FCC FacebookTwitterYoutube

A soprano Rute Gebler e o Estúdio Vozes inovam mais uma vez com um espetáculo produzido em parceria: “Encontros ImProváveis”. O palco será o do Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, na quinta-feira (24), às 20h30min. Acostumada a lotar teatros com a afinação e o luxo dos musicais “Vozes da Primavera”, a soprano desta vez quer surpreender pela formação inusitada dos duetos e combinação impensada de vozes.

Cantores profissionais, médicos, dentistas, políticos, empresários e crianças vão criar “conjuntos” que serão revelados apenas na hora do espetáculo. Com caráter beneficente, o recital terá parte da renda destinada para o Cepon e o Lar Recanto do Carinho. No repertório, desde clássicos do canto lírico até canções eternizadas nas rádios e cinemas. Tudo sob a regência de Giovane Pacheco, com participação de instrumentistas experientes que se uniram em uma “banda” especialmente para a ocasião. Os figurinos em ton-sur-ton, a qualidade musical e a seleção do elenco denotam o cuidado de Rute Gebler em cada detalhe e a obsessão em se superar.

Pioneira no ensino de técnica vocal em Florianópolis, a soprano-professora-maestrina formou milhares de vozes do Ensino Infantil ao Ensino Superior, fazendo jus às outorgas de Cidadã Honorária de Florianópolis, Cidadã Honorária Catarinense e Comendadora da Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino. Aos 75 anos, paralelamente à produção de espetáculos musicais e pesquisa para o lançamento de sua biografia, Rute ainda exerce a vice-presidência da Associação Catarinense de Letras e Artes, a ACLA.

Para o espetáculo “Encontros ImProváveis”, convidou desde a sua primeira aluna no Estúdio Vozes, Anita Hoepcke, até a soprano Alícia Cupani, sua pupila desde criança, passando por vozes masculinas consagradas nos palcos, como os tenores Thompson Magalhães e Guilherme Botelho. Notório pela regência da big band Stagium 10, o maestro Zezinho também integra o elenco, só que desta vez no papel de cantor! Independentemente do currículo, todos prontamente aderiram ao voo de sigilo – para não revelar seus pares – e ao desafio de contracenar com músicos e cantores com quem nunca dividiram a cena, o que justifica os insistentes e reiterados ensaios na sala da banda da Polícia Militar.

Os ingressos estão à venda a R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira), com bônus de 50% de desconto para quem adquirir as entradas com valor cheio até o dia 20 de maio nas bilheterias do TAC e do CIC (das 13 às 19h) ou do Teatro Pedro Ivo (das 14 às 20h).

SERVIÇO:
Show: “Encontros ImProváveis”
Data: Quinta-feira (24/05), às 20h30
Local: Teatro Ademir Rosa, Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Bairro Agronômica, Florianópolis - SC
Ingressos: 50% de desconto até 20 de maio.
Produção: Ruth Gebler
Valor dos Ingressos:
R$ 100,00 inteira; R$ 50,00 meia entrada (ESTUDANTE, IDOSO, DEFICIENTE, DOADOR DE SANGUE, PROFESSOR, MENOR DE 18 ANOS, JOVEM CARENTE); R$ 50,00 bônus (antecipados até dia 20/05).

**Venda nas bilheterias dos teatros. Ingressos numerados.

Um dos grupos mais clássicos do Brasil sobe ao palco do Teatro Ademir Rosa neste fim de semana: Renato e seus Blue Caps. O show será no sábado (19) às 21h.

A história da banda é loga: em 1959 os irmãos Barros e seus amigos se reuniam para participar das festas no bairro da Piedade, RJ, onde moravam. Faziam mímica (dublagem) dos grupos e cantores americanos de sucesso na época. E foi assim, fazendo mímica, que o grupo se apresentou pela primeira vez no programa “Hoje é dia de rock”, da rádio Mayrink Veiga, com o nome de “Bacaninhas do rock da Piedade”. A apresentação foi um fracasso, e ganharam muitas vaias. Já no ano de 1960, Renato resolveu fazer nova inscrição para o programa, dessa vez concorreria ao Rock ao Vivo, ou seja, tocando e cantando de verdade. Jair de Taumaturgo, diretor do programa, não aceitou a inscrição com o nome “Bacaninhas do rock da Piedade”, perguntando seu nome, sugeriu que colocasse “Renato e seus Blue Caps”. Com esse nome o grupo se apresentou, ganhou o 1º lugar e como prêmio, o convite para participar do programa do Chacrinha na Tv Tupi. Durante o programa receberam a proposta para gravar um LP na gravadora Copacabana. Em 1964, assinaram contrato com a CBS, e gravaram primeiro um compacto duplo, e logo em seguida o LP “Viva a juventude”. Esse LP ficou entre os mais vendidos durante meses. Em função do grande sucesso da música “Menina Linda”, o grupo foi convidado pelo empresário Marcos Lázaro, para participar do programa Jovem Guarda. Assinou contrato com a TV Record, e fazia além do programa, toda a linha de shows da emissora.

A banda já teve várias formações, mas na atual dois integrantes estão desde o início, são eles:
- Renato Barros: idealizador e criador da banda. Guitarrista, vocalista e compositor de vários Hits da MPB com inúmeras regravações até os dias de hoje;
- Cid Chaves: entrou em 1964, quando o grupo foi contratado pela CBS, tocando saxofone. Nunca mais saiu da banda, sendo hoje, um dos vocalistas.

Completando a formação atual:
- Darci Velasco: natural do Rio Grande do Sul está 23 anos no grupo, tecladista;
- Amadeu Signorelli: natural do Rio de Janeiro permanece 21 anos no grupo como baixista.
- Gelsinho Moraes: natural do Rio de Janeiro foi o último a se juntar a esta nova formação como baterista.

Desde o início da carreira até o dia de hoje a banda nunca parou de atuar, sendo por esse motivo considerada por pesquisadores, a banda de rock mais antiga do mundo em atividade. A banda tem como prioridade absoluta, atender aos inúmeros convites para shows em todo Brasil.

Serviço

Renato e seus Blue Caps

Data: 19 de maio de 2018

Horário: 21h

Local: Teatro Ademir Rosa / CIC
Valor dos Ingressos:

Plateia
R$ 120,00 inteira; R$ 60,00 meia entrada (ESTUDANTE, IDOSO, DEFICIENTE, DOADOR DE SANGUE, PROFESSOR, MENOR DE 18 ANOS, JOVEM CARENTE); R$ 100,00 (Clube NSC e Clube ND)
Plateia Superior
R$ 100,00 inteira; R$ 50,00 meia entrada (ESTUDANTE, IDOSO, DEFICIENTE, DOADOR DE SANGUE, PROFESSOR, MENOR DE 18 ANOS, JOVEM CARENTE); R$ 80,00 (Clube NSC e Clube ND).

 

O “Mia Cara Floripa”, evento que celebra a cultura italiana em Florianópolis, traz o violinista italiano Domenico Nordio para apresentação única. Acompanhado da Camerata Antiqua de Curitiba, ele sobe ao palco do Teatro Ademir Rosa em 20 de maio (domingo), às 19h, no Centro Integrado de Cultura (CIC). O evento tem entrada gratuita. Os ingressos estarão disponíveis para retirada na bilheteria do teatro, a partir das 18h.

Nascido em Veneza em 1971, Nordio foi considerado um pequeno prodígio: seu primeiro recital foi aos dez anos de idade. Participou do Eurovision Grand Prix - Young Musicians em 1988, o que o lançou à carreira internacional. Já passou pelos maiores salões de música do mundo - do Carnegie Hall (Nova York) e Barbican Centre (Londres) ao Teatro alla Scala (Milão) e o Salle Pleyel (Paris).

No programa, ele interpreta grandes nomes da música clássica serão interpretados, incluindo Altonio Vivaldi, Niccolò Paganini e Tomaso Vitali.

Camerata Antiqua

Fundada em 1974, pelo maestro Roberto de Regina e a cravista Ingrid Seraphim, a Camerata Antiqua de Curitiba tem como mantenedora a Fundação Cultural de Curitiba. É formada por um coro e orquestra de câmara.

No repertório da Camerata figura a execução de obras dos grandes nomes da música erudita universal. Nos últimos anos, a CAC obteve também sucesso e reconhecimento em diversas estreias nacionais e mundiais, inclusive de obras comissionadas especialmente para o grupo. O coro da Camerata conta com 20 cantores que foram orientados tecnicamente por Neyde Thomas, e a orquestra com 20 instrumentistas de cordas.

O recital de violino de Nordio faz parte da programação da primeira edição de “Mia Cara Floripa”. O evento acontece paralelamente ao “Mia Cara Curitiba”, onde vem sendo realizado desde 2011. A realização é da Embaixada da Itália no Brasil e do Consulado Geral da Itália para Santa Catarina e Paraná, com produção de Lucia Casillo Malucelli, diretora do Solar do Rosário, espaço particular de arte e cultura na capital paranaense.

Serviço

Domenico Nordio com Camerata Antiqua de Curitiba no Mia Cara Floripa
Data: 20 de maio, domingo
Horário: 19h
Endereço: Teatro Ademir Rosa - Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica, Florianópolis
Entrada: Gratuita / Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do espetáculo.
Mais informações: www.miacara.com.br

Cada vez mais fiel em Florianópolis, o público fã da música erudita tem um encontro marcado na quinta-feira (10) no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. É que no palco estará nada menos que a Polyphonia Khoros com o espetáculo “Concertos Hispânicos”. Será às 21h, com entrada gratuita (limite de dois ingressos por pessoa) e classificação livre.

Confira a programação completa da FCC na nossa Agenda Cultural!

A apresentação estará sob a regência da maestrina Mercia Mafra Ferreira e com o solista Marcos Pablo Dalmacio ao violão. O programa proposto inclui obras da renascença espanhola, corais e instrumentais, no caso, interpretado com Vihuela, instrumento espanhol por excelência que substituía nesse país o violão, passando pelo barroco, o classicismo e musica do século 20. O violão se une ao coro para interpretação de uma importante obra do repertório: o “Romancero Ginatano”, do compositor italiano Mario Caltelbuovo-Tadesco, criada a partir do texto do grande poeta espanhol Frederico Garcia Lorca (uma combinação absolutamente incomum: coro e violão).

Serviço

Polyphonia Khoros – Concertos Hispânicos
Quando: quinta-feira (10), às 21h

Local: Teatro Ademir Rosa, Centro Integrado de Cultura (CIC), 5600, Bairro Agronômica, Florianópolis-SC
Entrada: Gratuita – limitada a dois ingressos por pessoas

Informações: (48) 3664-2628

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/203183766953829/

O grupo Rédea Solta sobe ao palco do projeto CIC 8:30 - Grandes Encontros nesta quarta-feira (9) para lançar o segundo disco, “Efrata”. Com as participações especiais de Luiz Carlos Borges, François Muleka, os cantores, compositores e instrumentistas Arthur Boscato, Felipe Silveira e Rafael Vieira se unem a grandes talentos da música catarinense como André FM, Braion Johnny, Jean Carlos, Carlos Schmidt e Lucas Romero para apresentar o renovado repertório. Como o nome do projeto sugere, o show será às 20h30min (8:30 da noite), no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

O Rédea Solta busca criar um diálogo da linguagem musical regional do sul do Brasil com universos sonoros outros que permeiam a vida de seus integrantes. Cientes de que não é preciso subtrair elementos para que novos sejam somados, os cantores, compositores e instrumentistas Arthur Boscato, Felipe Silveira e Rafael Vieira unem a singeleza do sotaque rural a conceitos artísticos contemporâneos. Partindo da referência poético-musical interiorana, no espetáculo Efrata o Rédea Solta desafia paradigmas e desfaz convenções estilísticas e formais, reconhecendo que identificar(-nos com) nossa origem não implica um culto ao que fomos (afinal é conhecendo nossa história que nos tornamos capazes de mudá-la) e que o palco constitui um espaço onde é possível extrapolar os limites do discurso lírico-sonoro. Mais do que vozes, no palco temos corpos. Mais do que dele ouvimos, nele vemos.

Assim, Efrata busca - através da absorção de objetos de diferentes linguagens - transportar o espectador a um lugar de múltiplas camadas e significados, já que quanto mais forem os níveis de percepção, maior será a gama de sentidos. Para este espetáculo o Rédea Solta contará com as participações especiais de Luiz Carlos Borges e François Muleka. Borges é compositor, cantor e acordeonista, com trajetória de reconhecimento internacional. Em 2007 a convite da inesquecível Mercedes Sosa, participou da última turnê da cantora pela Alemanha e Israel. Com 50 anos de carreira e com mais de 30 discos gravados, Borges segue investindo na renovação da música regional gaúcha e vem a Floripa pela segunda vez de Rédea Solta. François é artista brasileiro, compositor, filho de africanos da República Democrática do Congo, faz músicas em português e em outras línguas existentes ou inventadas. Passou por importantes palcos do Brasil, entre eles o do Rock In Rio 2017.

Serviço:
Data: 09 mai 2018
Horário: 20h30
Local: Teatro Ademir Rosa (CIC) - Florianópolis/SC
Ingressos: R$30,00 inteira / R$15,00 meia nos teatros (CIC, TAC e Pedro Ivo) e no site blueticket.com

 

Texto: Luanda Wilk / Rédea Solta