FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Dentro das propostas previstas no Projeto Plano Museológico do Museu da Infância, da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), está a realização de 20 mediações em 20 escolas públicas de forma presencial ou a distância, por meio de plataformas digitais. Nesta semana, o grupo completou a 14ª atividade em ambiente escolar em escolas públicas da região levando a cultura da Universidade para a sala de aula. A ação é realizada com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura / Patrimônio Cultural, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) em 2019.

Outra ação proposta no Projeto para dialogar com o público é a produção de material educativo a ser disponibilizado para as escolas que participaram das mediações. Já a terceira ação, elencada em função da pandemia de Covid-19, é a elaboração de uma exposição itinerante com banners sobre a história do museu e do seu acervo, para circular nas escolas.

Conforme a coordenadora do Museu da Infância Unesc, Amalhene Baesso Reddig, objetivo geral do espaço é contribuir para ampliação de repertório artístico-cultural de crianças e adultos, na reformulação dos processos de formação de professores, nos projetos de ação pedagógica das escolas e demais instâncias culturais, dando subsídios para pesquisadores da infância e para políticas públicas de educação e de acesso à cultura. “Nosso Museu possibilita o acesso ao acervo e material científico relacionado da cultura da, sobre e para a infância, envolvendo a escola, a academia e a sociedade numa ação conjunta”, destaca.

(*Com informações da assessoria de imprensa do projeto)