FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

O Museu Etnográfico Casa dos Açores, administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) em Biguaçu, na Grande Florianópolis, segue até o fim de setembro com a exposição Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina. A mostra é realizada pela coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina da Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), instituição responsável pela gestão e manutenção das fortalezas da Baía Norte. 
 
A exposição é composta por fotografias e maquetes das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa. Réplicas de canhão e trajes militares e civis do século XVIII, além de sete painéis com textos, mapas e imagens sobre o tema completam o acervo. 
 
Serviço:
O quê: Exposição itinerante Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina
Onde: Museu Etnográfico Casa dos Açores
BR-101, km 189, sentido sul - Balneário de São Miguel - Biguaçu
Quando: visitação até 30 de setembro de 2017 - de terça a domingo, das 8h às 12h e das 13h às 17h. 
Entrada gratuita
Mais Informações: (48) 3665-6195 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Com a proximidade das festas de fim de ano e do recesso do Governo do Estado, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) informa os horários de atendimento ao públido do Museu Etnográfico Casa dos Açores.
 
Museu Etnográfico Casa dos Açores
Dias 24 e 25/12/2016fechado.
De 26 a 30/12/2016: atendimento em horário normal (ver abaixo).
Dias 31/12/2016 e 01/01/2017: fechado.
A partir de 02/01/2017: aberto em horário normal (ver abaixo).
* Os serviços administrativos não serão realizados de 22 de dezembro a 08 de janeiro.
Localização: BR-101, km 189 – Balneário São Miguel – Biguaçu
Horário de atendimento: de terça a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Sábados e domingos, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h.
Contato: (48) 3665-6195

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Após itinerar por Garopaba, está de volta ao Museu Etnográfico Casa dos Açores, espaço administrado pela Fundação Catarinense de Cultura em Biguaçu, a exposição Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina. A mostra, que ficará no local até 31 de março de 2017, é realizada pela coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina da Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), instituição responsável pela gestão e manutenção das fortalezas da Baía Norte. 
 
A exposição é composta por fotografias e maquetes das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa. Réplicas de canhão e trajes militares e civis do século XVIII, além de sete painéis com textos, mapas e imagens sobre o tema completam o acervo. 
 
Serviço:
O quê: Exposição itinerante Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina
Onde: Museu Etnográfico Casa dos Açores
BR-101, km 189, sentido sul - Balneário de São Miguel - Biguaçu
Quando: visitação até 31 de março de 2017 - de terça a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Sábados e domingos, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h.
Entrada gratuita
Mais Informações: (48) 3665-6195 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

O Museu Etnográfico Casa dos Açores, localizado em Biguaçu e administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), órgão vinculado à Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), apresenta a exposição itinerante “Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina”, com entrada gratuita. 
 
A mostra, aberta à visitação desde o dia 29 de março, é composta por fotografias e maquetes das fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, Santo Antônio de Ratones e São José da Ponta Grossa, réplicas de canhão e trajes militares e civis do século XVIII, além de sete painéis com textos, mapas e imagens sobre o tema.
 
A exposição é uma realização do Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina da Secretaria de Cultura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), instituição responsável pela gestão e manutenção das fortalezas do estado, e conta com o apoio da Fundação Catarinense de Cultura. 
 
Clique aqui para obter mais informações sobre o Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina.
 
Outras informações sobre as fortalezas mantidas pela UFSC estão disponíveis na página do Projeto Fortalezas (clique aqui).
 
Serviço:
O quê: Exposição itinerante "Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina"
Onde: Museu Etnográfico Casa dos Açores, BR 101, Km 189, sentido sul, São Miguel, Biguaçu, Santa Catarina, Brasil
Quando: visitação até 31 de maio de 2016 - de terça-feira a domingo, das 8h às 12h e das 13hàs 17h, 
Entrada gratuita
Mais Informações: (48) 3665-6195 ou pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

O Museu Etnográfico Casa dos Açores, espaço administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) em Biguaçu, receberá de 7 de abril a 5 de junho a exposição de peças e utensílios feitos em barro e argila pelo oleiro Lourival Medeiros. A mostra fica aberta à visitação gratuita de terça a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h; sábados e domingos, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h.
 
A exposição contará com cerca de 40 peças e utensílios feitos em barro e argila. O ofício da olaria é uma tradição herdada dos imigrantes açorianos, que colonizaram o litoral catarinense e tiveram grande influência na região onde está localizado o Museu Etnográfico, indo ao encontro da temática deste espaço. 
 
Sobre Lourival Medeiros*
 
Foi depois que a olaria estava em uma fase mais moderna, que Val, como é conhecido, começou a ter intimidade com a tradição. Apesar da convivência com o pai, vendia as cerâmicas em Florianópolis, e o tio, que não era oleiro mas tinha olaria porque trabalhava com isso, a vontade de trabalhar com a argila despertou somente aos 40 anos. Atualmente, é diretor da Escola Municipal De Oleiros Joaquim Antônio De Medeiros, localizada no município de São José.
 
“Depois que eu me formei como oleiro, que tive experiência em outras olarias, que montei minha própria olaria, eu vi a necessidade de buscar um pouco mais, me aprofundar um pouco mais no conhecimento da cerâmica de base açoriana, das louças de barro. Eu inscrevi um projeto pro Funcultural e esse projeto foi aprovado. Então eu fui fazer um trabalho de pesquisa no Arquipélago dos Açores, fazer um mapeamento de como está esse trabalho nos açores, de onde a gente veio. Fiquei 3 meses trabalhando lá em várias ilhas nos Açores e acabei descobrindo… Pensei que ia chegar lá e ia encontrar várias olarias, que teria uma experiência enorme com os oleiros e acabei descobrindo que só tinha uma olaria tradicional na Ilha Terceira, encontrei com outros oleiros mas já aposentados, que não trabalham mais. Fiz um trabalho muito grande na Ilha de São Miguel, uma olaria museu onde eu dei oficina pra crianças, adolescentes, várias pessoas da comunidade. Então eu pensei que eu ia aprender muita coisa e acabei foi ensinando. Então descobri, de lá é que eu vi que o que aconteceu lá tá acontecendo em São José também, mas nós ainda temos tempo de salvar ainda melhor isso, graças à escola de oleiros que se mantém já há 21 anos”, explica Lourival.
 
 
Serviço:
 
O quê: Exposição do oleiro Lourival Medeiros
Quando: de 7 de abril a 5 de junho de 2016.
Onde: Museu Etnográfico Casa dos Açores
Rodovia BR-101, km 189 - Balneário São Miguel - Biguaçu (SC)
Visitação: de terça a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h; sábados e domingos, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h.
Entrada gratuita
Informações: (48) 3665-6195
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC