FCC FacebookTwitterYoutube

A mais longeva publicação em atividade em Santa Catarina, a revista “Blumenau em Cadernos” agora está disponível para consulta em formato digital por meio do projeto Hemeroteca Digital, da Biblioteca Pública de Santa Catarina – órgão vinculado à Fundação Catarinense de Cultura. O trabalho de digitalização do acervo do periódico que circula há 60 anos teve início em novembro do ano passado com a cessão de direitos à Hemeroteca Digital pela Fundação Cultural de Blumenau. Agora todas as edições podem ser lidas em formato PDF no site www.hemeroteca.ciasc.sc.gov.br.

A revista “Blumenau em Cadernos” é editada desde 1957, constituindo-se em uma das mais antigas revistas em circulação no território catarinense. Idealizada por José Ferreira da Silva, após o seu falecimento, ocorrido em 1973, a família anuiu direitos de publicação à Fundação Cultural de Blumenau/Arquivo Histórico José Ferreira da Silva, que assumiu a responsabilidade editorial. Com periodicidade bimensal, é uma fonte inesgotável para pesquisa, servindo como referência no campo da política, cotidiano, educação, costumes, arquitetura, sociedade e história de Blumenau e da região do Vale do Itajaí, contribuindo na preservação da memória e da identidade regional e de Santa Catarina.

A primeira edição de “Blumenau em Cadernos” foi lançada em novembro de 1957, com o objetivo de "anotar e discutir todos os assuntos de que possa resultar algum benefício ao povo do Vale do Itajaí", como também "fugir de discussões políticas e não se envolver em lutas partidárias, nem em polêmicas de natureza religiosa". A partir de 1997, passou por reformulações essenciais para a melhoria da qualidade dos artigos impressos, bem como do aspecto visual e gráfico da edição. Dentre estas reformulações, destaca-se a vinculação da revista ao Arquivo Histórico José Ferreira da Silva, órgão responsável pela preservação e guarda da documentação histórica e administrativa do município de Blumenau.

Em sua história, a revista recebeu prêmios como o Almirante Lucas Alexandre Boiutex, na área de História, concedido pelo Instituto Histórico de Santa Catarina em 1998; Prêmio Destaque 2002, concedido pela Academia Catarinense de Letras; e a Homenagem Especial pelos 50 anos de publicação, em 2007.

Sobre a Hemeroteca Digital Catarinense

A Hemeroteca Digital Catarinense (hemeroteca.ciasc.sc.gov.br) promove o acesso a fontes documentais selecionadas, organizadas e estruturadas em formato digital. A iniciativa é uma parceria entre o Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed) / Instituto de documentação e Investigação em Ciências Humanas (IDCH) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e a Biblioteca Pública de Santa Catarina, administrada pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Iniciada em novembro de 2013, a Hemeroteca já contempla em sua base de dados 814 títulos digitalizados, com 32.975 edições, totalizando aproximadamente 200 mil páginas* disponíveis para consulta pública e transferência de arquivos mediante acesso pelo endereço eletrônico: hemeroteca.ciasc.sc.gov.br. São periódicos, jornais e revistas que ajudam a contar a história de Santa Catarina desde o século 19.

Em 2016, o projeto foi um dos finalistas do 29º Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, a maior premiação na área de promoção e preservação do Patrimônio Cultural de todo o país, promovida pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).