FCC FacebookTwitterYoutube

O terceiro e último dia do 5º Fórum Catarinense de Museus começou com relatos de experiências em museus catarinenses e com o encontro de estudantes de Museologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento se encerra nesta quarta-feira (17), após três dias de intensa programação em edificações históricas da cidade de Laguna, no litoral sul catarinense.

Por parte dos museus administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), os servidores Sérgio Prosdócimo, Eliane Prudêncio da Costa e Maria Helena Barbosa apresentaram ações de inclusão, educação e difusão desenvolvidas no Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), além do projeto Gerações MASC – Museu em Movimento. Da mesma forma, as servidoras do Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) Cristiane Ugolini e Márcia Carlsson relataram experiências de aproximação com o público e programas de formação e educação.

A programação da tarde teve um painel sobre os instrumentos da Política Nacional de Museus, como o registro e o cadastro, gerenciados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A formação em Museologia também teve espaço, com uma roda de conversa que contou com a presença do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Júlio César Bittencourt Francisco e do vice-coordenador do curso de Museologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Marcelo Bernardo Cunha, com a mediação da professora da UFSC, Rosana Dias do Nascimento.

Presente em diversos momentos do encontro, a temática da educação em museus também foi abordada em uma conferência na tarde desta quarta-feira. A educadora Fernanda Castro falou sobre o Plano Nacional de Educação Museal (PNEM) que, entre outros conteúdos, traz orientações sobre a educação em museus e ressalta a importância da participação democrática nas políticas públicas sobre o assunto.

Estatuto Catarinense de Museus

Um dos principais acontecimentos do Fórum Catarinense de Museus foi a aprovação da minuta para o Estatuto Catarinense de Museus. Segundo o Sistema Estadual de Museus (SEM/SC), Santa Catarina foi o segundo estado do Brasil a ter essa iniciativa, atrás somente de Minas Gerais. O documento foi elaborado em conformidade com as leis e decretos nacionais sobre museus.

Ao fim do encontro, ainda, os participantes foram convidados a participar do Seminário Internacional de Armações Baleeiras, que será realizado nesta sexta-feira (19), no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.