FCC FacebookTwitterYoutube

Em 2018 a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina (Ossca) celebra 25 anos e como parte do calendário de comemoração apresenta a inédita e contagiante série Especial Sinfônico. O projeto faz uma harmonia perfeita de erudito com popular.

E nesta quinta edição do projeto a Banda Montanha Mágica é o grupo convidado da Ossca para interpretar o repertório de uma das maiores bandas da música brasileira: Legião Urbana.

O espetáculo com direção artística do Maestro José Nilo Valle será na sexta-feira, dia 25 de maio no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), no Centro de Florianópolis. Os arranjos musicais ficam por conta de Bruno Arceno e a produção executiva com André Almeida.

Os ingressos são limitados e podem ser comprados antecipadamente nas bilheterias dos teatros TAC, Governador Pedro Ivo e no Centro Integrado de Cultura (CIC). Os valores são R$ 50 inteira, R$ 25 meia e R$ 15 para assinantes temporada. Mais informações no site www.ossca.com.br.

Sobre a Ossca

Fundada em 1993, a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina (Ossca) é regida pelo maestro José Nilo Valle. É um Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Estado de Santa Catarina, assim declarada pela LEI Nº 14.788, de 21 de julho de 2009.

Em 2013, a sinfônica catarinense foi reconhecida na Constituição do Estado como organismo de interesse máximo da cultura musical, por meio da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 001/2013. É por meio desse reconhecimento que o Estado admite a necessidade da destinação de recursos públicos para a manutenção da orquestra.

A Ossca tem inspirado o aparecimento de diversos grupos de câmara, cameratas e orquestras, que emergiram a partir do sonho de 1993. Foi pioneira na implantação da tradição regular de concertos sinfônicos na capital, na expansão da música pelas cidades do interior e em projetos para a formação de jovens talentos.

Serviço:

Especial Sinfônico Legião Urbana por OSSCA e Banda Montanha Mágica

Data: 25 de maio – sexta-feira

Horário: 20h

Local: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) – Rua Mal. Guilherme, 26 – Centro – Florianópolis/SC

Ingressos limitados e disponíveis para venda nas bilheterias dos teatros TAC, Pedro Ivo e CIC.

Valores: R$ 50 inteira – R$ 25 meia e R$ 15 para assinantes temporada

 

O Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) reserva o seu palco para a comédia nesta terça-feira (22). O espetáculo “A Garota da Capa”, solo da atriz Andrea Padilha, é a atração do projeto TAC 8 Em Ponto, às 20h e os ingressos podem ser adquiridos diretamente nas bilheterias do teatro ao preço de R$ 20,00 (meia-entrada a R$ 10,00). A classificação indicativa é de 16 anos.

"A Garota da Capa" é um solo cômico, sem falas, sobre uma mulher em seu apartamento, vivendo a própria vida através de revistas. A personagem vive no mundo secreto de seus sonhos e desejos, de suas memórias do passado e suas esperanças para o futuro. Essa mulher solitária idealiza um mundo em que está cercada por amigos famosos e amada por dezenas de homens.


O solo, criado em 2011, foi fruto da parceria entre o diretor inglês John Mowat, que atuou ao lado da Cia. Chapitô (Portugal) por mais de 25 anos, idealizando inúmeros espetáculos que viajaram o mundo. A montagem que será encenada nesta terça no TAC ficou a cargo da atriz Andrea Padilha, uma das fundadoras da Cia. Pé de Vento Teatro/Florianópolis e atriz do espetáculo De Malas Prontas durante oito anos.

Sobre o TAC 8 Em Ponto

O projeto TAC 8 em Ponto é uma iniciativa da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e acontece sempre todas as terças-feiras, às 20h, no Teatro Álvaro de Carvalho, no Centro de Florianópolis. Teve início em março de 2012, a princípio no horário das 19h30, e apresenta todas as terças-feiras - agora às 20h - espetáculos de música, dança e teatro no palco do Teatro Álvaro de Carvalho, no centro da capital.

Foi baseado no modelo do antigo TAC 6:30, projeto de grande sucesso na década de 1990. O objetivo é promover a cultura catarinense por meio da realização de apresentações artísticas semanais.

Serviço

O quê: TAC 8 Em Ponto
Quando: sempre às terças-feiras, às 20h
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)
Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis (SC)
Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada (estudantes, idosos, deficientes, doadores de sangue, professores, menores de 18 anos e pessoas de baixa renda)
Informações: (48) 3665-6400 (bilheteria)

Fonte: Ascom FCC

No inverno mais rigoroso de sua existência, um esquimó está à espera de sua morte, quando uma menina o encontra depois de ter atravessado boa parte do Pólo Norte. Até que, de repente, aparece um urso polar, que completa este universo marcado por relações de sobrevivência. Esse é o enredo do espetáculo Contos de Nanook, da Setra Companhia (PR), que o 3º BQ(en)cena traz a Florianópolis, nesta quinta (17) e sexta-feira (18). As apresentações ocorrem às 20h, no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), e os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro, a R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). A classificação etária da peça é a partir de 6 anos.

Com direção de Eduardo Ramos e dramaturgia de Léo Moita, o espetáculo conta com os artistas Bruno Lops, Má Ribeiro, Mauro Zanatta e Patrícia Saravy. Contos de Nanook estreou em junho de 2017, em Curitiba, e bateu recorde de público, alcançando excelente repercussão e crítica. Com nove indicações ao principal prêmio do teatro paranaense, o Troféu Gralha Azul, conquistou o prêmio de Melhor Iluminação, com Beto Bruel, e de Melhor Ator, com Mauro Zanatta.

A peça teve como ponto de partida o documentário “Nanook of the North” (1922), primeiro de teor antropológico da história do cinema e considerado o pioneiro neste formato, onde se acompanha a vida do esquimó Nanook e de sua família. Pesquisas feitas com especialistas na cultura esquimó fizeram parte do processo criativo, junto de outros, como a premiada fotógrafa Luciana Whitaker (RJ), que colaboram no laboratório por onde os integrantes da equipe passaram.

“Ambientado esteticamente em um mundo hiper-realista do Pólo Norte, Contos de Nanook é um espetáculo gestual e musical, onde a ausência da fala nos mostra o quanto um universo tão distante do nosso é completamente influenciado por nossas ações. O aquecimento global,
a exploração ilegal de petróleo, o combustível que consumimos e a insensibilidade do tratamento da cultura distinta a nossa”, explica o diretor do espetáculo e da Setra Companhia, Eduardo Ramos.


BQ(EN)CENA
A terceira temporada do BQ(en)cena ocorre de outubro de 2017 a abril de 2019, com apresentações nas cidades de Brusque, Botuverá, Guabiruba, Nova Trento e Florianópolis. Com realização do Ministério da Cultura e PrismaCultural, o 3º BQ(en)cena conta com o apoio, patrocínio máster, das empresas Guabifios e Trust Trading Company; e, patrocínio standard, do Supermercados Archer, Zen S/A e ZM S/A. Acompanhe as notícias e as novidades pelo www.prismacultural.com.br ou www.facebook.com/prismaculturall

SERVIÇO
3º BQ(en)cena apresenta: Contos de Nanook, da Setra Companhia (PR)
Quando: Dias 17 e 18 de maio, às 20h
Local: Teatro Álvaro de Carvalho - TAC (R. Marechal Guilherme, nº 26, Centro, Florianópolis/SC)
Ingressos: à venda na bilheteria do teatro, a R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)
Classificação indicativa: a partir de 6 anos
Duração: 50min.

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia: Léo Moita
Direção: Eduardo Ramos
Assistência de Direção: Léo Moita
Elenco: Bruno Lops, Má Ribeiro, Mauro Zanatta e Patrícia Saravy
Dramaturgia Sonora: Edith de Camargo
Operação e manipulação ao vivo do som: Jo Mistinguett
Iluminação: Beto Bruel
Operadora de Luz: Dani Régis
Cenografia: Guenia Lemos
Figurinos: Eduardo Giacomini
Maquiagem: Marcelino de Miranda
Preparação Corporal: Airton Rodrigues
Preparação Vocal: Edith de Camargo
Ilustração: Guga Scharf
Design Gráfico: Pablito Kucarz
Fotos: Amanda Vicentini
Produção e Realização: Setra Companhia e Photon Cooperativa Cultural

O projeto TAC 8 em Ponto recebe nesta terça-feira (15) o espetáculo de dança Flor do Nilo, com a coreógrafa Julieta Furtado e convidadas. O projeto TAC 8 em Ponto é uma iniciativa da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e acontece sempre todas as terças-feiras, às 20h, no Teatro Álvaro de Carvalho, no Centro de Florianópolis. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente nas bilheterias ao preço de R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada).

Julieta Furtado reuniu - ao longo de nove anos como diretora, coreógrafa, bailarina e pesquisadora do grupo Flores do Nilo - um trabalho coreográfico autoral autêntico e pioneiro na categoria Dança do Ventre Fusão Contemporânea em Florianópolis. O espetáculo Flor do Nilo revisita as principais criações da artista em seus solos e adaptações de coreografias do grupo apresentando uma coletânea de sua trajetória. Inclui a participação de integrantes e ex-integrantes do grupo Flores do Nilo como convidadas especiais.


Sobre o TAC 8 em Ponto

O TAC 8 em Ponto é uma ação da FCC que teve início em março de 2012, a princípio no horário das 19h30, e apresenta todas as terças-feiras - agora às 20h - espetáculos de música, dança e teatro no palco do Teatro Álvaro de Carvalho, no centro da capital.
Foi baseado no modelo do antigo TAC 6:30, projeto de grande sucesso na década de 1990. O objetivo é promover a cultura catarinense por meio da realização de apresentações artísticas semanais.

Serviço
O quê: TAC 8 Em Ponto
Quando: sempre às terças-feiras, às 20h
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)
Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis (SC)
Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada (estudantes, idosos, deficientes, doadores de sangue, professores, menores de 18 anos e pessoas de baixa renda)
Informações: (48) 3665-6400 (bilheteria).

Fonte: Ascom FCC

O projeto TAC 8 em Ponto recebe nesta terça-feira (08) a Orquestra Manancial da Alvorada que sobe ao palco do Teatro Álvaro de Carvalho para o espetáculo de lançamento de seu álbum de estreia, Via Várzea, realizado por meio do Prêmio da Música Catarinense 2017. O projeto TAC 8 em Ponto é uma iniciativa da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e acontece sempre todas as terças-feiras, às 20h, no Teatro Álvaro de Carvalho, no Centro de Florianópolis. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente nas bilheterias ao preço de R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada).

Nesta grande celebração da primeira etapa de seu trabalho, a Orquestra Manancial da Alvorada conta com grande número de convidados para uma apresentação no teatro mais charmoso de Florianópolis. Unindo artistas dos mais diferentes gêneros, o grupo acaba entrecruzando as cenas do jazz, samba, rock e sertanejo, ao trazer rostos dos mais diversos cantos da musica florianopolitana.

Sobre o TAC 8 em Ponto

O TAC 8 em Ponto é uma ação da FCC que teve início em março de 2012, a princípio no horário das 19h30, e apresenta todas as terças-feiras - agora às 20h - espetáculos de música, dança e teatro no palco do Teatro Álvaro de Carvalho, no centro da capital.

Foi baseado no modelo do antigo TAC 6:30, projeto de grande sucesso na década de 1990. O objetivo é promover a cultura catarinense por meio da realização de apresentações artísticas semanais.

Serviço
O quê: TAC 8 Em Ponto
Quando: sempre às terças-feiras, às 20h
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)
Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis (SC)
Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada (estudantes, idosos, deficientes, doadores de sangue, professores, menores de 18 anos e pessoas de baixa renda)
Informações: (48) 3665-6400 (bilheteria)

Fonte: Ascom FCC