FCC FacebookTwitterYoutube

Logo GOV SC 2019 Colorido

Uma comédia que promove, através de uma rara combinação entre humor ácido e delicadeza, o encontro marcado que cada um tem consigo mesmo.

Renato Borghi e Elcio Nogueira Seixas conheceram Eduardo Adrianzén, autor de destaque da dramaturgia contemporânea do Peru, enquanto realizavam o projeto Embaixada do Teatro Brasileiro (2008/2009) em países Ibero-americanos para promover o teatro brasileiro e incentivar o intercâmbio entre as dramaturgias produzidas em espanhol e português. O texto original de Azul Resplendor, apresentado por Adrianzén a eles, causou o mesmo arrebatamento na atriz Eva Wilma. Estava decidido que seria montado no Brasil.

A estreia em 18 de julho de 2013, no Teatro Renaissance, marca os 60 anos de carreira e 80 de vida da atriz Eva Wilma e reunirá num mesmo palco várias gerações de atores: Genézio de Barros, Guilherme Weber, Luciana Borghi, Débora Veneziani e Felipe Guerra. A montagem conta ainda com Renato Borghi e Elcio Nogueira Seixas, que dividem a direção pela primeira vez nos mais de 20 anos de parceria no teatro. Não há homenagem mais perfeita para uma atriz da envergadura de Eva Wilma que a montagem de uma peça que celebra com inteligência o próprio fazer teatral.

 

Dia 22/11/2014 às 21h e dia 23/11/2014 às 20h

Azul Resplendor

R$ 60,00 inteira; R$ 30,00 meia entrada; R$ 50,00 Clube RBS

Classificação: 12 anos

Produção: Orth Produções – Nilva (9619-9671)

 

Fonte: imprensa

A temática desenvolvida nesta montagem envolve o desejo de reiteração de uma das sensações mais privilegiadas pelo ser humano: o amor. No entanto, esse sentimento é de difícil expressão em circuitos sociais diversos. O que se move a partir dele e o que existe a partir da sua ação são questões principais no desenvolvimento do processo criativo desta montagem coreográfica.

Este espetáculo contém inovações e experimentações em técnicas de dança que modifica a percepção do espaço/tempo e delimita uma maior amplitude sobre o tema desenvolvido. O apoio ideológico sustentado para a pesquisa é fundamentado na frase: “Pelo amor vivo, me movo e existo”.

A pesquisa desenvolvida para esta obra tem como investigação a devoção por um ideal concreto ou abstrato; o interesse ou veneração; a demonstração de zelo e dedicação; e, ainda, uma divindade que personifica o amor.

Dias 28 e 29/11/2014 às 21h

AMAR – KAIOWAS GRUPO DE DANÇA

Ingresso: R$ 20,00 inteira; R$ 10,00 meia-entrada

Classificação: Livre

Duração: 50 minutos

Produção: Karina Barbi (9971-5129)

 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Dia 30/11/2014 às 19h

XXXII AUDIÇÃO ALUNOS E PROFESSORES NELSON MUSICAL

Ingressos: R$ 40,00 inteira; R$ 20,00 meia-entrada; R$ 15,00 bônus

Produção: Isabel (9922-9522)

 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Coisa de Floripa retorna ao palco do Teatro Ademir Rosa no dia 7 de agosto, 21h, prometendo muitas risadas ao público. Com sotaque característico dos florianopolitanos, o típico "manezês", Dona Maricotinha, WMarcão e Darci se reencontram para uma noite de stand-up comedy com imitações, piadas e muitas gargalhadas. 
 
Dona Maricotinha
Maricotinha, interpretada por Mônica Silva Prim, está de volta. Senhora simples, nascida e criada no Ribeirão da Ilha, dona de casa, rendeira, lavadeira e benzedeira, ela adora contar causos do seu dia a dia, falar de sua rotina e dar conselhos. Dona Maricotinha cultiva a tradição açoriana, percebida claramente pelas roupas, sotaque, maneiras, costumes, ingenuidade e simplicidade.
 
Desde que foi criada, em 2002, a personagem vem divertindo e motivando grandes eventos. Além dos shows, ela conta suas histórias diariamente em programetes veiculados na Rádio Regional FM.
 
WMarcão
WMarcão acredita que rir de si mesmo é a melhor saída para enfrentar as adversidades desse louco mundo. Depois de lecionar Matemática por 18 anos, aos 40 deu uma guinada na vida e formou-se como ator profissional. Para WMarcão, tudo pode virar piada. No currículo conta com participações em espetáculos de Diogo Portugal, Comédia em Pé, Comédia ao Vivo, além do programa Como Aproveitar o Fim do Mundo (TV Globo), peças de teatro e dois longas-metragens.
 
Darci
Personagem criado por Moriel Costa, compositor e músico da banda Dazaranha. Ingenuidade, inocência, irreverência e deboche são algumas das características de Darci, a encarnação do mané típico, que faz do choque de culturas motivo para "tirar onda" do mundo e de si. O personagem nasceu em 2010, em programetes diários veiculados pela Rádio Atlântida, e fez tanto sucesso que levou o seu criador a representar as aventuras de Darci em apresentações de stand-up comedy em eventos, festas particulares, casas noturnas e teatros.
 
Serviço:
 
O quê: Coisa de Floripa
Quando: 07/08/2014, às 21h
Ingresso: R$ 30 inteira; R$ 15 meia-entrada e bônus antecipado (até 31 de julho).
Onde: Teatro Ademir Rosa (Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica. Florianópolis/SC)
Bilheteria: Somente a dinheiro. À venda nos teatros Ademir Rosa e Álvaro de Carvalho. De segunda a sexta-feira, das 13h às 19h. Quando houver espetáculo, a bilheteria reabre 1h antes do início da apresentação para venda de ingressos apenas para o evento do dia. Sábados, domingos, feriados e ponto facultativo (quando houver espetáculo): das 14h até o início do espetáculo, com intervalo duas horas antes do início da apresentação. A bilheteria do local reabre 1h antes do início do espetáculo com venda de ingressos somente para o evento do dia.
O Teatro Ademir Rosa, assim como outros setores e casas administrados pela Fundação Catarinense de Cultura, passou por alterações nos números de telefone para contato. Para entrar em contato, os novos números são (48) 3664-2622 / 3664-2623 (administração do teatro); e 3664-2628 (bilheteria).

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC