FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Nesta quarta-feira (27), por meio de uma reunião virtual, os integrantes da Comissão Estadual Comemorativa ao Bicentenário de nascimento de Anita Garibaldi puderam discutir propostas para as comemorações ao longo de 2021. O objetivo comum é implementar um calendário de eventos e ações que marcarão a data.

Ficou determinado que as prefeituras e demais órgãos e entidades deverão informar suas propostas de programação até o próximos dia 15 de fevereiro. 

Estavam presentes Ana Lúcia Coutinho, presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Adílcio Cadorin, presidente do Instituto Anita Garibaldi, Salvatore Di Venezia Consul da Itália em Curitiba, Lélia Pereira Nunes e Maria Tereza Piacentin, representantes da Academia Catarinense de Letras, Nelma Baldin, do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, Adelson André Bruggemann, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Alessandra Carioni, do CIB/SC, Ariane Emí Nakamura, representando a Santur, Raquel Santi e Luiz Nilton Correa, da Fundação Catarinense de Cultura, Deputado Coronel Luiz Armando e sua assessora Mélani Schmidt, Vanere Almeida da Rocha Pires e Cristian Pavanti Soares, da Fundação Lagunense de Cultura, Cheile Sutil, representando o prefeito João Cidinei e a secretária Enia Schuermann, do município de Anita Garibaldi.

Para 2021, o objetivo da FCC é organizar um seminário internacional (a ser realizado em agosto), promover uma exposição sobre a história de Anita Garibaldi no Museu Histórico de Santa Catarina (em março) e executar, em parceria com outros órgãos, um concurso cultural em escolas públicas catarinenses, além de incluir o tema em atividades didáticas da própria FCC. Em breve será lançado o livro Uma Rosa para Anita, realizado em parceria com o Instituto CulturAnita, de Laguna, Assembleia Legislativa e instituições italianas.

Ações já realizadas

Após a oficialização da Comissão Estadual, em 2019, foram realizadas diversas reuniões para tratar do tema com as entidades e municípios envolvidos. Naquele ano, no mês de agosto, ocorreu o plantio de mudas da Rosa de Anita em três cidades catarinenses, contando com a presença de uma comitiva italiana e uma representante do Uruguai. Tubarão, Laguna e Imbituba receberam mudas da flor desenvolvida na Itália, especialmente para marcar o bicentenário do nascimento da catarinense. Antes disso, a FCC participou de videoconferência para lançar as comemorações e estreitar relações com a Itália.

Em fevereiro de 2020, pouco antes da pandemia, foi feito o plantio da Rosa de Anita em outras cidades contando, inclusive, com a presença de Annita Garibaldi, bisneta de Giuseppe e Anita Garibaldi. Na ocasião, a flor foi plantada em Lages, Anita Garibaldi, Curitibanos e Garopaba, além do jardim do Museu Histórico de Santa Catarina, na capital.

Em agosto de 2020, de forma virtual devido à pandemia, foi realizado o evento Rumo ao Bicentenário de Anita, com o lançamento da quinta edição do livro “Anita: a guerreira das Repúblicas e da Liberdade”, de autoria de Adílcio Cadorin (Instituto CulturAnita), viabilizado com recursos do Prêmio Elisabete Anderle. Em novembro o Bicentenário de Anita Garibaldi foi inserido no XXV Congresso Internacional de Antropologia da Iberoamerica. Ainda em 2020 a Escolinha de Arte da FCC elaborou atividade educativa sobre a Rosa de Anita.

A comissão estadual é composta por diversos órgãos estaduais como Secretaria de Assuntos Internacionais, Secretaria de Educação, Casa Civil, Santur, Instituto CulturAnita, prefeituras e entidades públicas e privadas, com coordenação da FCC. Na Itália, os parceiros são Museu e Biblioteca Renzi, Instituto Garibaldi Da Vinci e Associação Nacional dos Veteranos Garibaldinos.