MASCFacebookInstagram

O Núcleo de Arte-Educação (NAE) tem sua origem, em 28 de julho de 1987, por meio do projeto piloto de implantação do Setor de Serviços Educativos do Museu de Arte de Santa Catarina (SEMASC), elaborado pela Prof.ª Teresinha Sueli Franz. Aprovado, em 20 de agosto de 1987, por Harry Laus, Diretor do Museu, e Lygia Roussenq Neves, na época Superintendente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), o projeto começou a ser executado no mês seguinte. O Setor de Arte-Educação do MASC, no entanto, deu início, oficialmente, às suas atividades de forma sistematizada com as escolas em março de 1988. Após completar dez anos de criação, ou seja, em 1999, a equipe de arte-educadores que atuava no Museu, mediante o apoio de João Evangelista de Andrade Filho, Diretor do MASC (1999-2008), decidiu mudar a denominação do Setor para Núcleo de Arte-Educação (NAE). Assim, o NAE, desde a sua criação, é responsável pelas ações educativas e culturais direcionadas para públicos escolares e não escolares, como as visitas mediadas nas exposições, o desenvolvimento de projetos com distintos parceiros e a organização de eventos para o público em geral e para educadores, como encontros com os artistas, palestras, cursos e debates no espaço do Museu.

Objetivos:

• Possibilitar uma relação de empatia dos diferentes públicos com o Museu, de modo a consolidá-lo como um espaço de acessibilidade, de experiências e aprendizagem, bem como de troca de saberes.

• Oportunizar o acesso ao patrimônio artístico-cultural por meio de ações educativas e culturais que contribuam para o conhecimento das obras de arte do acervo do MASC e para a apreciação e compreensão da linguagem artística.


Programa de Visita Mediada:

O Núcleo de Arte-Educação realiza, gratuitamente, atendimento às escolas de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior, Educação Especial, Associações, ONGs, grupos de professores e/ou grupos de profissionais de outras instituições por meio de visitas mediadas às exposições.
A equipe do NAE prioriza o diálogo na mediação entre os diferentes públicos e as obras de arte, a fim de que o processo de compreensão da arte se dê de forma mais participativa e reflexiva. A duração da visita mediada é de aproximadamente 1 hora e 30 minutos, dependendo do ciclo expositivo, nos períodos vespertino e noturno. A visita mediada se destina a grupos de até 35 pessoas de qualquer idade e deve ser agendada com antecedência.


Ludoteca e Banco de imagens:

O NAE formou uma Ludoteca e Banco de Imagens que estão disponíveis aos professores. O acesso a esse material se dá por meio do preenchimento de cadastro e apresentação, para o NAE,  de uma carta da direção da escola onde o professor atua, solicitando empréstimo do material.
Materiais disponíveis: jogos de memória, dominós, quebra-cabeças e banco de imagens – plotagens contendo reproduções de obras do acervo do MASC.

Assessoria ao professor:

Ação destinada a contribuir com o professor para planejar, elaborar e encaminhar dúvidas, interesses, necessidades e atividades desencadeadas a partir do acervo e da visita ao museu.

Agendamento:

Informações sobre visitas mediadas poderão ser solicitadas à equipe do NAE pelos seguintes telefones ou e-mail, das 13 às 19 horas:

Fone: +55  (48) 3664-2633
Fax: (48) 3664-2632

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Experiências de arte-educação no MASC

Desde a sua criação, em 1987, o Núcleo de Arte-Educação do Museu vem desenvolvendo projetos em parcerias com artistas, professores, escolas, universidades e empresas.

Destacam-se abaixo, alguns desses projetos realizados pelo NAE/MASC:

Atualização em período eleitoral

Em atendimento à legislação eleitoral, a partir do dia 7 de julho e até o final do período eleitoral, estão suspensas as atualizações deste site, exceto a agenda cultural. Para mais informações, consulte o site www.sc.gov.br.

MASC terá exposição de gravuras de artistas europeus

A partir do mês de agosto o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) receberá uma exposição de gravuras de artistas europeus que vão desde o Renascimento até o século XIX. A mostra Imagens Impressas: um Percurso Histórico pelas…

Exposição Desterro Desaterro entra na reta final

Está chegando ao fim a exposição Desterro Desaterro, Arte Contemporânea em Santa Catarina, no Museu de Arte de Santa Catarina (MASC). A mostra reúne trabalhos de 80 artistas - sendo uma grande parcela catarinense - e que propõe…