FCC FacebookTwitterYoutube

A banda Boogarins se apresenta nesta quinta-feira (23) no palco do Teatro Ademir Rosa, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC). O show começa às 20h30.

O grupo de rock psicodélico surgiu em 2012, em Goiânia (GO). Para o show em Floripa, Boogarins apresenta o repertório do quarto álbum da banda, chamado Sombrou Dúvida.

Boogarins é formada por Fernando "Dinho" Almeida (vocais e guitarra rítmica), Benke Ferraz (guitarra solo), Ynaiã Benthroldo (bateria) e Raphael Vaz (contrabaixo). A banda já apresentou em diversos festivais de música de todo o mundo, como o Rock in Rio Lisboa, Primavera Sound, Porão do Rock, Coquetel molotov, Coachella Valley Music and Arts Festival, Lollapalooza e South by Southwest.

Serviço:

O quê: Show Boogarins - Sombrou Dúvida
Quando: 23/05/2019, às 20h30
Onde: Teatro Ademir Rosa - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Ingressos: R$ 60,00 inteira; R$ 30,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores); R$ 40,00 promocional online.
Classificação indicativa: livre.
*Vendas nas bilheterias dos teatros e no site Sympla.

De 15 a 19 de maio, o Teatro Ademir Rosa, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC), receberá cinco shows que fazem parte da programação do Floripa Jazz Festival.

Confira a programação:

Dia 15/05 (quarta-feira): Céu - abertura Héloa
Horário: 20h30
Ingressos: R$120 (inteira) R$ 60 (meia) / R$50 (clube)

Artista de destaque da música brasileira contemporânea, premiada em duas categorias no Grammy Latino de 2016, Céu celebra seus quinze anos de carreira com uma turnê especial.

Nos shows, mundialmente exaltados pela energia e sintonia com o público, a cantora e compositora paulistana apresenta os maiores sucessos de seus quinze anos de carreira. Unindo a tropicalidade brasileira às mais diversas referências sonoras, embalam as performances canções como "Lenda", "Malemolência", "Cangote", "Retrovisor" e "Perfume do invisível".

A abertura fica por conta da cantora sergipana Héloa, vem com nova formação de músicos, canções e composições. É o resultado da imersão na estrada com o seu primeiro disco "Eu" junto com o processo da busca pelo autoconhecimento, enquanto mulher, negra, candomblecista e sua caminhada espiritual.


Dia 16/05 (quinta-feira): Yamandu Costa - abertura Trio 3-63
Horário: 20h30
Ingressos: R$120 (inteira) R$ 60 (meia) / R$50 (clube)

Gaúcho de Passo Fundo, o compositor e violonista é referência mundial quando o assunto é música brasileira. Já aos 17 anos foi reconhecido como "músico revelação do violão brasileiro". Hoje, é tido como um dos maiores fenômenos da música brasileira de todos os tempos.

Por seu extenso repertório - e também por seu violão de sete cordas, passam choro, música clássica brasileira, tangos, milongas, zambas e chamamés. Talvez por essa mistura, e por levar o público ao delírio, ele seja conhecido como "precursor das águas".

A abertura da noite fica por conta do Trio 3-63, formado por uma flautista, um percussionista e um pianista. Com vasta experiência em palcos e estúdios da música popular, de câmara e sinfônica, os músicos propõem um passeio pelo legado de grandes instrumentistas brasileiros, até a atualidade da música instrumental brasileira.

Dia 17/05 (sexta-feira): Thiago Espirito Santo e Joshua Redman (part. Grégoire Maret) - abertura Quartabê
Horário: 20h30
Ingressos: R$120 (inteira) R$ 60 (meia) / R$50 (clube)

Uma noite de jazz à brasileira com pitadas internacionais. O baixista brasileiro Thiago Espirito Santo sobe ao palco ao lado do americano Joshua Redman e o gaitista suíço Gregóire Maret. A abertura fica por conta dos consagrados músicos Andréa Ernst Dias, Paulo Braga e Marcos Suzano que apresentam pela primeira vez em florianópolis o Trio 3-63.

Por seu estilo e técnica singulares, Thiago Espirito Santo é reconhecido como um dos mais versáteis e originais contrabaixistas em atividade no mundo. Completando 25 anos de carreira, Thiago convida para essa apresentação um dos mais aclamados e carismáticos músicos de jazz da atualidade, o saxofonista americano Joshua Redman.

O grupo de Thiago conta com Cuca Teixeira na bateria, Bruno Cardozo no piano, Daniel Santiago na guitarra e com a participação especial do gaitista suíço, Grégoire Maret.

A abertura fica por conta da banda Quartabê. Composto majoritariamente por mulheres, o quarteto vem aprofundando um trabalho de recriação da obra de compositores brasileiros com uma abordagem não convencional - inicialmente com Moacir Santos e, mais recentemente, Dorival Caymmi - inserindo recursos eletrônicos e referências como a vanguarda paulista e a música contemporânea erudita.


Dia 18/05 (sábado): Eumir Deodato - abertura Vitor Araujo
Horário: 20h30
Ingressos: R$120 (inteira) R$ 60 (meia) / R$50 (clube)

Ícone musical e patrimônio nosso, Deodato é pianista, arranjador e produtor musical. Antes de radicar-se nos Estados Unidos, participou de movimentos como a Bossa Nova e o Samba Jazz, ainda nos anos 60. Já em solo americano, trabalhou ao lado de nomes como Frank Sinatra,Tony Bennett, Tom Jobim, Aretha Franklin e Björk, com quem trabalhou nos anos 90.

Junto a outros músicos, o Quinteto Eumir Deodato celebra os principais sucessos da carreira do maestro, que soma em seu trabalho mais de 500 discos, um Grammy Award e incontáveis composições para o cinema. Impossível traduzir um artista de tamanha grandeza em apenas algumas linhas.

A abertura da noite fica por conta do pianista Vitor Araújo, escolhido entre mais de 100 inscritos pela seletiva Tratore/Floripa Jazz Festival. Ele traz a Florianópolis seu trabalho mais recente, o disco Levaguiã Terê, que traz fortes influências de The Knife, Bjork, Animal Collective e Radiohead. Uma curiosidade: Todo o disco, desde a percussão até a orquestração para cordas e duo de trompas, tem a assinatura de Vitor.

Dia 19/05 (domingo): YANGOS - abertura Orquestra Manancial da Alvorada
Horário: 17h
Ingressos: R$ 50,00 inteira; R$ 25,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 40,00 convênio (Clube NSC, Notícias do Dia), R$ 25,00 Clube Floripa Jazz.

O grupo de multi-instrumentistas Orquestra Manancial da Alvorada impressiona com sua mistura de gêneros musicais influenciada por todos os cantos do mundo. Híbridos não só musicalmente, mas também no que diz respeito à performance, o show é um misto de projeções visuais, artes cênicas e, claro, música. A proposta de "chocar estilos numa mescla" é cumprida à risca.

Já a banda YANGOS é um dos grupos referência da música instrumental sul-brasileira, capaz de unir piano, percussão, acordeon e violão um encontro potente, adicionando pitadas jazzísticas a milongas, chamamés e chacarera em suas canções. Formada em 2005, na Serra Gaúcha, YANGOS segue com mesmo formação e atuação ininterrupta nesses mais de 12 anos de carreira.

Nesse período a banda soma quatro discos e um DVD. A indicação ao Grammy Latino do quarto disco da banda, Chamamé, representa um novo passo na carreira do quarteto, que vem consolidando seu trabalho como referência da música instrumental feita no sul do Brasil.

O projeto CIC 8:30 - Grandes Encontros, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), terá uma nova edição no próximo dia 5 de junho, às 20h30, com show As Aquarelas, do cantor Kako Oliveira. O espetáculo ocorre no palco do Teatro Ademir Rosa, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC).

Com participação de Jota Moraes, músico paulistano radicado em Santa Catarina, Kako faz apresentação única, reunindo músicos consagrados da cena musical nacional e catarinense. Nesta noite, o músico apresenta seu novo trabalho intitulado As Aquarelas. O show terá, ainda, a participação do maestro e arranjador Jota Moraes e dos músicos Rafael Calegari (baixo), Fábio Mello (sax e flauta), Jean Carlos (trompete) e Neto Fernandes (bateria).

“Esse show traz uma prévia do DVD que vamos lançar ainda este ano, o qual será viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura de Florianópolis. As Aquarelas traz grandes sucessos da Música Popular Brasileira e faixas inéditas que serão apresentadas ao público. Será uma ótima oportunidade para mostrarmos um pouco do grande trabalho que é feito em nosso estado com conteúdo de qualidade”, avalia Kako.

Após sua participação no programa The Voice Brasil, Kako de Oliveira começa a explorar novas vertentes da MPB promovendo uma parceria inédita com o Diretor Musical Jean Carlos, que resultou no projeto Emílio inn Bossa, composto pelos músicos Rafael Calegari (baixo), Fábio Mello (Sax/flauta) e Neto Fernandes (bateria). O título do projeto As Aquarelas faz, justamente, referência ao projeto Aquarela Brasileira de Emílio Santiago, considerado o cantor com a mais bela voz da música brasileira. Com mais de 30 álbuns lançados e colecionando prêmios nacionais e internacionais, Emílio é uma verdadeira escola para Kako, que valoriza a MPB em seu trabalho.

A participação de Jota Moraes incrementou ainda mais o projeto, unindo talentos catarinenses com nomes de expressão no cenário nacional. “Essa conexão com o Jean, o Jota e todos os músicos da nossa banda será importante para mostrarmos ao público a qualidade da música catarinense. Temos um produto de muita qualidade em nossa terra e nada mais justo do que evidenciá-lo ao público”, avalia Kako.

Sobre Kako de Oliveira

Kako de Oliveira tornou-se musicista aos 14 anos por influência dos pais. Ao longo de sua carreira, gravou mais de 40 canções em 10 álbuns. Seu repertório contempla traços marcantes da MPB, samba e bossa nova.

Sua discografia conta com obras de Adoniran Barbosa (Trem das Onze), Dudu Nobre (Água da Minha Sede), Jorge Aragão (Coisa de Pele) e Altay Veloso (Shopping Center). Seu mais recente trabalho é o musical Emílio inn Bossa, que contempla os clássicos da bossa nova, samba jazz e MPB gravadas por Emílio Santiago, e agora apresentadas ao grande público.

Sobre Jota Moraes

Instrumentista e arranjador, Jota foi parceiro do cantor e compositor Gonzaguinha durante 12 anos. Tem em seu currículo trabalhos com Ivan Lins, Caetano Veloso, Emílio Santiago, Elis Regina, Gal Costa, Maria Bethânia, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro, Chico Buarque, Nana Caymmi, Djavan, Fagner, Guilherme Arantes, Zizi Possi, Maria Rita, Alexandre Pires, Sorriso Maroto, Cachorro Grande, entre outros.


Serviço:

O quê: Kako Oliveira canta As Aquarelas - CIC 8:30 - Grandes Encontros
Quando: 05 de junho de 2019, às 20h30
Onde: Teatro Ademir Rosa - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Ingressos: R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada
À venda nas bilheterias do TAC, CIC, Teatro Pedro Ivo ou pelo site www.sympla.com.br.
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/326574114673982/

A Camerata Florianópolis apresenta, na próxima terça-feira (14), um programa composto por obras do período barroco de Johann Sebastian Bach e Antonio Vivaldi, bem como uma peça de Frederico Maria Sardelli. O espetáculo será no Teatro Ademir Rosa, às 20h.

A orquestra regida pelo maestro Jeferson Della Rocca contará com participações especiais dos solistas Iva Giracca, Bruno Jacomel, Talita Limas, Leonardo Piermartiri, Fausto Kothe, Cristian Faig e Adriana Jarvis. A produção executiva é de Maria Elita Pereira.

Do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), a Camerata interpretará o Concerto para 2 violinos e o Concerto de Brandenburgo Nº 5 para Violino, flauta e Cravo; do italiano Antonio Vivaldi (1678-1741), a orquestra interpretará o Concerto para Cordas em La Maior; e, complementando o programa, do compositor contemporâneo Frederico Maria Sardelli, um concerto composto nos dias atuais, porém nos moldes dos concertos de música antiga do período barroco.

Serviço:

O quê: Camerata Florianópolis - Concerto Barroco
Quando: 14/05/2019, às 20h
Classificação indicativa: Livre
Ingressos:
A a S - R$ 50,00 inteira; R$ 25,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 40,00 convênio (Clube NSC);

T a Zb - R$ 30,00 inteira; R$ 15,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 25,00 convênio (Clube NSC).

**Vendas nas bilheterias dos teatros e no site Blueticket. Ingressos numerados.

O Teatro Ademir Rosa, localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC), recebe, pela primeira vez, o show da dupla Chico Chico e João Mantuano. O espetáculo será neste domingo (12), às 20h.

Chico, filho de Cássia Eller, estreia nos palcos de Florianópolis acompanhado do amigo e jovem músico João Mantuano. Chico Chico faz jus à herança musical herdada da mãe. Ele se lançou em uma segura e promissora carreira musical e faz justiça ao legado musical da mãe.

A dupla é amiga de vida e parceira na música; há tempos os dois caminham juntos, tendo no palco “a casa” desses encontros. O show vem num formato mais intimista, porem intensamente vigoroso, os dois e seus violões são viramundos musicais e sob seus olhares um punhado de canções, próprias ou não, passeiam pelo rock, samba, folk, blues, frevo, forró e baião ganhando versões inspiradas. Caetano Veloso, João do Vale, Dorival Caymmi, Bob Dylan e Luiz Melodia são alguns dos mestres que marcam presença nessa inspirada mistura sonora.


Serviço:

O quê: Show Chico Chico e João Mantuano
Quando: 12/05/2019, às 20h
Onde: Teatro Ademir Rosa - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Classificação indicativa: Livre
Ingressos:
Filas A a S - R$ 60,00 inteira; R$ 30,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 30,00 convênio (Clube NSC, Notícias do Dia, Imperatriz e É Show Produtora);

Filas T a Zb - R$ 50,00 inteira; R$ 25,00 meia-entrada (estudantes, idosos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos, doadores regulares de sangue, professores e jovens carentes); R$ 25,00 convênio (Clube NSC, Notícias do Dia, Imperatriz e É Show Produtora);

** Vendas nas bilheterias dos teatros e no site Blueticket. Ingressos numerados.