FCC FacebookTwitterYoutube

Administrador:

Eliza Docena

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fones: (48) 3664-2625 /8802-2068

Endereço:

Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600

Centro Integrado de Cultura

Agronômica

CEP: 88025-202 - Florianópolis-SC

             

Inaugurado em 14 de novembro de 1982 e batizado em 1997 como Teatro Ademir Rosa tem o maior palco de Santa Catarina e capacidade para 906 pessoas na plateia. Administrado pela Fundação Catarinense de Cultura, órgão cultural do governo do Estado, ele ocupa uma área total de 1.746,46 metros quadrados.

A abertura oficial do Teatro Ademir Rosa ao público ocorreu no dia 25 de julho de 1983, com a apresentação do espetáculo "O Grande Circo Místico", do Ballet do Teatro Guaíra, de Curitiba. Desde então, tem recebido espetáculos estaduais, nacionais e internacionais.

O nome dado ao Teatro é uma homenagem ao ator catarinense Ademir Rosa, que morreu de câncer em 1997. Nascido em Florianópolis, ele formou-se em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e fez pós-graduação/especialização em Teatro-Educação pela Universidade do Estado (UDESC). Foi professor de História na rede estadual de ensino, no Colégio de Aplicação da UFSC e em cursos pré-vestibulares. Também deu aulas de Sociologia Rural na UFSC.

No teatro, ajudou a fundar os grupos Armação, um dos mais antigos de Santa Catarina, e Dromedário Loquaz, responsáveis por algumas das principais montagens realizadas no Estado nos anos 80. Como ator, atuou, entre 1970 e 1996, em O Santo Inquérito (de Dias Gomes), Celestina (Fernando Rojas), Sedimentação Movediça da Sociedade (Gelcy Coelho), Contestado (Romário Borelli), Está Lá Fora Um Inspetor ( J.B Priestley), Caminho de Volta (Consuelo de Castro), Clitemnestra Vive (Marcos Caroli Resende), Um Grito Parado no Ar (Gianfrancesco Guarnieri), Oração Para Um Pé-de-chinelo (Plínio Marcos), A Importância de Estar de Acordo (Bertolt Brecht), Nó Cego (Carlos Vereza), Que Se Passa, Chê? (Carlos Carvalho),Curto-circuito (Timochenko Wehbi), O Inspetor Geral (Nicolai Gogol), Os Órfãos de Jânio (Millôr Fernandes), PT – 11 Anos (Chico Veríssimo), O Gambá Que Não Sabia Sorrir (Rubens Alves), A Estória (Ademir Rosa), Acorda Raimundo (Fátima Lima), Pimba (espetáculo performático), Karakukerá (Mário Santos e Lau Santos), A Saga dos Manés (Márlio Pereira da Silva) e O Trem da História (Mário Silveira da Silva).

No cinema, Ademir Rosa atuou em cinco curtas-metragens e documentários e, como figurante, no longa Prata Palomares, de André Farias. Também trabalhou em um vídeo e num programa de televisão sobre a vida e a obra dos escritores Salim Miguel e Eglê Malheiros.

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Gratuidade:

Lei Municipal Nº 9949, de 12 de fevereiro de 2016

Garante a todo portador de necessidades especiais, que necessite de cadeira de rodas, a gratuidade do ingresso em eventos culturais, esportivos e de entretenimento, organizados por pessoas públicas ou privadas.


Desconto de 50% no valor dos ingressos inteiros para:

Estudantes, pessoas com deficiência, jovens de 15 a 29 anos de baixa renda (Lei nº 12.933 de 26 de dezembro de 2013 e Decreto nº 8.537 de 05 de outubro de 2015)

- Estudantes regularmente matriculados em instituição de ensino, pública ou privada, nos níveis e modalidades previstos no Título V da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). Para ter direito à meia-entrada, é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) no momento da aquisição do ingresso e na portaria ou na entrada do local de realização do evento.

- Jovens de baixa renda, com idade entre 15 e 29 anos, que pertença a família com renda mensal de até dois salários mínimos, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico;

- Pessoa com deficiência, com impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com outras pessoas;

- Acompanhante da pessoa com deficiência, o qual pode ou não desempenhar as funções de atendente pessoal;

Menores de idade (Lei n° 12.570/03)
I - aos menores de dezoito anos bastará a exibição de documento de identidade expedido pelo órgão público competente comprovando a sua idade.

Idosos (Lei n° 10.741/2003)
Aos idosos com idade igual ou superior a sessenta anos bastará a exibição de documento de identidade expedido pelo órgão público competente comprovando a sua idade.

Professores de Florianópolis (Lei n° 8.019, de 23 de outubro de 2009)
Comprovada e conseguida mediante a apresentação, pelo professor, do seu comprovante de recebimento salarial atualizado e documento de identificação. 

Doador de Sangue (Lei n° 14.132, de 10 de outubro de 2007)
É necessário comprovar que o interessado é doador regular.

Professores do Estado de Santa Catarina (Lei nº 16.448, de 8 de agosto de 2014)
Aos professores da Educação Básica, Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Necessário apresentar, na entrada do teatro, contracheque que identifique o órgão e/ou estabelecimento de ensino, o funcionário e o cargo que ocupa e documento de identificação. É necessário comprovar que o professor exerce atividade em sala de aula.

Outros descontos:
Antes de comprar ingressos, verifique quais são as modalidades de desconto que estão sendo praticadas em cada espetáculo.
Atenção: informamos que os descontos não são cumulativos.

Novembro *

01/11/2017 - 20h: Cantos; Amor e Arte

02/11/2017 - FERIADO **

04/11/2017 - 20h: O Melhor de Cada Um

10/11/2017 - 20h: Quarteto de cordas da UDESC

19/11/2017 - 20h30: CEDEP - 30 Anos

23/11/2017 - 20h30: Jovens Solistas - IFSC

29/11/2017 - 20h: Cazu em Cena - dança 
 
30/11/2017 - 19h: Alegro Vivace
 
* Programação sujeita a alterações
** No dia 02/11 a bilheteria do teatro estará fechada