CIC Facebook Instagram

Logo GOV SC 2019 Colorido

A oficina de Gravura, tem como objetivo ampliar o conhecimento e o universo percentual da imagem impressa planográfica, possibilitando pesquisa e histórico, técnica plástica. Promover o conhecimento do processo e diferentes técnicas de materiais.

Técnicas de Gravuras

Xilogravura

Do grego xilos (madeira), é a técnica que se origina de um trabalho de incisão manual feito diretamente sobre uma matriz de madeira. Utilizando instrumentos de corte apropriados (goiva, facas, formões e buris), a matéria é retirada do suporte, deixando visível um contorno de altos e baixos relevos. Seu caráter dominante reside na extração, e não na edição da matéria, subvertendo portando a atitude do artista: os espaços emergem de dentro para fora. O sulco e o relevo geram assim valores de luz, sombra e zonas intermediárias em que o preto e o branco não significam cheio e vazio.

Litografia

Do grego Lithos (pedra) e graféin (grafia, escrita), é um tipo de gravura. Essa técnica de gravura envolve a criação de marcas (ou desenhos) sobre uma matriz (pedra calcária), com um lápis gorduroso. A base dessa técnica é o princípio da repulsão entre água e óleo. Ao contrário de outras técnicas de gravura, a Litografia é planográfica, ou seja, o desenho é feito através do acumulo de gordura sobre a superfície da matriz, e não através das fendas e sulcos na matriz como ocorre na xilogravura e na gravura em metal. Seu primeiro nome foi manuscritos e desenhos originais.

Gravura em Metal

É a técnica que utiliza tanto os métodos diretos como indiretos para incorporar à matriz (em geral) de cobre, latão (ou zinco) uma imagem com características nitidamente peculiares a esse processo de gravura. Nos chamados métodos, a mão e instrumentos atuam sulcando a superfície. Nos métodos indiretos, além dos instrumentos (atuam sulcando) são utilizados intermediários, tais como, mordentes mais seu tempo de atuação, ceras, vernizes, redutores.

Monotipia

A monotipia é uma técnica de impressão muito simples. A impressão obtida é única quando a pintura é feita diretamente sobre a superfície lisa e, após, transferida para o papel ou tecido, permitindo também que se crie mais de uma impressão. Para que isso seja possível, utiliza-se um desenho como gabarito, o qual é colocado sob a placa de impressão. Nesse caso deve ser transparente. As partes a serem impressas são cobertas com tinta e transferidas para o papel ou tecido.

 

Oficina para iniciantes e avançados
 
Professor: Bebeto
 
Dias e horário das aulas no segundo semestre de 2015 (a partir de 17/8):
Matutino - segundas, quartas e sextas-feiras, das 9h às 12h
Vespertino - segundas, quartas e sextas-feiras, das 14h às 18h
Noturno - segundas e quartas-feiras, das 18h30min às 21h
 
Número de vagas disponibilizadas: 12 alunos por turma (36 no total).
 
Informações: (48) 3664-2639

 

Estão abertas até 12 de maio as inscrições para as oficinas de Construção de Câmeras Artesanais e de Fotografia em Sala de Aula que a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) oferecerá neste primeiro semestre de 2017 por meio das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela Internet (links abaixo). 
 
Oficina de Construção de Câmeras Artesanais 
 
Inscrições: até as 18h do dia 12 de maio pelo link https://goo.gl/forms/lWp7mppAu4PQ7a413
A comunicação dos selecionados será feita no dia 13 de maio por e-mail. 
Aulas:
Turma 1 - às quintas-feiras, das 8h30 às 12h (de 18 de maio a 29 de junho) 
Turma 2 - aos sábados, das 8h30 às 12h (de 20 de maio a 24 de junho)
Sobre o curso: os participantes irão construir câmeras fotográficas artesanais a partir de materiais diversos conforme o projeto de cada um. A partir de lupas ou lentes antigas, com utensílios de alumínio, plástico ou madeira, serão construidas câmeras para fotografar com filme de raio x, proporcionando um conhecimento da anatomia e funcionamento dos dispositivos fotográficos e da fotografia química.
Requisitos: Conhecimento básico de fotografia, desejável em laboratório P&B / pinhole, ou ter feito algum dos cursos anteriores: Fotografia Experimental, Fotografia de Grande Formato, Fotografia para Professores. Habilidade manual no trabalho básico com madeira, metais, ferramentas. Material individual de acordo com o projeto de cada um, rateio de custos do material de uso coletivo.
Vagas: 12 que serão preenchidas conforme critérios:
1- ordem de inscrição
2- experiência em fotografia / artes, atendimento a requisitos
3- frequência em cursos anteriores / absenteísmo
Será formada lista de espera para próximas edições do curso.
 
Oficina de Fotografia em Sala de Aula
 
Inscrições: até as 18h de 12 de maio pelo link https://goo.gl/forms/AC5hDgZ5jxfGyPhS2
A comunicação dos selecionados será feita no dia 13 de maio por e-mail.
Aulas: às terças-feiras, das 8h30 às 12h (de 23 de maio a 27 de junho)
Sobre o curso: os encontros vão abordar o uso da fotografia em sala de aula, desde a fotografia digital, passando por fotografia pinhole, processos bicromatados, cianotipia e antotipia.
A partir de materiais simples o curso procura dar um panorama de possibilidades de usos e conexões com aulas de arte, biologia, química, história, etc.
Conteúdo: introdução e digital, operação de câmeras e celulares, edição com softwares gratuitos, exibição, publicação. Algumas práticas. / construção de câmera obscura e de lupa; outras câmeras artesanais / pinhole, uso de filme raio=x preparação de reveladores alternativos / antotipia, fitotipia, impressão de imagens com sucos de plantas / cianotipia e processos férricos / caseína bicromatada e outros processos similares
Público-alvo: professores e alunos de licenciatura em Arte ou de outras áreas que queiram usar fotografia em sala de aula.
Vagas: 12. Seleção por ordem de inscrição e atendimento a pré-requisitos.
Falta na primeira aula ou duas faltas implicam no cancelamento da vaga, que servirá de critério em matriculas posteriores.
 
 
Mais informações pelo telefone (48) 3664-2639 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Estão abertas as inscrições para a Oficina O Repertório do Contador de Histórias, que ocorrerá no dia 25 de abril, às 19h, na sala 2 das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC). A participação é gratuita e os interessados devem se inscrever pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
Com três horas de duração, a oficina será ministrada pela professor Lieza Neves. Serão oferecidas 25 vagas voltadas principalmente a professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias. 
 
A oficina visa trabalhar as escolhas de cada narrador a partir dos gêneros de contos e técnicas possíveis de apresentação. O conteúdo programático parte da análise de textos, da relação com a oralidade e da prática de narração.
 
Mais informações sobre a professora: https://liezaneves.com

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Estão abertas as inscrições para cinco Oficinas de Arte que a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) oferecerá por meio das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC): Iniciação à Gravura, Oficina da Palavra, História da Pintura, Linguagem Visual e Teoria das Cores. A participação é gratuita e os interessados devem se inscrever nas duas etapas - a primeira, on-line, pelos links disponíveis abaixo, até o dia 29 de março; a segunda, presencial, nos dias 28 e 29 de março, na secretaria da Diretoria de Difusão Artística da FCC, também no CIC. 
 
Caso haja mais inscrições do que vagas disponíveis, será realizado sorteio no dia 30 de março. As aulas começam em abril e os selecionados que faltarem ao primeiro encontro ou tiverem duas faltas consecutivas sem justificativa terão a vaga cancelada e servirá como critério de seleção para oficinas e cursos futuros. 
 
 
Oficina de Iniciação à Gravura 
Professor: Carlos Roberto Nascimento de Oliveira (Bebeto)
Link para inscrição on-line: https://goo.gl/forms/NjbmHC5AQSWfuqFR2
Aulas: de 3 de abril a 15 de dezembro de 2017
Turno matutino - 9h às 12h, segundas, quartas e sextas-feiras
Turno vespertino - 14h às 18h, segundas, quartas e sextas-feiras
Turno noturno - 18h às 21h, segundas e quartas-feiras
Produções artísticas - 13h às 19h, terças e quintas-feiras (exclusiva para os alunos que já participaram da oficina em 2016)
Vagas: 10 por turno
Onde: Sala 9 das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Pré-requisito: Noções básicas de desenho e ilustração.
Materiais necessários: os alunos devem trazer um conjunto de ferramentas - 5 Goivas / Papéis de Gramatura mínima 180g
Ementa: Aspectos históricos, técnicos e plásticos. Técnicas de gravação. Conhecimentos e usos dos equipamentos e instrumentos para gravação. Uso de material específico no preparo das matrizes. Exercícios abordando técnicas de gravação e tiragem de cópias. Representações gráficas em gravura. Gravuras preto e branco, gravuras coloridas e técnicas mistas de impressão.
 
Oficina da Palavra 
Professor: Jayro Schmidt
Link para inscrição on-line: https://goo.gl/forms/C0sJHfHncBzESvyq2
Aulas: a partir de 4 de abril, sempre às terças-feiras, das 14h às 16h 
Duração: 3 meses
Vagas: 25
Onde: Sala 2 das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Ementa: Oficina de práticas literárias, tendo como objetivo o escrever com fundamentações teóricas e históricas. Nas práticas, com abrangências ficcionais e não-ficcionais, serão incluídas experimentações de linguagens.
 
Oficina de História da Pintura 
Professor: Jayro Schmidt
Link para inscrição on-line: https://goo.gl/forms/0jtVKirGwXLHinMZ2
Aulas: a partir de 6 de abril, sempre às quintas-feiras, das 14h às 16h
Duração: 3 meses
Vagas: 25
Onde: Sala 2 das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Ementa: A oficina abrange os principais períodos da arte a partir do século XV, com a Renascença, até o início do século XX, com as vanguardas artísticas. O conteúdo, cujos argumentos são demonstrados com imagens, segue duas linhas de exposição: a história propriamente dita, com abrangências culturais, e a história das obras e seus respectivos artistas.
 
Oficina de Linguagem Visual 
Professora: Patricia Amante
Link para inscrição on-line: https://goo.gl/forms/bTuqar2mC6lmBwSn2
Aulas: a partir de 6 de abril, sempre às quintas-feiras, das 14h às 16h
Duração: 3 meses
Vagas: 20
Onde: Sala 4 das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Ementa: Elementos de desenho (conceituais, visuais e relacionais) e de composição visual (formas geométricas). Percepção visual. Teoria da cor. A Teoria da Gestalt e as categorias conceituais. Composição de formas bi e tridimensionais. Técnicas de criatividade para a criação visual. 
 
Oficina de Teoria das Cores 
Professora: Patricia Amante
Link para inscrição on-line: https://goo.gl/forms/cZSV4kJUGaZo1p693
Aulas: a partir de 4 de abril, sempre às terças-feiras, das 14h às 16h
Duração: 3 meses 
Vagas: 12
Onde: Sala 4 das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Ementa: Fundamentos e princípios básicos da cor. O olho e o cérebro. Percepção e sensação. Forma e cor. Composição das cores. Conceitos (saturação, valor, tom, harmonia, contraste, etc). Cor luz e cor pigmento. Psicodinâmica das cores. Uso da cor no design gráfico e de produto.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

Estão abertas as inscrições para quatro atividades que fazem parte da programação do projeto Verão Cultural CIC'17, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC). Interessados nas oficinas de Fotografia - Light Painting e Jogos e Dinâmicas para Dança, o Encontro Entre Artes - Relações entre Vídeo e Dança e a Conversa sobre arte contemporânea podem se inscrever pelo formulário disponível on-line (links abaixo). 
 
Todas as atividades ocorrerão em fevereiro, no Centro Integrado de Cultura (CIC) em Florianópolis e são gratuitas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3664-2639 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..
 
Oficina de Fotografia - Light Painting 
 
Inscrições: 
Etapa on-line: até 9 de fevereiro pelo link https://goo.gl/forms/QYaJXQ2WySyu78FG3
Etapa presencial: de 7 a 9 de fevereiro, das 14h às 18h, na secretaria de Diretoria de Difusão Artística da FCC, localizada no CIC (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis). Haverá sorteio público, para preenchimento das vagas, no dia 10 de fevereiro, às 15h.  
Ministrante: Lilian Barbon
Dia e horário do encontro: 13 de fevereiro, das 19h às 22h.
Local: Espaço Lindolf Bell, no CIC.
Número de vagas: 10
Ementa: A oficina tem como objetivo iniciar os participantes à técnica Light Painting, que consiste em captar rastos de luz ao mover uma fonte luminosa diante da câmera durante um longo tempo de exposição. É uma técnica relativamente simples, lúdica e um recurso experimental bastante interessante para a arte fotográfica.
Pré-requisito: Possuir câmera que permita o controle manual da exposição (com velocidade do obturador de pelo menos 15 segundos) 
Recomendação: Os participantes devem ir com roupas escuras e levar câmera fotográfica, lanternas, velas, objetos luminosos ou que iluminem, tripé e flash (caso possuir).
 
 
Oficina Breve Jogos e Dinâmicas para Dança
 
Inscrições: prorrogadas até 15 de fevereiro para vagas remanescentes, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Ministrantes: Alexandra Klen e Ricardo Tetzner
Dia e horário do encontro: 15 de fevereiro, das 19h às 22h.
Local: Sala 4 das Oficinas de Arte do CIC
Número de vagas: 15
Ementa: Estimular nos participantes a improvisação de movimentos e um “dançar” mais poético e verdadeiro, através de um processo de aprendizagem diferenciado a partir de jogos coreográficos inspirados nos jogos cênicos e em dinâmicas diversas. Passar aos participantes noções de sintonia com o grupo e rápida resposta aos estímulos dados, procurando fazer com que a atenção fique menos no corpo e mais no todo. Registrar em vídeo e/ou fotos o trabalho final que poderá ser utilizado tanto pela FCC quanto pela Dois Pontos Cia de DançaTeatro para fins específicos de divulgação dos trabalhos realizados.
 
 
Conversa sobre arte contemporânea
 
Inscrições: até 13 de fevereiro pelo link https://goo.gl/forms/8pRhfj7j9h73vQHU2
Os inscritos receberão um e-mail de confirmação no dia 14 de fevereiro.
Ministrante: Giovana Beatriz Manrique Ursini
Dia e horário da conversa: 15 de fevereiro, das 19h às 20h30.
Local: Cinema do CIC
Número de vagas: 100
Ementa: A dança contemporânea como ferramenta política. Essa apresentação tem o objetivo de mostrar como a dança é importante para contestar a sociedade da sua época. A dança foi e está sendo uma importante arma política favorável aos movimentos sociais. Para conseguir ampliar essa discussão, serão apresentados trabalhos de dança contemporânea que conseguiram, por meio de suas ousadas experimentações, questionar e apresentar importantes pautas desses movimentos sociais. 
 
 
Encontro Entre Artes - Relações entre Vídeo e Dança
 
Inscrições: até 13 de fevereiro pelo link https://goo.gl/forms/HpCCBd4HZW5Hoa6v1
Os inscritos receberão um e-mail de confirmação no dia 14 de fevereiro.
Ministrante: Tatiana Lee
Dia e horário do encontro: 16 de fevereiro, das 20h às 22h.
Local: Cinema do CIC
Número de vagas: 100
Ementa: Neste Encontro entre Artes a proposta é analisar as aproximações e diálogos possíveis entre Vídeo e Dança, observando como as duas artes se mesclam, se influenciam e estabelecem um novo escopo dentro das criações audiovisuais: a videodança. Traçaremos um breve panorama histórico, mostrando como desde os primórdios do cinema as duas artes já teciam relações (em Serpentine Dance, de cerca de 1899, por exemplo). Faremos uma mostra de variações possíveis entre Dança e Vídeo, discutindo as relações entre câmera, corpo, movimento e coreografia tentando analisar afinal o que faz uma vídeo dança ser, efetivamente, uma vídeo dança. A conversa será entremeada do visionamento de várias videodanças contemporâneas com enfoque nas produções brasileiras. Neste panorama é possível observar que algumas propostas artísticas enfocam o corpo, outras os movimentos de câmera. Em algumas o olhar do espectador é que cria o corpo dançante e, em algumas mais extremas, o corpo é totalmente ausente e a dança se dá através de objetos que referenciam o imaginário simbólico (como em Pas de Corn ou Ballet Mechanique, por exemplo).
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC