FCC FacebookTwitterYoutube

O Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) recebe três novas exposições no mês de junho. Uma delas é comemorativa aos 90 anos de nascimento da catarinense Eli Heil. Na mostra “Eli Heil 90 anos - take a walk on the wild side”, o público poderá conhecer obras de toda a trajetória da artista. Também abre ao público a mostra "O artista Vecchietti em coleção", com tapeçarias pertencentes ao acervo do Governo do Estado de Santa Catarina. Por fim, integrando o circuito, entrará em cartaz a mostra "Páginas Avulsas", da artista Clara Fernandes. 

A programação segue até o dia 08 de setembro de 2019. Permanecem em cartaz a exposição de longa duração "Coleção MASC – 70 anos" e a instalação "Diálogos com o Acervo", de Rubens Oestroem. Todas as exposições têm classificação indicativa livre e integram as comemorações de 70 anos do museu e de 40 anos da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Eli Heil 90 anos - take a walk on the wild side

ELI Acervomasc 1556Quem visitar a mostra, poderá ver 60 obras da artista que compõem o acervo do MASC.

Conforme o curador Ylmar Corrêa Neto, esta é a primeira retrospectiva após seu falecimento (em 2017). Foram quase 60 anos de atividade em que a artista rejeitou a comodidade, a fórmula pronta, a serialização, sempre procurando novas formas de expressão e aperfeiçoamento técnico. A artista também optou por rejeitar a mercantilização de sua produção, não se submetendo ao gosto da moda, selecionando os melhores trabalhos para a criação de seu Mundo Ovo, em Santo Antônio de Lisboa (Florianópolis), e para o MASC. 

 

O artista Vecchietti em coleção

Vecchietti

A mostra apresenta sete tapeçarias, em dimensões variadas, da coleção do Governo do Estado de Santa Catarina, além de duas tapeçarias de 1993: uma delas pertencente ao acervo do MASC e uma da coleção da artista Clara Fernandes. Apresenta também as matrizes: desenhos em nanquim produzidos pelo artista como módulos de composição nas mídias que ele versou.

Entre 1991 e 1993 Vecchietti trabalhou na reprodução das Vinhetas em tear manual no atelier de Clara Fernandes. Produção que se iniciou com a reprodução das serigrafias e culminou em novas composições com as matrizes que o artista utilizou também para uma produção em fotocópias, em preto e branco ou coloridas individualmente com hidrográfica.

Desta pesquisa e produção de dois anos no atelier de teares apresentou-se uma mostra no MASC, em agosto de 1993, com trinta e três tapeçarias. Vecchietti faleceu em março daquele ano.

 A curadoria é de Clara Fernandes e a expografia de Juliana Crispe.

 

Páginas Avulsas

Clara masc mhm 2257 2As obras da exposição Páginas Avulsas, da artista Clara Fernandes, estão em processo desde 2001. Nessa temporalidade, 2001-2019, de pensamento/construção, Clara trama entre materialidade, linguagem e conceito, relações temporais que se perfuram, criando tempos sempre em virtualidades que se ressignificam no agora.

São oito obras – estandartes em tecido papel e impressões com dimensões variadas (1,2 x 2,7;   2 x 3 ; 1 ,5 x 1, 5) e suspensos no espaço.

A expografia é de Juliana Crispe.

Serviço:

“Eli Heil 90 anos - take a walk on the wild side”;
"O artista Vecchietti em coleção";
"Páginas avulsas"

Local: Museu de Arte de Santa Catarina (MASC)
Visitação: 13 de junho a 8 de setembro de 2019
Abertura:  13 de junho às 19h
Horário de visitação: terça a domingo, das 10h às 21h
Classificação indicativa: livre
Entrada gratuita.

 

 

 

 

No mês de junho, o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) promove aulas sobre arte contemporânea brasileira. Os encontros serão realizados nos dias 05, 12 e 19 (quartas-feiras), das 19h às 21h, no próprio museu. Qualquer pessoa interessada no assunto pode participar das atividades.

:: Confira o cronograma:

05 JUN | Rivane Neuenschwander 
12 JUN | Hélio Oiticica
19 JUN | Raquel Stolf

As aulas serão ministradas pela curadora Kamilla Nunes e fazem parte do curso de Introdução à curadoria do  Departamento Artístico Cultural da Universidade Federal de Santa Catarina (DAC/UFSC). Kamilla Nunes é curadora independente e crítica de arte, mestre e doutoranda no Programa de Pós-Graduação do Ceart/Udesc. Atualmente é gestora e criadora do Espaço CAIS, em Florianópolis, bem como curadora do projeto Bolsa Meyer Filho de Artes Visuais. É curadora do Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea [2017 e 2018]. Foi gestora do Espaço Embarcação [2015-2018], curadora do Espaço Cultural O Sítio [2015] e diretora do Instituto Meyer Filho [2010 a 2018]. Ministra aulas no DAC-UFSC e no Grupo de Estudos em Processos Artísticos e Curatoriais desde 2016. Publicou o livro “Espaços autônomos de arte contemporânea” [2013] e organizou diversos outros, como “Meyer Filho: Exercício de Imaginação” [2010]. Pesquisa sobre arte contemporânea brasileira, curadoria e sobre o sistema das artes no Brasil.

Serviço:

Aulas sobre arte contemporânea brasileira 
Datas: 05, 12 e 19 de junho de 2019
Horário: das 19h às 21h
Local: MASC, no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Evento gratuito.

 

O Conselho Deliberativo do Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) se reuniu, na manhã desta quarta-feira (21), para o terceiro encontro deste ano. Um dos temas abordados na ocasião foi o próximo ciclo de exposições, que começa no dia 11 de junho com a mostra de tapeçaria de Pedro Paulo Vecchietti – pertencentes ao governo do Estado de Santa Catarina, a apresentação dos trabalhos da artista plástica Clara Fernandes e a exposição comemorativa pelos 90 anos de Eli Heil.

Durante a reunião, a administradora do MASC, Susana Bianchini, apresentou uma proposta de parceria entre a instituição catarinense e a Bienal de Curitiba, prevista para setembro deste ano. A ideia é que o Museu de Arte de Santa Catarina ceda o espaço e faça uma seleção de artistas catarinenses, dentro da temática “Fronteiras em Aberto”, para o Polo SC da Bienal.

O encontro tratou ainda de pedidos de alteração de data e sugestões de pauta para 2020.

Conselho

O Conselho Deliberativo do MASC é composto por Susana Bianchini, administradora da instituição; Maria Helena Rosa Barbosa, membro do núcleo de arte e educação do MASC; Álvaro Henrique Fieri, membro do núcleo de conservação e acervo do MASC;Aline Pessoa da Ascenção Alcoforado, representante do curso de Museologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Rosana Tagliari Bortolin representante do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc); os artistas e curadores Juliana Crispe, Fernando Lindote e Franzoi, além da restauradora Sara Beatriz Dutra e Silva Fermiiano e do colecionador Ylmar Corrêa Neto.

Esta é a última semana para o público conferir de perto três exposições abertas no Museu de Arte de Santa Catarina (MASC): Rodrigo de Haro - 80 anos, Provence en Hiver/Provence no Inverno e Frequentar os incorporais: entre o movimento e o silêncio. Todas as mostras seguem abertas até o próximo domingo (26), com visitação gratuita, das 10h às 21h.

Provence en Hiver/ Provence no Inverno apresenta trabalhos de 10 fotógrafos; Frequentar os incorporais: entre o movimento e o silêncio traz um recorte entre os anos de 1980 a 2018 da produção de fotografia e vídeo no acervo do MASC; e Rodrigo de Haro - 80 anos, com 100 obras que celebram a carreira do artista plástico.

A exposição Coleção MASC 70 anos, que celebra as sete décadas do Museu e os 40 anos da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), seguirá aberta à visitação do público por dois anos. A mostra apresenta obras desde o núcleo inicial do MASC até aquisições mais recentes de obras contemporâneas.

Confira mais sobre cada exposição:

>> Provence en Hiver/ Provence no inverno
>> Frequentar os incorporais: entre o movimento e o silêncio
>> Rodrigo de Haro - 80 anos
>> Coleção MASC 70 anos

ATENÇÃO: Inscrições encerradas devido ao preenchimento de todas as vagas.

O Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) promove a Oficina de Pintura para Famílias no Dia Internacional de Museus, 18 de maio, das 15h às 17h. A oficina fará um diálogo com a exposição Coleção MASC 70 anos, aberta no espaço, e é parte da programação da 17ª Semana Nacional de Museus.

Serão oferecidas 20 vagas para famílias com crianças na faixa etária de 7 a 10 anos. Interessados devem se inscrever pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., enviando as seguintes informações:
- Nome completo, idade e escolaridade de cada criança;
- Nome completo, idade e formação/profissão dos adultos;
- Telefones (residencial/celular/comercial) para contato.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3664-2632, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h.