FCC FacebookTwitterYoutube

As obras de restauração do Museu Victor Meirelles, finalmente, ficaram prontas. Três anos após o início dos trabalhos, o edifício foi entregue na manhã deste sábado (25), durante cerimônia que contou a presença do ministro da Cidadania, Osmar Terra, da presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Ana Lúcia Coutinho, do diretor do Departamento de Projetos Especiais do Iphan, Robson de Almeida, do presidente do Ibram, Paulo Amaral, da superintendente do Iphan SC, Liliane Nizzola, e da diretora do Museu, Lourdes Rossetto, além de autoridades locais. Para abrilhantar ainda mais a ocasião, rendeiras e fuxiqueiras demonstraram suas habilidades para o público presente.

As obras de restauro do Museu Victor Meirelles foram coordenadas pelo Iphan, com recursos PAC Cidades Históricas, do governo federal. Ao todo, foram investidos R$4,82 milhões.

Ainda não há previsão de abertura do espaço para o público. 

Recursos para o Patrimônio Cultural de Santa Catarina

Durante o evento, o ministro Osmar Terra anunciou o investimento de R$ 21 milhões, oriundos do Fundo de Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, para projetos de preservação do Patrimônio Cultural de Santa Catarina. O Forte de Santana do Estreito, o Forte de São José da Ponta Grossa, o Forte de Santo Antônio de Ratones, o Museu Nacional da Imigração (em Joinville) e a Estação Ferroviária de Canoinhas serão contemplados com investimentos para as obras de restauração.