina de grafite com as técnicas de stencil com o grafiteiro Nicolas D'Anhaia, oficina de MC iniciação com o MC Loko, oficina de DJ introdução com o DJ Leokdio. Esse é o caminho da cultura hip hop seus quatros elementos representados pelas oficinas e quinto elemento, que é o conhecimento, será representado em forma de palestra e roda de conversas com o B.Boy e palestrante André Tavares. O projeto acontecerá em um dia em Jaraguá do Sul no Studio Liss (Rua Epitácio Pessoa, 1400 - Centro - Jaraguá do Sul).

Curso "Salvaguardando o Patrimônio Documental: oficinas de conservação, organização e arquivamento de acervos documentais históricos"

O objetivo é capacitar prioritariamente agentes culturais do Oeste catarinense, por meio de 4 oficinas online, abordando práticas de conservação, organização e arquivamento de acervos documentais. Oficinas gratuitas e online com declaração emitida via UNOCHAPECÓ. Ministrante: Ademir Miguel Salini. Período de realização: de 14 a 17 de maio de 2024
Inscrição no site: unochapeco.edu.br/eventos, até dia 09/05/2024.

 

Recortes Criativos em Composição de Música Popular

No projeto "Recortes Criativos em Composição de Música Popular" o lançamento do vídeo com esta experimentação artística está previsto para junho, mas algumas das atividades de contrapartida social abertas ao público e gratuitas já têm datas e locais marcados: em 3 de abril, das 19 às 22h, na Sala Multiuso do IFSC - Garopaba; e em 18 de maio, na Casa de Cultura de Garopaba, das 15h às 18h.

Serão os momentos em que o artista encontrará o público e aplicarão, juntos, o Método do Recorte, um antigo sistema de criação literária em que são sorteados recortes de jornais e revistas, montando o texto como uma colagem de ideias surpreendentes. O idealizador Txaka Amaral do Ateliê Rio do Poeta - Garopaba desenvolveu o processo de sorteio para a composição da música e conduzirá os participantes em uma experiência de artes integradas lúdica e intuitiva. Não é necessário qualquer experiência com música ou literatura para participar.

Projeto "Recortes Criativos em Composição de Música Popular" é uma proposta cultural selecionada no edital 37/2023 LPG D+ Lei Paulo Gustavo SC, executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural por meio da Fundação Catarinense de Cultura.

Projeto Construção de Personagens em Quatro Atos

Em abril e maio, o projeto Construção de Personagens em Quatro Atos leva oficinas de teatro aos municípios de Gaspar, Indaial e Salete. Serão quatro oficinas de construção de personagens, em cada um dos três municípios escolhidos, com quatro horas de duração cada, ministradas pelo ator, diretor de teatro, e arte-educador Roberto Morauer. Em Gaspar, as oficinas chegam nos dias 10, 17 e 20 de abril, na EEB Honório Miranda. Em Indaial, nos dias 11, 18, 25 de abril e dia 02 de maio, na Fundação Indaialense de Cultura Prefeito Victor Petters – FIC. Em Salete, nos dias 13 e 14 de abril no Salão da Paróquia Imaculada Conceição. Todas as ações são gratuitas e voltadas a alunos de teatro das respectivas cidades contempladas. 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA 

Oficinas do projeto Construção de Personagem em Quatro Atos, com Roberto Morauer Em Gaspar 

Dia 10 de abril (quarta-feira) das 18h às 22h; dia 17 de abril (quarta-feira) das 18h às 22h; dia 20 de abril (sábado) das 8h às 12h e das 14h às 18h 

Local: Na EEB Honório Miranda (R. São Pedro, 158, Centro, Gaspar/SC) 

No dia 24 de abril (quarta-feira) acontece intervenção a partir das 19h, na EEB Honório Miranda (R. São Pedro, 158, Centro, Gaspar/SC) 

Em Indaial 

Dia 11 de abril (quinta-feira) das 14h às 18h; dia 18 de abril (quinta-feira) das 14h às 18h; dia 25 de abril (quinta-feira) das 14h às 18h; e dia 02 de maio (quinta-feira) das 14h às 18h Local: Fundação Indaialense de Cultura Prefeito Victor Petters – FIC (Rua Dr. Blumenau, 05, Centro, Indaial/SC).

No dia 02 de maio (quinta-feira) acontece intervenção a partir das 19h, na Escola EEB Raulino Horn (R. Lauro Müller, 244, Centro, Indaial/SC) 

Em Salete 

Dia 13 de abril (sábado) das 8h às 12h e das 14h às 18h; Dia 14 de abril (domingo) das 8 h às 12h e das 14h às 18h 

Local: Salão da Paróquia Imaculada Conceição (Avenida da Paz, 300, Centro, Salete/SC). 

No dia 15 de abril (segunda-feira) acontece intervenção a partir das 19h, na Escola de Educação Básica Guilherme André Dalri (158, R. Liberman, 2, Salete/SC) 

Circuito A Flauta Mágica com a Philarmonia Brusque
Local: Auditório do I.F.C. Campus de Brusque
Data: 14/04/2024, às 18h
Ingresso gratuito
Classificação indicativa: Livre
Duração do espetáculo/proposta: Previsão de uma hora.

A Flauta Mágica é uma ópera que foi criada para um público que não costumava ter acesso ao universo da música de concerto. Ela é um espetáculo popular e, por isso mesmo, apresenta uma estrutura musical e cênica acessível a um público mais amplo. Seu enredo busca instruir o povo dentro dos ideias da revolução francesa: liberdade, igualdade e fraternidade onde o aspecto mágico é apenas um pano de fundo para a revelação do humanismo profundo daquele período.

Para o Circuito via Lei Paulo Gustavo, o espetáculo foi adaptado para uma duração de uma hora. A proposta é apresentar uma síntese da história original de forma dinâmica com a inclusão de trechos musicais instrumentais dos principais trechos da ópera em meio à narrativa cênica. Uma princesa é raptada e um jovem príncipe é convencido a resgatá-la.

Uma história de amor que envolve lealdade e a a busca pela iluminação. A história completa será disponibilizada por meio de um e-book que terá ilustrações inéditas. Ele será disponibilizado tanto no dia do evento quanto no site da proponente. Este e-book terá uma versão de audiobook para que as pessoas com deficiência visual também tenham acesso à história do espetáculo.

A música de Wolfgang Amadeus Mozart se mostra vibrante e cativante nesta versão instrumental. Por outro lado, a apresentação do repertório musical intercalado por narrativa cênica busca facilitar a mediação da linguagem musical com os espectadores e estimula a imaginação e a representação da história, dos seus personagens e da sua escrita musical.

A proposta da Associação Artístico Cultural Philarmonia Brusque foi selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Projeto Sopros Literários: mediação e formação

A nova edição do Projeto Sopros Literários: mediação e formação realizará dez ações de mediação literária para crianças completamente gratuitas nas cidades de Blumenau, Itajaí, Gaspar e Timbó entre os meses de março a maio de 2024. As ações acontecerão em comunidades escolares descentralizadas ou espaços culturais da cidade e são abertas ao público mediante inscrição prévia, visto que contarão com a presença de alunos das Redes Públicas de Ensino. Todas as ações do projeto contarão com acessibilidade em Libras.

Mediação Cultural é um termo utilizado na contemporaneidade para descrever momentos de troca, construção e pensamento acerca de uma obra de arte. Neste projeto, serão mediadas três obras literárias de autoras catarinenses que têm grande repercussão e reconhecimento nacional: "Pedro Pianista” de Ana Paula de Abreu, “Gato Átomo” de Patrícia Galelli e "O monstro do pé molhado", de Nana Toledo.

Nestes encontros, as crianças poderão ter contato com as obras, saber mais sobre seus processos de produção e vivenciar momentos e jogos conduzidos pelas artistas e educadoras Deda Silveira e Maria Laura Pozzobon, mediadoras do projeto. Na programação do Sopros Literários ainda estão dois encontros de capacitação em mediação cultural para educadores e/ou agentes de biblioteca. Um encontro será presencial na cidade de Itajaí, com a presença das autoras catarinenses Ana Paula de Abreu, Patrícia Galelli e Nana Toledo, e outro de forma online no canal da Ativa Rede, no Youtube. As datas e locais das ações formativas serão confirmadas em breve.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Programação:

30/04 - 14h e 19h: Espaço Vem Cultural - Timbó
13/05 - 13h e 14h: EBM Alice Thiele - Blumenau
25/05 - 9h e 14h: Biblioteca Municipal - Gaspar

Ciclo de Oficinas Literárias: transvendo as escolas

No dia 5 de abril, das 13h30 às 17h30, ocorrerá a abertura da segunda edição do projeto Ciclo de Oficinas Literárias: transvendo as escolas, com a palestra-oficina intitulada “Infâncias: modos de inventariar”, com a escritora e jornalista Gabriela Romeu. A atividade é direcionada aos professores da rede básica de ensino da região Sul de SC.

A programação completa e as orientações para inscrição estão disponíveis na página do evento : https://www.seleifsc.com.br/outros-projetos

O “Ciclo de Oficinas Literárias: transvendo escolas” é um projeto selecionado pelo prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura – edição 2023, executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, em parceria com a secretária municipal de educação de Paulo Lopes e o Instituto Federal de Santa Catarina.

Espetáculo DerraMar – edição Rua

Será apresentado em Bombinhas nos dias 23 e 27 de março, e 6 de abril o espetáculo de dança contemporânea e literatura realizada pelo Coletivo de Artes Contempo, “DerraMar – edição Rua”. A estreia acontece no sábado, 23 de março, com duas exibições: 11h00 no Museu Comunitário Engenho do Sertão e 20h00 na Feira Cultural de Bombas. A quarta-feira, 27 de março, marca a apresentação no bairro Centro, na Feira de Artesanato Bombinhas, às 20h30, e finaliza a circulação a exibição no bairro Canto Grande, no Trapiche, às 19h30.

O espetáculo é idealizado e executado pelo Coletivo de Artes Contempo, tem duração de 45 minutos, classificação livre e as exibições são gratuitas. Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Projeto História do Tango

De abril a maio, o Vale do Itajaí recebe 10 concertos de música clássica instrumental gratuitos pelo projeto História do Tango. As apresentações são com o Duo Girardello & Pofahl, formado pelo violinista Daniele Girardello e pelo violonista William Pofahl. Acompanhe a programação pelo www.instagram.com/duogirardellopofahl.

O programa das apresentações é composto por música instrumental para violino e violão. Ao todo serão contempladas nove cidades, e todos os concertos terão entrada gratuita e serão abertos a toda comunidade com o objetivo de atingir um público eclético, de jovens e adultos, de diferentes classes econômicas e sociais. No roteiro do repertório estarão as peças de Máximo Diego Pujol (1957): Suite Buenos Aires, com três movimentos: Pompeya, Palermo e San Telmo. De Manuel de Falla (1876-1946): Canciones Populares Españolas, com canções em versão instrumental: El Paño Moruno, Asturiana, Jota, Nana e Polo. De Heitor Villa-Lobos (1887-1959): Bachianas Brasileiras nº5 – Aria, Prelúdio nº5. De Astor Piazzolla (1921-1992): História do Tango, com três movimentos: Bordel 1900, Café 1930, e Nightclub 1960. Encerrando, a apresentação conta com a peça/tango de Astor Piazzolla: Libertango.

O projeto é aprovado pelo Programa de Incentivo à Cultura (PIC) do estado de Santa Catarina, e patrocinado pela Dicave Volvo e DCondor.

PROGRAMAÇÃO GERAL

Dia 13 de abril, às 19h30
Na Igreja Martin Luther Massaranduba (R. Alberto Holtz, 421, Centro)

Dia 19 de abril, às 19h30
Na Paróquia Evangélica Luterana de Indaial (Rua Osvaldo Cruz, 98, Centro)

Dia 21 de abril, às 9h30
Na Igreja Luterana da Graça, em Ascurra (R: Indaial, 2150, bairro Estação)

Dia 26 de abril, às 19h
Na Paróquia Fortaleza, em Blumenau (R. Theodoro Pasold, 126, Fortaleza)

Dia 27 de abril, às 19h15
Na Igreja Luterana de Gaspar (Rua Frei Solano, 284, Gasparinho, Centro)

Dia 03 de maio, às 19h
No Auditório Colégio Sinodal Doutor Blumenau, em Pomerode (Av. 21 de Janeiro, 1700, Centro)

Dia 12 de maio, às 19h
No Museu da Música, em Timbó (R: Edmund Bell, 30, Dona Clara)

Dia 17 de maio, às 19h30
No Auditório IFC Brusque (Av. Hugo Schlosser, 605, Jardim Maluche)

Dia 18 de maio, às 20h
Na Paróquia São Francisco de Assis, em Rodeio (R. Barão do Rio Branco, 1140, Centro)

Dia 25 de maio, às 19h30
Na Secretaria de Cultura e Relações Institucionais de Blumenau (R. XV de Novembro, 161, Centro)

Entrada gratuita e aberta a toda comunidade
Tempo: 1h de duração

Inventário das Águas: Oficina criativa em aquarela

Criar arte a partir de um olhar aprofundado para o cotidiano. Esta é a proposta da oficina "Inventário das Águas", ministrada pelo artista visual Nestor Jr. Com inscrições gratuitas, o projeto percorrerá cinco cidades catarinenses: Blumenau, Criciúma, Laguna, Joinville e Florianópolis. O circuito propõe estimular a criatividade dos participantes por meio de exercícios pictóricos. Serão selecionadas 20 pessoas, a partir de 14 anos, para cada oficina. Inscrições em: https://bit.ly/inventariodasaguas.

De acordo com Nestor Jr, o objetivo é conduzir os alunos por um breve trajeto criativo nas proximidades do local onde a atividade ocorrerá, incentivando a observação, coleta e/ou registro de objetos, plantas e paisagens, com o intuito de produzir aquarelas a partir dessas percepções. A aquarela será o principal meio para compor um inventário visual. Não é necessário ter experiência com pintura para participar.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

PROGRAMAÇÃO:

13/abril - FURB - Blumenau
17/abril - Fundação Cultural de Criciúma - Criciúma
20/abril - Casa Izia - Laguna
27/ abril - Instituto Juarez Machado - Joinville
Serão selecionadas até 20 pessoas (a partir de 14 anos) para participar da atividade em cada uma das cidades.

Espetáculo "O Desabrochar das Flores"

O duo “Mariana e Javier” é formado por Mariana Barardi, que é musicista de orquestra (viola) desde 2000, e por Javier Venegas, que é graduado em música, canto lírico desde 2004 e trabalha também com composição e trilha sonora. Neste espetáculo "O Desabrochar das Flores", com entrada gratuita, o duo traça pontes entre as condições que possibilitam o florescer das plantas e aquilo que é necessário para nosso próprio florescer.

Por meio de canções e poesias autorais, o duo Mariana & Javier conduz o público através das reflexões que este assunto propõe: Quais são as nossas "flores"? O que as impede de desabrochar? O que precisam para brotar? Como é viver no máximo esplendor? Fica o convite para este encontro mágico e de compartilhamento mútuo!

O projeto é uma proposta selecionada pelo Edital D+ Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 - executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense de Cultura. Produção: FINARTE / Mario Marçal Jr.

Cronograma de apresentações:

24/03/2024 - 20h - Conventinho do Espírito Santo - Santo Amaro da Imperatriz
25/04/2024 - 20h - Teatro Adolpho Mello - São José

“COM-POR E EXPOR: Oficina de atuação aqui e agora”

Um curso sobre atuação teatral contemporânea que cria coletivamente um repertório crítico, “COM-POR E EXPOR: Oficina de atuação aqui e agora” acontece de 22 a 26 de abril de 2024, na Udesc, em Florianópolis. Serão cinco encontros diários para explorar as relações palco e plateia, corpo e mente, indivíduo e coletivo.

As inscrições, assim como a participação na oficina, são gratuitas. Podem participar pessoas que têm experiência em alguma das linguagens da arte, seja com a dança, música, teatro, estudantes, professores, pesquisadores, entre outros. Para inscrever-se, basta acessar até o dia 4 de abril o formulário disponível no link heylink.me/comporexpor.

As mediadoras são a atriz, diretora, professora, doutora em Artes Cênicas, Arlette Souza e Souza, e a atriz, professora de teatro, e doutoranda em Artes Cênicas, Laís Jacques Marques. Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

"A escola como espaço de investigação: mediações literárias"

Nos meses de março, abril e maio, o projeto “A escola como espaço de investigação: mediações literárias – 2ª edição” circula por cidades do Vale do Itajaí. No total serão 12 mediações literárias, gratuitas e com tradução em LIBRAS, voltadas ao público infantil de comunidades escolares descentralizadas, bibliotecas ou espaços culturais nos municípios de Blumenau, Itajaí, Canelinha, Gaspar, Indaial e Timbó. O projeto é mediado pela doutora em Educação Maria Laura Pozzobon Spengler e pela arte-educadora Deda Silveira, e tem como instrumento para leitura e fruição obras literárias dos artistas/autores catarinenses Guilherme Karsten e Nana Toledo.

Como contrapartida social, no dia 13 de maio, haverá palestra, às 19h, sobre “Palavras e imagens no livro infantil: autoria em tessitura”, com roda de conversa e participação dos autores Guilherme Karsten e Nana Toledo. E, às 20h, a palestra: “Linguagens no Livro Ilustrado: leitura (s) para além da palavra”, com a doutora em Educação Maria Laura Pozzobon Spengler. As duas ações ocorrem no Auditório da Biblioteca da FURB, Campus da FURB, em Blumenau, e contam com tradução em LIBRAS e mediações de Maria Laura Pozzobon Spengler e Deda Silveira. O projeto “A escola como espaço de investigação: mediações literárias - 2ª Edição” é realizado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, edição 2023. Acompanhe as novidades pelo www.instagram.com/entreaspas.educultura

PROGRAMAÇÃO GERAL
Projeto “A escola como espaço de investigação: mediações literárias 2ª Edição”
Dia 25 de março
Em Canelinha: no Centro Municipal Arte Educação, às 8h30 e às 13h30
Dia 29 de abril
Em Gaspar: no CDI Maria da Silva (Vovó Lica), Margem Esquerda, às 10h; no CDI Emília Theiss, em Gaspar Grande, às 13h e às 14h
Dia 13 de maio
Em Blumenau: na EBM Alice Thiele, no bairro Garcia, às 8h e às 10h
Dia 16 de maio
Em Indaial: na Casa do Professor, às 9h; e no Salão Nobre da Prefeitura de Indaial, às 14h
Em Timbó: na Escola de Artes VEM Cultural, bairro das Nações, às 19h
Dia 23 de maio
Em Itajaí: na Escola Básica Avelino Werner, bairro São Judas, às 8h30 e às 10h.

CONTRAPARTIDA SOCIAL
Dia 13 de maio, em Blumenau, no Auditório da Biblioteca da FURB, Campus da FURB
Às 19h: Palestra Palavras e imagens no livro infantil: autoria em tessitura e roda de conversa com os autores de literatura infantil Guilherme Karsten e Nana Toledo
Às 20h30: Palestra Linguagens no Livro Ilustrado: leitura (s) para além da palavra, com a doutora em Educação Maria Laura Pozzobon Spengler.

Cinema Elefante

O bairro de Ibiraquera na cidade de Imbituba ganhou um Cineclube que se destaca como uma experiência de cinema, onde o circo, a dança e as artes performativas se entrelaçam em uma jornada cinematográfica. A Casa Elefante se transformará a cada sessão em uma vivência cultural única, celebrando a magia do cinema num formato artístico e estimulando o diálogo criativo na comunidade.

Cada sessão termina e/ou inicia, com debates ou apresentações com documentação complementar às obras. Os debates podem abordar tanto aspectos de cinema quanto detalhes intrínsecos da peça apresentada como, por exemplo: música e trilha sonora, narrativas e roteiros, visuais e fotografia, técnicas de circo e acrobacia, sets e rodagens, etc.

Com 10 sessões ao ar livre (ou internas em caso de chuva), o cineclube integra projeções a debates, palestras, oficinas e rodas de conversa. Na programação, destaque a filmes que apresentam protagonistas fortes e complexos, independentemente de seu gênero. A escolha dos filmes a serem exibidos em cada sessão é feita democraticamente através de uma "URNA Eletrônica".

O projeto foi contemplado pelo Prêmio Catarinense de Cinema, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura(FCC).

Mais informações:
Website: https://cinemaelefante.wordpress.com/
Instagram: https://www.instagram.com/cinema_elefante/
Entrada Gratuita >> Cadastro: https://forms.gle/Po91NutnVLBh9Mxt8
Grupo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/DIlZBmolHqrAAbI2HS4G2L
Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Arrastão da Alegria
Data: 20/04/2024, às 18h
Concentração: Monumento dos Trabalhadores - Laguna
Início: Av. João Pinnho - Laguna
Evento de cinco horas de duração com com trio elétrico Treme Terra, tendo como apresentações DJ Juba, Rony Max e Banda Juízo Final.

Projeto Recicleide: Histórias para Registrar e Ecoar

Neste ano Recicleide celebra um quarto de século de compromisso e inspiração no cuidado com a Terra. Desde 1999, atravessa o Portal concebido pelo cientista Recicleinstein, como enviada especial de Reciclópolis, com uma missão: Defender a Vida no Planeta. A personagem de Karina Signori une artes, alegria e informações socioambientais, para ecoar a cultura ecológica e da paz, motivando cada um a assumir suas responsabilidades na construção de um mundo melhor.

O projeto de Experimentação Artística "Recicleide: Histórias para Registrar e Ecoar", tem o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura, com recursos do Governo Federal e da Lei Paulo Gustavo. A iniciativa vai experimentar diferentes formatos de textos e de ilustrações na produção de dois livros digitais gratuitos (e-book e audiobook): um sobre a história de Reciclópolis para o público infantojuvenil e outro sobre as andanças da Recicleide pelo Brasil, em 25 anos de trajetória, para educadores, pais e responsáveis.

O projeto também prevê a realização, em abril e maio, do "Desafio EcoArte Literária", aberto a todas pessoas que queiram experimentar a escrita e/ou a ilustração para expressar seu amor à vida com alegria, criatividade e consciência.

Como uma contrapartida extra, será produzido o 3º livro digital, reunindo os trabalhos, que estiverem de acordo com a iniciativa, produzidos durante o Desafio.

A participação no Desafio EcoArte Literária, individual ou em grupo, é gratuita basta preencher o formulário e entrar no grupo de whats para receber o material em PDF, vídeos, áudios e os links dos encontros online: https://forms.gle/7SpFbeJyXhSedqpK7

Mais informações: (48) 999549547, com Karina.

Projeto Volto Logo: Travessias e Travessuras da Palhaça Cachaça 

Arte, bicicleta, uma palhaça divertida, e muitas aventuras. Em abril e maio, o projeto Volto Logo: Travessias e Travessuras da Palhaça Cachaça volta a circular pelos bairros de Gaspar, com intervenções e oficinas de palhaçaria. No dia 6 de abril, a intervenção da Palhaça Cachaça em sua bicicleta ocorre na nova Associação de Pais e Amigos do Autista (AMA); e no dia 13 de abril, no bairro Santa Terezinha. Já, no dia 20 de abril, acontece a Oficina Jogos de Palhaçaria, na Capela Santa Terezinha, e no dia 27 de abril, na nova sede da AMA. No dia 11 de maio, voltam as intervenções no bairro Sertão Verde, e no dia 18 de maio no bairro Coloninha. Todas as ações são gratuitas e voltadas às respectivas comunidades, com classificação indicativa Livre.

O projeto, Volto Logo: Travessias e Travessuras da Palhaça Cachaça, é viabilizado com recursos da Lei Complementar n. 195/2022 (Lei Paulo Gustavo D+Áreas) do município de Gaspar do Chamamento Público 01-2023. Como contrapartida social, o projeto ainda prevê uma Oficina de Palhaçaria a crianças e adolescentes autistas na Associação de Pais e Amigos do Autista de Gaspar (AMA), espaço voltado à inclusão social e acessibilidade; e outra na Capela Santa Terezinha, bairro Santa Terezinha. 

PROGRAMAÇÃO
Circulação do Projeto Volto Logo: Travessias e Travessuras da Palhaça Cachaça (continuidade), em Gaspar
Dia 13 de abril: Intervenção no bairro Santa Terezinha, às 15h30 (saída Capela Santa Terezinha)
Dia 20 de abril: Oficina Jogos de Palhaçaria, na Capela Santa Terezinha, das 14h às 16h
Dia 27 de abril: Oficina Jogos de Palhaçaria, na nova sede da Associação de Pais e Amigos do Autista (AMA), na Rua Joinville, às 14h (ação fechada para o público da AMA)
Dia 11 de maio: Intervenção no Bairro Sertão Verde, às 14h (saída Rua das Palmeiras)
Dia 18 de maio: Intervenção no Bairro Coloninha, às 14h (saída Rua Frei Canísio)
Todas as ações são gratuitas e voltadas às respectivas comunidades
Classificação indicativa: Livre.

*Em caso de chuva, as intervenções serão adiadas e novas datas anunciadas nas redes sociais do projeto

Peça de teatro "O Espectador Condenado à Morte"

“Senhoras e Senhores, há um criminoso entre nós!”, anuncia o Procurador. Nesta comédia impetuosa e de humor ácido, a acusação toma conta do palco e aponta, ao acaso, um culpado ao acaso. Acusado de que? De calar-se. Mas aos poucos, cada vez mais solitários diante de si mesmos, o tribunal e as testemunhas vão da acusação à autocrítica: todo mundo é culpado quando a justiça é uma farsa.

Onde e Quando -
Dias 20 e 21 de abril, no Teatro da Ubro, 19h
Dias 27 e 28 de abril, no Sesc Prainha - Florianópolis, 19h
Quanto - Gratuito, com retirada de ingressos uma hora antes 

 

Oficina "Sentindo o Teatro de Bonecos: Um curso inclusivo para pessoas com deficiência visual" 

O Produtor Cultural Marcio Augusto Castro e o renomado Bonequeiro Pedro Boneco Dias se unem para realizar a emocionante oficina "Sentindo o Teatro de Bonecos: Um curso inclusivo para pessoas com deficiência visual". Com início em Março de 2024, esta oficina proporciona uma oportunidade artística e socialmente relevante para pessoas com deficiência visual. Do ponto de vista artístico, o curso permite explorar uma forma de expressão teatral diferenciada através do teatro de bonecos. Utilizando bonecos como personagens principais, essa forma de arte permite narrativas únicas e oferece uma experiência teatral verdadeiramente memorável. A oficina amplia a diversidade de experiências artísticas ao proporcionar acesso às artes cênicas para pessoas com deficiência visual, permitindo que elas se expressem e criem utilizando as técnicas do teatro de bonecos. Além dos benefícios artísticos, a oficina também promove a inclusão social. Ao oferecer um curso específico para pessoas com deficiência visual, reconhecemos e valorizamos suas capacidades, proporcionando uma oportunidade única para que elas se tornem atores, criadores e colaboradores ativos na sociedade. É uma oportunidade de reconhecimento do talento e da criatividade dessas pessoas, demonstrando que elas desempenham um papel importante no campo das artes. A oficina cria um ambiente inclusivo e seguro, incentivando a troca de experiências entre os participantes e fomentando a empatia e o entendimento mútuo. A oficina "Sentindo o Teatro de Bonecos: Um curso inclusivo para pessoas com deficiência visual" será realizada nos meses de Março e Abril de 2024 em Blumenau na ACEVALI - Associação dos Cegos do Vale do Itajaí, que possui toda a estrutura necessária para receber esse projeto inovador. A iniciativa conta com o patrocínio do Governo Federal e do Estado de Santa Catarina, através da Lei Paulo Gustavo, e está prevista para iniciar em março de 2024.

Esta oficina é uma oportunidade única para pessoas com deficiência visual explorarem sua criatividade, expressarem-se através do teatro de bonecos e serem reconhecidas como artistas talentosos.

Para mais informações com Marcio Castro pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (watts) (47)99993-7383.

Mostra de Repertório da Cia Artística Cobaia Cênica

O projeto Mostra de Repertório da Cia Artística Cobaia Cênica levará aos palcos espetáculos autorais em sessões gratuitas, além de promover rodas de conversa com o público e apresentações descentralizadas em bairros da cidade de Rio do Sul. O projeto da Cobaia Cênica é uma proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

A mostra coloca em cartaz quatro obras que serão encenadas em quatro datas no Teatro Domingos Venturini, na Fundação Cultural de Rio do Sul: Benjamim - filho da felicidade (15/03) , O que só passarinho entende (16/04), Donos da Rua (03/05) e Rio Bernunça (12/06). Foi escolhido esse repertório por se tratarem de espetáculos acessíveis que atraem o público já interessado em teatro ao mesmo tempo que promovem a formação de plateia. As obras possuem tanto a linguagem coloquial e de fácil compreensão, como aquela mais poética e simbólica, variando entre cenas divertidas e sensíveis.

Como contrapartida do projeto, a Cobaia Cênica apresenta quatro sessões da contação de histórias Meu Sabiá e da série Histórias que visitam – para jardins, varandas, janelas e quintais. A proposta é levar o teatro para os bairros da cidade e para um público que tem pouco acesso à arte. Histórias que visitam... foi criada para chegar a locais mesmo onde não exista estrutura cênica mínima. É uma contação apresentada de forma intimista para que o espectador se sinta dentro da história.

Programação:

16/04 - O que só passarinho entende
03/05 - Donos da Rua
12/06 - Rio Bernunça

Local: Teatro Domingos Venturini - Fundação Cultural de Rio do Sul (Rua Ruy Barbosa, 204 - bairro Budag - Rio do Sul)
Entrada gratuita
Detalhes: www.cobaiacenica.com.br / @cobaiacenica

Exposição “Cicatrizes – Pequenas Colunas de Mulheres Que Não Mais Se Permitem a Ferida”, da ceramista Diomedes Niebuhr
Quando: estreia oficial, 12 de março (terça-feira) até 12 de abril (sexta-feira)
Onde: Galeria de Arte Victor Kursancew, anexa a Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior - Rua Dona Francisca, 800 - Saguaçu - Joinville - SC
Horário: segunda a sexta, das 10h às 16h.
Quanto: entrada gratuita

O projeto cultural é realizado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023. Diomedes vem numa crescente criativa, tendo sempre a mulher como fonte de inspiração, principalmente, ao enfrentamento que a mesma faz, através dos tempos, para o empoderamento. A exposição conta com expografia de Soraia Silva e textos poéticos do escritor integrante da Academia Joinvilense e Letras, Marinaldo de Silva e Silva e produção da Capital Criativo.

A exposição é interativa e reflexiva, com apontamentos muito contemporâneos e urgentes em relação a posição e a importância da mulher como núcleo vital na sociedade, traçando um olhar reflexivo e motivacional sobre o envelhecimento e seus limites físicos e criativos por meio de sua criadora. A 9ª exposição da ceramista é composta por 20 esculturas que apresentam, tanto por meio delas quanto de poemas escritos a partir delas, reflexões sobre as diferentes cicatrizes que permeiam a trajetória feminina. O público poderá fazer uma imersão nas obras expostas, com elementos táteis para a personificação de suas próprias dores, além de papéis que, escritos pelos mesmos e deixados numa urna chamada de “Caixa das Cicatrizes”, passando a fazer parte de todo o contexto expográfico para a produção de uma nova obra a ser feita, in loco, pela artista, no último dia em que ficará em cartaz, a artista irá queimar os escritos e com suas cinzas, misturada à argila, surgirá uma escultura que será doada para centro expositivo.

Como contrapartida social, a artista visitará cinco ancionatos/lares de idosos, situados em diferentes cidades do norte de Santa Catarina, levando pedaços de argila, trabalhando, principalmente com as mulheres que estão alojadas nesses espaços, anciãs que, com a mesma idade da artista, inclusive, não tiveram a sorte de manterem suas relações sociais com a mesma liberdade. Nesses encontros, Diomedes Niebuhr ensinará técnicas simples de moldagem, buscando fazer com que esse processo seja terapêutico, e afetivo.

CRONOGRAMA EXPOSIÇÕES

19 de abril (sexta-feira) até 17 de maio (sexta-feira)
Casa da Cultura Municipal Nesia Melo da Silveira – São José

23 de maio (quarta-feira) até 11 de junho (terça-feira)
Espaço Toque de Arte – Galeria de Arte da Universidade do Extremo Sul Catarinense UNESC

Projeto Alegria é Remédio - Oficinas de Introdução à Palhaçaria

O projeto Alegria é Remédio - Oficinas de Introdução à Palhaçaria (Chapecó) vai oportunizar formação gratuita para os interessados. As inscrições estão abertas até o dia 7 de abril e, para participar, basta ter mais de 18 anos e preencher o formulário disponível no site http://oblogdapalhacabarrica.blogspot.com e nas redes sociais da @palhacabarrica. Idealizado pela atriz e palhaça, Michelle Silveira da Silva, a Palhaça Barrica, o projeto será dividido em quatro etapas. A primeira será a Oficina de Introdução à Palhaçaria no hospital, que contará com duas turmas, nos dias 20 e 21 de abril. A etapa seguinte será a Oficina de Iniciação à Palhaçaria, aberta para os alunos da primeira oficina que tiverem interesse em seguir na formação. Da mesma forma, os participantes poderão seguir ainda para mais uma oficina, que terá como tema a Criação para Hospitais. A última fase da formação será para que os alunos coloquem em prática tudo o que aprenderam durante as oficinas: eles visitarão quatro Unidades de Saúde do município, realizando intervenções artísticas com o acompanhamento da professora.

Curso de Formação em Teatro Fórum

Uma iniciativa pioneira chega ao sertão catarinense, trazendo uma nova perspectiva sobre o teatro e seu poder de transformação social. O curso de Formação em Teatro Fórum, inspirado na metodologia do Teatro do Oprimido de Augusto Boal, é uma proposta cultural realizada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura [FCC], por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023. Este projeto gratuito visa envolver a comunidade local e estadual em uma experiência imersiva que utiliza o teatro como ferramenta para dialogar sobre questões sociais urgentes, como racismo, LGBTfobia, violência contra a mulher, entre outros, por meio da estética da resistência. 

Realizado em Caçador, SC, o curso tem duração de 80 horas e é dividido em quatro encontros presenciais e sessões online. Os participantes serão orientados por facilitadores renomados, que compartilharão suas décadas de experiência com a metodologia do Teatro do Oprimido. 

Datas Importantes: 

1º Encontro: 06 e 07 de Abril 

2º Encontro: 04 e 05 de Maio 

3º Encontro: 01 e 02 de Junho 

4º Encontro: 15 e 16 de Junho

Sessões Online: 01 e 29 de Abril, 13 de Maio, 24 de Junho às 20h

As inscrições e mais informações podem ser encontradas no site: teatroforumsc.com.br ou no Instagram: @teatroforum. 

Oficinas gratuitas de música com o grupo I Pargoleti
O grupo I Pargoleti, de Nova Trento, promove quatro oficinas para formação de músicos. A proposta foi viabilizada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura como objetivo de criar novos grupos para as serenatas de natal. Consiste em aulas de música nas quais os participantes irão aprender o repertório natalino cantado em dialeto italiano. Nas oficinas, o participante irá receber uma apostila com informações detalhadas de cada canção, além de partituras, letras, ritmos, links para vídeos. Irá aprender como cantar e tocar as canções com os membros do I Pargoleti. As oficinas serão ministradas na escola de música de Alan Facchini nos dias 01, 08, 15 e 22 de abril, das 20h às 22 horas. As vagas são limitadas e os interessados devem fazer a inscrição pelo WhatsApp: 48 99133 8983.

Espetáculo Vozes e Memória

Criado em 2023, o espetáculo teatral “Vozes e Memória” traz em seu roteiro um recorte de pesquisas e entrevistas gravadas com moradores antigos nas cidades de Brusque e da região, e desvela memórias das paisagens, heranças culturais, costumes e causos locais. A montagem tem caráter de contação de histórias pois, nela, a oralidade faz-se principal fonte e linguagem apresentada para guardar e compartilhar essas narrativas tão simples, no entanto preciosas e reveladoras, temas que se refletem universais em contato com o público.

Para o projeto aprovado na Lei Paulo Gustavo da Fundação Catarinense de Cultura, será realizada uma pequena circulação da peça, nas cidades de Joinville, Blumenau, Itajaí e Brusque, com recurso de audiodescrição aberta. Esta é uma medida de acessibilidade que visa atender o público com deficiência visual. Assim, todos os elementos cênicos, figurinos, atores e movimentações serão descritos oralmente, a fim de fornecer informações para a construção de imagens e compreensão do roteiro. Feito de forma aberta para todo o público que estiver presente, a ação também busca alcançar pessoas videntes que queiram conhecer o recurso e ter esta experiência inclusiva. As apresentações serão realizadas em parceria com as associações de deficientes visuais destas cidades e tem entrada franca. 

A peça “Vozes e Memórias” traz no elenco os atores Patricia Souza, Lieza Neves e Emiliano de Souza e nasceu da necessidade em se preservar e celebrar o Patrimônio Imaterial presente nas memórias e experiências dos moradores antigos. A iniciativa promove uma experiência enriquecedora, imersiva e autêntica, que valoriza e celebra a riqueza cultural que não pode ser tocada, mas que está profundamente enraizada nas vivências humanas. A peça tem classificação livre, mas é indicada para público adulto. 

Programação: 

ABRIL
Brusque - dia 11, às 19h na Fundação Cultural de Brusque (Rua Pref. Germano Schaeffer, 110 - Centro)
Itajaí - dia 18 (duas sessões: 10h e 15h) na Sede da ADVIR (Rua Joaquim José de Freitas, 41 - São João)

Mais informações e contato:  @vozesememoria  / www.vozesememoria.com

Palavra Percussiva
Nos meses de março e abril o Consonante Duo apresenta o recital “Palavra Percussiva” por meio de projeto aprovado no Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura. O espetáculo é formado por poemas declamados combinados com instrumentos percussivos, para público adulto, com 50 minutos de duração, entrada gratuita e intérprete de Libras.

Programação:

ABRIL:
Dia 6 - 19h - Teatro Camarim (R. Profa. Antonieta de Barros, 976 - Canto)
Dia 10 - 19h - Teatro Sesc Prainha (Tv. Siríaco Atherino, 100 - Centro)

Mais informações e contato: @consonanteduo / https://casulo21.com/artista/consonanteduo/

 

Festival Cultural da Bilica
Local: Servidão Olindina Maria Lopes, 301 [Sede da Amareias] - Florianópolis
Quando: 16/03; 27/04; 11/05; 22/06 [Sábados]
Horário: das 13h30 às 17h30

Vem aí o Festival Cultural da Bilica na Biblioteca Livre do Campeche, na comunidade Areias (Bairro Campeche). O Festival é produzido pela Cia Mafagafos e marca a reinauguração da Biblioteca, agora em novo endereço. Serão quatro eventos com uma programação para todas as idades. Dentre as atividades, haverá mediação de leitura, cadastro de leitores, empréstimo de livros, oficinas, brincadeiras e espetáculos de contação de histórias. Serão vários artistas reunidos nessa grande festa! Os eventos acontecerão nas tardes de sábado, dias 16 de março, 27 de abril, 11 de maio e 22 de junho. Acompanhe a programação no instagram da Biblioteca Livre do Campeche: @biblioteca_bilica.

Espetáculo de Musicalização Infantil "Primeiros Passos, Primeira Notas"

A peça apresenta de forma lúdica canções e conceitos musicais com objetivo de entreter e despertar a sensibilização das crianças pela arte em especial a música, contribuindo para o processo de formação cultural. Oferece conhecimentos dos ritmos e elementos da música e do som, auxiliando no desenvolvimento das habilidades cognitivas e contribuindo para a melhoria dos processos de aprendizagem.

Relação dos CEIs – Centros de Educação Infantil de Itajaí a serem contemplados com o projeto: “Primeiros Passos, Primeiras Notas”

 

NOME DO CEI 

ENDEREÇO 

Data da 

Apresentação 

Horário

1. 

CEI Ângela Dias Ramos Neves 

Rua Antônio Dutra, 35 – Bairro São Vicente 

11 / 03/ 2024 

8h 30

2. 

CEI Anninha Linhares de Miranda 

Rua Antônio Peirão, 26 – Bairro: São Vicente 

18 / 03/ 2024 

8h 30

3. 

CEI Antônio João Vicente 

Rua Chapecó, 885 – Bairro São Vicente 

25 / 03/ 2024 

9h

4. 

CEI Darlan Dotto Wiersinski 

Rua Paulo Kleis Junor, 178 – Bairro São Vicente 

01 / 04/ 2024 

9h

5. 

CEI Hercílio Bento 

Rua São Francisco do Sul, 701 – Bairro São Vicente (Bambuzal)

08 / 04/ 2024 

8h 30

6. 

CEI João Victorino 

Av. Nilo Bittencourt, 1390 – Bairro São Vicente 

15 / 04/ 2024 

8h 40

7. 

CEI Leonidia dos Santos Vicente 

Rua São Joaquim, 212 – Bairro São vicente 

22 / 04/ 2024 

9h

8. 

CEI Padre Jacob 

Rua Antônio Carlos Pereira, 500 – Bairro São Vicente

29 / 04/ 2024 

9h 30

9. 

CEI Profª Carine de Souza Balduíno 

Rua Padre Paulo Condla – Bairro São Vicente 

06 / 05/ 2024 

8h 30

10. 

CEI Tancredo Neves 

Rua Rui Vieira, 423 – Bairro São Vicente 

13 / 05/ 2024 

9h

11. 

CEI Vereador Elói Camilo da Costa 

Rua Alice dos Santos Bittencourt – Bairro São Vicente

20 / 05/ 2024 

9h

12. 

CEI Antonieta Moreira dos Santos 

Rua Manoel Gaya, 67 – Bairro Barra do Rio 

27 / 05/ 2024 

9h

13. 

CEI Elizabeth Malburg 

Rua David Adão Schmidt – Bairro Barra do Rio 

03 / 06/ 2024 

8h 15

14. 

CEI Laécio Mauro Malburg 

Rua Curt Hering. 225 – Bairro Barra do Rio 

10 / 06/ 2024 

9h

15. 

CEI Léa Leal de Souza 

Rua Curt Hering, 387 – Bairro Barra do Rio 

17 / 06/ 2024 

9h 30

16. 

CEI Márcio Roberto da Rosa 

Rua Albinno Gugelmin, 519 – Bairro Barra do Rio 

24 / 06/ 2024 

9h

 

Projeto Capoeira Beribazu
O projeto consiste em realizar formação cultural afro-brasileira por meio de Oficina de Capoeira, com duração de quatro meses, na Casa do Hip Hop de Criciúma, situada em comunidade periférica de Criciúma (SC), atendendo crianças, adolescentes e jovens (multiplicadores culturais), de forma aberta e gratuita.

A proposta pretende atender aproximadamente 30 participantes, e as aulas acontecerão três vezes por semana, com duração de 60 minutos. Para concluir a formação cultural, será realizado o V INTERCAB – Intercâmbio de Capoeira Beribazu, oportunizando os participantes para fazerem a “Troca de Cordas”. Na ocasião, será executada uma roda de conversa com tema “Saberes e Fazeres da Capoeira: História e Resistência Cultural”, em formato híbrido, transmitido pelo Instagram da Casa do Hip Hop de Criciúma.

Como contrapartida social, serão realizadas duas oficinas abertas e gratuitas na Sede da ASDC – Associação Dança Criciúma (comunidade da Vila Zuleima) e no Centro de Treinamento UDR Crew (comunidade de Imperatriz).

Mais informações: https://www.instagram.com/capoeira_beribazu_criciuma/

Curso de Cerâmica Utilitária 
O curso de Cerâmica Utilitária tem como objetivo a criação de peças utilitárias a partir das técnicas fundamentais de modelagem cerâmica. Os participantes poderão explorar a formação de vasos e recipientes. O curso aborda propriedades da argila, aplicação de engobes coloridos, polimento e acabamento das peças. Além disso, os alunos aprenderão sobre a utilização do torno elétrico para modelagem, técnicas de esmaltação, tipos de queimas e modelagem de potes através da técnica do pinch pot/belisco. Ao final do curso, os participantes terão adquirido habilidades para criar peças cerâmicas utilitárias, compreendendo tanto os aspectos técnicos quanto criativos desse processo. As aulas serão realizadas na Associação de Mulheres Empoderadas do Monte Cristo (Florianópolis).

Cronograma:
Aula 1: 21/03
Aula 2: 04/04
Aula 3: 11/04
Aula 4: 18/04
Aula 5: 25/04
Aula 6: 02/05
Aula 7: 16/05
Aula 8: 23/05
Ao final do curso será realizada uma feira, com datas a serem combinadas com as alunas e a AMMO.

Tour Virtual da exposição "Tempo e Obra: Marcas e Memórias"

Está disponível on-line o Tour Virtual da exposição "Tempo e Obra: Marcas e Memórias" pelo canal do YouTube, no qual obras do acervo do Museu de Arte de Blumenau (MAB) voltam a ser prestigiadas pela comunidade após restauro, troca de chassis e molduras. Acesse https://bit.ly/tourvirtualETOMMmab.

A exposição Tempo e Obra: Marcas e Memórias contempla 28 obras do acervo do Museu de Arte de Blumenau (MAB), dos artistas: Alexandre Jacovleff (1887-1938), Alexandre Lenard (1910-1972); Berta Steielein (1903-1967); Franz Richard Becker (1879-1952); Hannelore Klomfass (1932); Hanns Augsburger; Hans Steiner (1910-1974); Heinrich Graf (1859-1934); Johannes Janzen (1883-1964); Klaus Klinger; Lisier; Orlando Ferreira De Melo (1922-2004); Paul Hering (1861-1942); Renate Rohkohl Dietrich (1918-1997); Rita Schwabe (1928-2012); Terezinha Barreto; Ubirajara; além de uma obra anônima e outra autor desconhecido, representativas do final do século XIX e meados do Século XX, que migraram do Museu da Família Colonial para o Museu de Arte de Blumenau, bem como de obras recebidas em doação, que necessitavam de ações preventivas e saneadoras.

O Projeto Restauração - Troca de Chassis e Molduras de Obras do Acervo do Museu de Arte de Blumenau (MAB), de autoria do artista plástico, historiador, pesquisador e membro do Conselho Consultivo do MAB, Arian Grasmuk, é contemplado com o prêmio Museus/Patrimônio e Paisagem Cultural do Edital Elisabete Anderle - Edição 2022.

Projeto Música para Todos

Projeto  com quatro apresentações  da Sociedade Musical Carlos Gomes, de Laguna, com duração de uma hora cada, num total de quatro horas. Com um repertório que vai de dobrados a populares, será realizado em três praças e em uma escola pública de bairros de Laguna: uma apresentação na Praça São Sebastião, no interior Ponta da Barra (dia 13.04, 20h); uma na Praça Vidal Ramos no Centro Histórico (dia 12.05, 16h), onde acontece a Feira Livre, e duas retretas no bairro do Magalhães, sendo uma na Praça Polidoro Santiago e outra, na Escola Ana Gondin (dias 27.04, 20h e 24.05, 20h). 

Mural em Escavação - Por Nossas Mãos
Data: de 1º a 07/05/2024, das 8h30 às 17h
Local: Rua Antônio Morandi, 925 D, bairro Efapi - Chapecó.
Após a finalização, o Mural ficará em exposição de 08/05/2024 a 08/05/2025.

O projeto é uma intervenção em mural, que tem como inspiração as comunidades rurais, agrícolas e do agronegócio de Chapecó; a pintura "Criação de Adão", de Michelangelo; a técnica de trabalho de murais do artista Vhils, Gustavo Maciel; e os trabalhos em relevo de escultores do mundo todo.

A importância do projeto está na valorização do trabalhador rural, e na localização específica do mural que dá visibilidade para a instalação da arte: uma rua com passagem de saída de caminhões, de colheitadeira, moradores, de ônibus escolar da zona rural, e fluxo constante de ciclistas, trilhas de moto, cavalgadas, sendo uma das duas únicas saídas da zona rural da linha cabeceira da divisa para entrada no bairro Efapi.

Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Palestra "Princípios da regulagem dos instrumentos de corda"
Data: 04/05/2024, às 17h
Local: Haôma Baixo Centro - Avenida Hercílio Luz, 455 - Centro - Florianópolis
Ingressos gratuitos, com retirada no site da Sympla https://www.sympla.com.br/encontros-interculturais-principio-da-regulagem-dos-instrumentos-de-corda--leonardo-daniel__2381717
Sobre: A palestra ‘Princípios da regulagem dos instrumentos de corda’, com o músico e produtor Leonardo Daniel, terá didática e imersiva, voltada a todos os públicos. Leonardo Daniel Baldissera Souza traz o conteúdo voltado à guitarra, violão e contrabaixo, explicando as estruturas que compõem esses instrumentos: desde a concepção até o resultado sonoro.
Medida de acessibilidade: Abafadores TEA e mediador atitudinal.
Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Encontros Interculturais: Da ilha de Cabo Verde a Ilha da Magia "A alma do Homem do Litoral Nilêra".
Data: 04/05/2024, às 20h.
Ingressos gratuitos, com retirada no site da Sympla https://www.sympla.com.br/encontros-interculturais-da-ilha-de-cabo-verde-a-ilha-da-magia-a-alma-do-homem-do-litoral-nilera__2380791.
Sobre: Uma série de eventos que prometem unir duas ilhas distantes por meio da música e da troca de experiências culturais. Entre as atrações musicais destaca-se Nilêra, cancioneiro que traz a essência da Ilha de Santa Catarina, apresentando o show "A Alma do Homem do Litoral". O evento contará com uma experiência de imersão inclusiva para pessoas com necessidades especiais: visual, auditiva, intelectual e transtorno do espectro autista. Para isso, haverá abafadores de ruídos e um mediador atitudinal. E rampa para cadeirantes acesso ao 1°andar, onde ocorrerá a transmissão simultânea do evento.
Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Espetáculo teatral "Contos e Cantos do Contestado"
Datas: 04/06/2024, às 19h45 / 05/06/2024, às 8h15 e 14h / 06/06/2024, às 14h e 19h45
Local: Teatro Municipal Maria Luiza de Matos - Concórdia
Ingressos gratuitos disponíveis no Centro Cultural de Concórdia, de segunda a sexta-feira ,das 7h às 19h.
Classificação indicativa: 12 anos
Acessível em Libras
Agendamentos para grupos: (49) 99156-7373

O espetáculo “Contos e cantos do Contestado” narra fatos marcantes da Guerra do Contestado (1912-1916), o maior conflito armado do país, na região fronteiriça dos estados do Paraná e Santa Catarina. Os caboclos, liderados por líderes messiânicos, como João Maria, organizaram-se em uma resistência armada contra as forças do governo e das elites locais. A guerra foi marcada por batalhas sangrentas, massacres e forte repressão estatal, resultando em milhares de mortes.

A montagem da peça é um convite ao reconhecimento da história que é símbolo da resistência dos caboclos ao domínio e exploração nas terras contestadas.

Projeto selecionado pela Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 - executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense de Cultura.

Ficha técnica:
Direção, texto e figurinos: Renata Gaertner
Fragmentos dos poemas de Euclides José Felippe
Elenco: Artêmio Filho, Fátima Vesaro, Flávia Peruzzo, Gilvoney Maziero, Meire Rosa, Lariessa da Campo, Silvana Peruzzo, Vânia Peruzzo
Desenho de Luz: Ademir Paulo Klein
Músicas: Júlio Gomes
Adereços Cênicos: Ademir Paulo Klein, Gilliard William Lunkes, Júlio Gomes, Lariessa da Campo, Meire Rosa
Operação de Som: Renata Peruzzo Petry